Encontre uma Pregação

1

Quando a tempestade se repete

-Tema: ESPERANÇA
Mateus 8.23-27 e 14.22-33
-Introdução: Jesus acalmou a tempestade duas vezes. Isso é confirmado pelo evangelista Marcos que também narra duas tempestades diferentes (Marcos 4.35-41 e 6.45-52). Na primeira tempestade Jesus estava dentro do barco dormindo e na segunda tempestade Ele estava fora do barco e veio andando sobre as águas.
Algumas coisas que acontecem nestas duas tempestades servem para nos ensinar sobre as dificuldades que enfrentamos em nossas vidas. Certamente você já passou por tempestades em sua vida. Às vezes quando pensamos que tudo está bem, o barco começa a balançar e começa tudo de novo.
Durante as tempestades, há pensamentos que nos assaltam e ficamos confusos. Algumas vezes pensamos que estamos com Jesus, mas achamos que está dormindo e outras vezes pensamos que está longe ou fora do nosso barco.
Deus permite que passemos por lutas porque quer nos ensinar a vencer NA tempestade!
Por que as tempestades se repetem?
Vamos fazer uma comparação entre as duas tempestades que Jesus acalmou e refletir alguns pensamentos que nos veem durante as tempestades:

pensamento - Que o problema é grande demais:
O primeiro pensamento que temos na tempestade é que o problema é grande demais para suportarmos. Achamos que as coisas estão difíceis acima de nossa capacidade de suportar.
Precisamos saber que junto com a dificuldade Deus nos dá forças para vencer porque “Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar” (I Coríntios 10.13).
Quando passamos por tempestades Jesus prova que Ele é maior do que tudo.
Na 1ª tempestade, “Jesus dormia no barco (Mateus 8.24) para mostrar que Ele como Deus tem o controle de todas as coisas e não há porque se apavorar. Não precisamos temer porque a Palavra de Deus promete que não dormitará aquele que te guarda (Salmos 121.3).
Na 2ª tempestade, foi Jesus ter com eles, andando por sobre o mar (Mateus 14.25) para mostrar que é o mesmo Deus que domina sobre a terra, céus e mar que Ele mesmo criou (Isaías 40.12). Quando Jesus tem o controle sobre tudo, não precisamos temer.
Jesus permitiu que a tempestade se repetisse para mostrar que Ele é maior que os problemas ou qualquer dificuldade que passassem.
Você está pensando que o problema está difícil demais?
Jesus gosta de coisas difíceis! Jesus é maior que tudo!
                              
2 º pensamento - Que estamos sozinhos:
Outro pensamento que nos ocorre em meio a tempestades é que estamos sozinhos. Um vazio nos faz sentir impotentes diante dos perigos e nos sentimos como crianças indefesas e solitárias.
As últimas palavras de Jesus na terra, quando subia para o céu e seus discípulos poderiam pensar que ficariam sozinhos de novo, foram uma garantia de que “estarei convosco todos os dias até a consumação dos séculos” (Mateus 28.20). Desde o momento em que aceitamos a Jesus como Senhor, não estamos mais sozinhos porque Ele nos deixou o Consolador que é o Espírito Santo para estar conosco.
Quando passamos por tempestades Jesus mostra sua Onipresença.
Na 1ª tempestade, Jesus chamou os discípulos e “entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram” (Mateus 8.23). A presença de Jesus é a garantia de que nosso barco não vai afundar. Por isso é importante ter Jesus no barco de sua vida.
Na 2ª tempestade, Jesus mandou os discípulos “embarcar e passar adiante dele para o outro lado” (Mateus 14.22). Enquanto isso Jesus “subiu ao monte, a fim de orar” (Mateus 14.23). Lá de cima Jesus orava por seus discípulos e via tudo.
Jesus permitiu que a tempestade se repetisse para ensinar os discípulos que nunca estão sozinhos e que Ele sempre cuidará deles.
Você está pensando que está sozinho?
Quanto mais difícil for, mais perto Jesus está de você!

3 º pensamentoMedo e falta de fé:
O terceiro pensamento que temos quando passamos por tempestades é o medo ou falta de fé, que são praticamente a mesma coisa. A fé é uma firme convicção (Hebreus 11.1), já o medo é uma incerteza perturbadora.
O medo por si só faz a pessoa sentir-se em meio a uma tempestade “pois o que duvida é semelhante à onda do mar, impelida e agitada pelo vento” (Tiago 1.6). para perder o medo é preciso confiar na Palavra de Deus que nos garante todos os dias (365 vezes) que não precisamos temer e saber que “fé vem pelo ouvir” (Romanos 10.17).
Quando passamos por tempestades Jesus mostra que podemos confiar nele.
Na 1ª tempestade, Jesus perguntou aos discípulos “por que sois tímidos, homens de pequena fé?” (Mateus 8.26). O medo é uma mentira de satanás para aprisionar as pessoas. A dúvida ou falta de fé faz a pessoa imaginar que o perigo é maior do que na verdade é. Jesus quer saber o motivo de nossa falta de fé. Essa pergunta ficou no ar e ninguém respondeu.
Na 2ª tempestade, os discípulos mostraram que eram medrosos, “ficaram aterrados e exclamaram: É um fantasma! E, tomados de medo, gritaram” (Mateus 14.26).  Pedro teve um início de coragem pedindo para andar sobre a água, mas “teve medo” (v.30) e Jesus lhe perguntou “homem de pequena fé, por que duvidaste?” (Mateus 14.31).
Jesus permitiu que a tempestade se repetisse para tratar o medo e a falta de fé de seus discípulos.
Você tem sentido medo ou falta de fé?
Alimente sua fé e tenha certeza que Jesus te protege!

4 º pensamento Por que estou passando por isso?
O quarto pensamento que surge em nossa mente é uma pergunta sobre o motivo de tudo que estamos vivendo. Como se Deus tivesse que nos dar explicação de alguma coisa. Na verdade a maioria das tempestades que enfrentamos são provocadas por nós mesmos. Arrumamos o problema e queremos que Deus resolva.
Às vezes ficamos como Davi no Salmo 13 que pergunta quatro vezes “até quando?” desejando uma reposta do Senhor, mas depois ele mesmo resolve deixar de questionar e dizer “confio na tua graça” (Salmos 13.5). Não perca tempo fazendo perguntas se você pode ter a certeza de que Jesus é o Senhor.
Quando passamos por tempestades Jesus quer que o conheçamos melhor.
Na 1ª tempestade, os discípulos perguntaram “quem é este que até os ventos e o mar lhe obedecem?” (Mateus 8.27). No fundo, os discípulos ainda não tinham conhecido verdadeiramente ao Senhor Jesus. Mesmo vendo os milagres e as maravilhas que Jesus operou ainda não entenderam.
Na 2ª tempestade, os discípulos declararam convictos que “Verdadeiramente és Filho de Deus!” (Mateus 14.33). Marcos explica que a tempestade se repetiu porque “antes seu coração estava endurecido” (Marcos 6.52). Mas agora perceberam que Jesus é o Filho de Deus.
Jesus permitiu que a tempestade se repetisse para que os discípulos o conhecessem mais profundamente como Senhor de suas vidas.
Você quer saber por que está passando por tempestades?
Não questione, apenas reconheça Jesus como Senhor!

Se a tempestade repetir o milagre se torna maior!
-CONCLUSÃO:
Quando as tempestades se repetem o milagre aumenta de forma sobrenatural. Às vezes esquecemos o que Deus faz e precisamos passar tudo de novo. Como uma lição que deve ser repetida até aprender.
No Egito, a cada praga Deus mostrava seu poder e o coração do Faraó mais endurecia. Então Deus mandava outra praga mais forte, realizando um livramento maior.  Há pessoas que sempre vão passar por tempestades porque somente assim se colocam na dependência de Deus. Mas no momento em que aprendemos e reconhecemos o Senhorio de Jesus sobre nossas vidas, vem a paz e a bonança.
Na 1ª tempestade, Jesus estava dentro do barco, mas fora dos corações de seus discípulos.
Na 2ª tempestade, Jesus estava fora do barco, mas depois entrou também nos corações de seus discípulos.
Jesus acalmou tempestades de dentro e fora do barco para mostrar que não há limites para seu poder.
O que você tem pensado no meio das tempestades?
         -que o problema é grande demais: Jesus é maior.
         -que está sozinho: Jesus nunca te deixa só.
         -sente medo ou falta de fé: confie no Senhor.
         -pergunta o porquê de tudo isso: para que reconheça a Jesus como Senhor.
Quantas tempestades você já passou em sua vida?
Todas as vezes que passar por tempestades, deixe Jesus operar!

OUÇA: 

Um comentário:

  1. Agradecemos ao Senhor todos os dias, pelo Seu amor e pelas Virtudes que nos têm dado. Tenho buscado mais e mais do Senhor Deus para o meu fortalecimento, conhecimento e sabedoria, encontrei vocês, que tem edificado a minha vida através das mensagens e ensinos.
    Que o Senhor Deus continue derramando sobre vós as Bençãos edificadoras do Espirito Santo. Amem
    Missionária Graça - Cidade de Arujá-SP

    ResponderExcluir

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...