Os três pregos da cruz

COMPARTILHE:

12 comentários

-Tema: VIDA CRISTÃ
Marcos 8.34-38
-Introdução: Presume-se que na crucificação foram usados três pregos: um para cada mão e outro nos dois pés apoiados um sobre o outro. Por isso vamos usar estes três pregos como ilustração para falar sobre esta crucificação do eu (Gálatas 2.20).
A doutrina da cruz é o Evangelho. Embora pareça algo vergonhoso (v.38) diante dos homens e uma loucura que só pode ser entendida espiritualmente (I Coríntios 1.18). Precisamos ‘pregar’ mais sobre a cruz, mas para isso estamos expostos a estes ‘pregos’ que nos ferem e nos seguram pendurados na cruz.
O que está te crucificando?
Vamos refletir sobre os três ‘pregos’ que nos prendem à cruz:


Prego - NEGAÇÃO: v.34 “a si mesmo se negue”.
A primeira coisa que nos prende à cruz é a difícil tarefa de negar as vontades da carne. Este negar a si mesmo é dizer não para o próprio querer. Estamos acostumados a dizer não para as pessoas, mas não é fácil dizer não para o eu.
Experimente fazer isso: diante de uma vontade qualquer, diga a você mesmo que não vai fazer. Será uma grande luta entre a carne e o espírito (Marcos 14.38). Isso dói como uma martelada.
 Quando resistimos ao pecado em prol da vontade de Deus estamos crucificando nossa carne com o pecado (Hebreus 12.4).
Diga não às suas vontades pecaminosas!

Prego - SEGUIR: v.34 “tome a sua cruz e siga-me”.
O segundo prego representa o discipulado. Quando seguimos Jesus estamos indo na mesma direção que Cristo rumo ao calvário. Muitos querem seguir pessoas famosas e bem sucedidas. Mas seguir a um condenado rumo à crucificação é algo que poucos fariam. Contudo Jesus foi à nossa frente levando o peso dos nossos pecados (Isaías 53.3,4).
Seguir significa repetir os mesmos atos. Ir à mesma direção. Ao seguir Jesus estamos deixando de ir para onde queremos para ir onde Jesus está (I João 2.6). Como Simão Cireneu que seguiu Jesus na crucificação e por isso teve que ajudar a levar a cruz (Lucas 23.26).
Quando seguimos a Jesus, estamos com os pés presos à cruz e de lá não podemos sair até que sermos ressuscitados para uma nova vida.
Siga o exemplo Cristo em tudo que fizer!

Prego - PERDER: v.35,36 “quem perder a vida por causa de mim e do evangelho salvá-la-á”.
A terceira martelada é uma das mais dolorosas. Estamos acostumados a ganhar e receber. Ninguém gosta de perder. Por isso dói tanto quando passamos pela cruz nas perdas da vida. Contudo é preciso perder para ganhar (Filipenses 2.7-9).
A mão perfurada pelo prego da perda não tem forças para segurar suas opiniões e desejos. Este prego nos faz sentir incapazes de pegar qualquer coisa, com a mão vazada tudo se escorre pelas feridas. Assim nos sentimos quando perdemos.
Quando passamos pela crucificação abrindo mão de qualquer coisa em prol de nossa fé em Jesus, ficamos presos à cruz como Cristo estava. Mas é neste momento que nossos braços estão abertos para Deus (Colossenses 2.12). Não importa o que você perdeu e sim o que ganhará na ressurreição (I Coríntios 4.14).
Para ganhar é preciso perder!
Não deixe a sua cruz!
-CONCLUSÃO:
Os pregos na cruz não seriam suficientes para prender Jesus, nem mesmo para mata-lo. O que o prendeu ali foi o seu amor pelas almas, que o fez morrer voluntariamente por nós (João 10.18).
O que nos prende à cruz são estes ‘pregos’ do negar a si mesmo, do seguir a Cristo e perder as coisas do mundo. Toda vez que passamos por estas coisas ficamos mais presos à nossa cruz. Embora na cruz não conseguimos fazer nada, isso é ótimo, porque então Deus realiza tudo em nós.
Abra as mãos e leve sua cruz!

______________________________

Citações Bíblicas: Bíblia Revista e Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil.

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões. Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodsita de São Paulo.
Siga Google+.

12 comentários:

  1. tenho aprendido muito o que dizer se não agradecer a Deus pelo vida deste vaso tão precioso.

    pra cláudia frança recife pe da quadrangular/pr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A realidade é que muitos querem chegar diante de Deus com sua cruz, sendo que Jesus disse: Tome sua cruz e segue-me... vamos seguir a Cristo? sim... onde Ele deixou a cruz dEle? no calvário! depois Ele permaneceu aqui na terra por mais 40 dias, sem a cruz.

      Jesus viveu 33 anos e meio, e carregou a sua cruz por apenas 3 horas? menos? ou mais? As pessoas pensam que devem carregar suas cruzes pelo resto de suas vidas. E depois trocar por uma coroa? onde está escrito isso? Não precisa procurar, não está escrito isso na bíblia.

      CONCLUSÃO: Deixe sua cruz no calvário, então, continue indo após Ele (Cristo).

      MRSN

      Excluir
  2. Mensagem profunda!
    A mensagem da cruz é pura e simples, mas é um desafio para todos que querem tomá-la. Que os nossos olhos estejam em Jesus e na glória que por nós espera. Só assim vamos conseguir estar crucificados com Jesus.
    Deus abençoe o pastor Welfany!

    Pr. Ivan - IEQ Juiz de Fora/MG

    ResponderExcluir
  3. Maravilhosa é a Teologia da Cruz. Sem ela jamais seríamos salvos.

    ResponderExcluir
  4. despreder da carne e muito dificil mas nao impossivel ore por mim que eu possa viver pendurado na cruz de CRISTO. Barao do recife.

    ResponderExcluir
  5. Esta e a mensagem que tem que ser pregada em nossos dias mensagem da cruz que o senhor te abençoe varão.

    ResponderExcluir
  6. linda palavra edificou mais minha fe obrigado Pr

    ResponderExcluir
  7. A cruz antes de Cristo era usado como instrumento de tortura, mas a cruz depois de Cristo crucificado ficou como instrumento de perdão.

    ResponderExcluir
  8. Esta palavra e forte, Deus abencoe a todos.

    ResponderExcluir
  9. muito bom aprender sobre Deus pois ele e a nossa unica esperança de vida.

    ResponderExcluir
  10. Francisco Fernandes17 de abril de 2017 00:20

    Só na Cruz nós ficamos de braços abertos para receber o perdão do nosso Senhor Jesus Cristo....

    ResponderExcluir

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.