Corações incendiados

Lucas 24.13-35
-Introdução: Muitas coisas acontecem para esfriar o nosso coração, por isso tantas pessoas são frias. Jesus mesmo avisou que “por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos” (Mateus 24.12). Ainda bem que não disse que seria de ‘todos’, então resta uma esperança para nós. Que nossos corações sejam incendiados com o poder e o amor de Deus e não nos deixemos esfriar com as coisas do mundo.
Após a morte de Jesus os discípulos estavam tristes e desmotivados. Dois discípulos iam embora de Jerusalém, mas era ali que deveriam ficar esperando a promessa do Consolador (Lucas 24.49). Então Jesus apareceu e caminhou junto com eles para lhes reaquecer o coração. Eles sentiram o seu coração se abrasar com o fogo do Espírito Santo e “disseram um ao outro: Porventura, não nos ardia o coração, quando ele, pelo caminho, nos falava, quando nos expunha as Escrituras? ” (Lucas 24.32). Assim Jesus quer fazer conosco quando estamos na direção errada e esfriando para nos incendiar novamente o coração.

Seu coração está frio?

Vamos aprender sobre o coração frio e o coração quente e tirar lições sobre o avivamento espiritual através desta mensagem:



ASSISTA:

1- O Coração Frio:

Algumas coisas esfriam o nosso coração e precisamos estar atentos a isso para não sermos enganados pelos próprios sentimentos (Jeremias 17.9). Então devemos conhecer os sintomas de esfriamento bem como suas causas.

a) Sintomas de esfriamento do coração:

- DESÂNIMO: v.13
Os dois discípulos ficaram desanimados com tudo que aconteceu com seu Mestre e por isso estavam voltando para casa sem Jesus.
O desânimo para servir a Deus e exercer o ministério, ou mesmo para cultuar, orar e ir à igreja pode ser sintoma de esfriamento.
- CEGUEIRA ESPIRITUAL: v.14,15 e 31
Os dois discípulos não conseguiram reconhecer a Jesus, mas na verdade estavam cegados pela tristeza diante de todo sofrimento que passaram vendo o Senhor crucificado.
Muitas vezes ficamos cegos por sentimentos que nos atormentam como a ira, angústia e tantas decepções que enfrentamos.

b) Coisas que esfriam o coração:

- CONVERSAS QUE NÃO EDIFICAM: v.14,15
Os dois discípulos estavam certos de tudo o que ocorreu e mesmo assim não conseguiram entender o propósito de Deus.
Muitos assuntos são desnecessários e não edificam nossa vida espiritual, por isso precisamos evitar “as más conversações corrompem os bons costumes” (I Coríntios 15.33). Não se assente em rodas de escarnecedores (Salmo 1.2), porque conversas que não edificam esfriam o nosso coração espiritualmente.
- DÚVIDA: v.19-25
Os dois discípulos averiguaram detalhas acerca da ressurreição de Cristo, mas não acreditaram nos fatos, pois se cressem procurariam estar com seu Mestre.
A incredulidade é algo que esfria o coração, pois o racionalismo impede que fé seja atuante. Precisamos crer independente do que vemos e entendemos, aceitando a Palavra de Deus (Hebreus 11.1-6).
Não deixe seu coração esfriar!

2- O Coração Quente:

O coração pode ser comparado a brasas numa fogueira que ao ser aquecida uma brasa ajuda a esquentar outras. Isso nos ensina sobre como aquecer e conservar aquecido o coração.

a) Coisas que aquecem o coração:

- PALAVRA DE DEUS: v.27 e 32
Enquanto ouviam Jesus falar sobre as Escrituras o coração dos dois discípulos foi se aquecendo.
Para esquentar nosso coração é preciso ouvir e falar mais sobre a Palavra de Deus, pois “a fé vem pelo ouvir” (Romanos 10.17). Alimente-se da verdade da Palavra para aquecer seu coração e tudo na sua vida será abençoado (Salmo 37.3).
- ORAÇÃO: v.28,29
Quando os dois discípulos chamaram Jesus para ficar mais com eles, insistindo com sua companhia, mesmo pensando ser um estranho, na verdade estavam desejosos pela presença de Deus.
A oração é o momento em que buscamos a presença do Senhor em nossas vidas. Podemos comparar a Palavra de Deus com a lenha e oração com o fogo que juntos incendeiam o coração.

b) Para conservar quente o coração:

- COMUNHÃO: v.30 e 37
No partir do pão simbolizando a comunhão foi o momento em que os discípulos reconheceram a Jesus.
A comunhão com Deus e nosso próximo mantém o coração aquecido na presença de Deus (Salmo 133.1-3). Mas a desunião e falta de compromisso com Deus faz com que o coração se esfrie, mesmo que tenha sido aquecido anteriormente.
- CHAMADO: v.33-35
Os discípulos voltaram para Jerusalém (v.33), onde ficaram como Jesus havia ordenado (Lucas 24.49) e receberam o Espírito Santo (Atos 2.1-4) para testemunhar o evangelho com poder (Atos 1.8).
Quando obedecemos ao chamado que Jesus nos deu para cumprir o nosso coração se mantém aquecido pela presença do Senhor que nos acompanha e fortalece para exercer o ministério.
Mantenha seu coração quente!

Aqueça seu coração!

-CONCLUSÃO: Salmo 39.3 “esbraseou-se-me no peito o coração; enquanto eu meditava, ateou-se o fogo”.
Não faça como os discípulos que voltavam para casa sem Jesus. Permaneça na presença do Senhor e fique atento ao desânimo e a cegueira espiritual que são sintomas do esfriamento espiritual. Tome cuidado com conversas que não edificam e as dúvidas que tiram sua fé. Aqueça seu coração com a Palavra de Deus e vida de oração, além de manter seu coração aquecido estando sempre em comunhão e cumprindo o chamado que Jesus te confiou.

Deus quer aquecer o seu coração!

______________________________
Citações Bíblicas: Bíblia Revista e Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil.

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões. Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodsita de São Paulo.
Siga Google+.

0 COMENTE!:

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.