O que a Bíblia diz sobre PEDOFILIA

-Tema: PECADO 
Mateus 18.1-10
-Introdução: Jesus alertou claramente sobre não ‘fazer tropeçar’ uma criança (Mateus 18.6). A Palavra pedofilia vem da junção de dois termos gregos: pedo = infância + filia = amar ou gostar. Então o pedófilo tem atração por crianças. Pedofilia significa qualquer ato sexual direcionado a uma criança, desde um desejo, um toque ou olhar sensual para crianças.
Infelizmente a pedofilia é um ato antigo. O Antigo Testamento relata que povos pagãos ofereciam crianças ao deus Moloque (Levítico 18.21 e 20.2-5). Também no Império Romano era comum o infanticídio 1, o que diferenciava os cristãos pelo cuidado com as crianças 2Na cultura grega antiga, a pedofilia era considerada tão normal, que homens adultos tinham rapazes como seus pupilos publicamente.
Diante de um mundo onde o padrão moral foi totalmente deturpado e nossas crianças estão à mercê de tudo isso, precisamos buscar na Palavra de Deus a orientação de Jesus a respeito do assunto.

O que Jesus ensinou sobre o cuidado com as crianças?

Vamos refletir nas palavras de Cristo e aplicar a respeito do tema pedofilia:



1- Jesus ama as crianças: v.1-5

A atitude de Jesus ao colocar uma criança no centro da atenção foi para priorizar o cuidado para com elas (v.2). Isso nos revela alguns princípios contra a pedofilia:
a)    As crianças têm prioridade no Reino de Deus:
Mateus 18.1,2 “Naquela hora, aproximaram-se de Jesus os discípulos, perguntando: Quem é, porventura, o maior no reino dos céus? E Jesus, chamando uma criança, colocou-a no meio deles”.
Naquele momento os discípulos queriam chamar a atenção e alcançar destaque, mas Jesus disse que as crianças seriam prioridade. Portanto, quem mexer com uma criança deve saber que está sob a proteção da mão de Deus e “nenhum há que possa livrar alguém das minhas mãos; agindo eu, quem o impedirá?” (Isaías 43.13). O pedófilo não sabe, mas está tocando em crianças que estão nas mãos de Deus.
b)    Não devemos erotizar as crianças:
Mateus 18.3 “E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus”.
A cultura sensual do mundo prega um erotismo em relação às crianças, mas Jesus disse que elas não precisam mudar a sua pureza. Os adultos é que devem ser converter ao modo de ser delas e não elas mudarem para sentimentos adequados aos adultos (Romanos 16.19). Não precisamos ficar motivando a sexualidade das crianças, mas ensinar pureza, sabendo que na hora certa, quando a puberdade vier elas estarão preparadas para entender sobre isso (Cantares 2.7; 3.5 e 8.4). Então devemos esperar o momento certo para falar sobre isso, sabendo que o direito e a responsabilidade disso é dos pais ou responsáveis somente.
c)    Devemos aprender com as crianças:
Mateus 18.4,5 “Portanto, aquele que se humilhar como esta criança, esse é o maior no reino dos céus”.
A criança é humilde e simples em tudo, por isso devemos deixar a malícia do mundo e ser como elas “não sejais meninos no juízo; na malícia, sim, sede crianças; quanto ao juízo, sede homens amadurecidos” (I Coríntios 14.20). Contudo as crianças estão sujeitas a ser humilhadas devido a sua humildade, mas isso é algo que não podemos permitir. Devemos ser humildes como as crianças. O pedófilo humilha a criança forçando a coisas que não são naturais da infância.
Ame as crianças como Jesus ensinou!

2- Jesus protege as crianças: v.5-7

O carinho de Jesus pelas crianças se torna protetor e o Mestre nos deixa vários ensinamentos a respeito:
a)    Receber as crianças em nome de Jesus:
Mateus 18.5 “E quem receber uma criança, tal como esta, em meu nome, a mim me recebe”.
Devemos acolher uma criança como se fosse o próprio menino Jesus. Ele mesmo que ao nascer não teve abrigo para sua família e tiveram que ficar numa estrebaria (Lucas 2.7). Por isso Jesus manda acolher as crianças em seu nome. Mas acolher uma criança em nome de Jesus significa para fazer a vontade de Deus e não a nossa própria (I João 5.14). Então o pedófilo não tem o amor de Deus, mas está dominado pelo desejo carnal e diabólico (II Pedro 2.13).
b)    Jesus não quer que as crianças tropecem:
Mateus 18.6 “Qualquer, porém, que fizer tropeçar a um destes pequeninos que creem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma grande pedra de moinho, e fosse afogado na profundeza do mar”.
Jesus deixou claro para não ‘fazer tropeçar’ uma criança. Isso significa colocar um empecilho na vida de uma criança que a faça errar no futuro. A pedofilia faz isso, provoca traumas e marcas na vida das pessoas para sempre. Jesus não incentiva o suicídio, mas considera que quando alguém faz uma criança tropeçar está sendo pior do que o suicida. Ou seja, a vida do pedófilo é pior do que alguém que já encerrou com sua própria existência e desiste de viver.
c)    Jesus alerta contra os escândalos:
Mateus 18.7Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é inevitável que venham escândalos, mas ai do homem pelo qual vem o escândalo!”.
Imagine Jesus falando: “ai do mundo”. Ele diz que este mundo que está ensinando coisas erradas para as crianças, como troca de sexo, por exemplo, está sujeito à ira Divina (Jeremias 23.10). Imagine também Jesus dizendo: “ai do homem”. A pessoa que intenta contra uma criança indefesa será castigada pelo próprio Deus (Romanos 1.18).
Proteja as crianças como Jesus ensinou!

3- Jesus condena a pedofilia: v.8-10

Por fim, Jesus começa a tomar a defensiva em favor das crianças, declarando conselhos para quem tiver este tipo de tendência pedófila:
a)    Cuidado ao tocar em crianças:
Mateus 18.8 “Portanto, se a tua mão ou o teu pé te faz tropeçar, corta-o e lança-o fora de ti; melhor é entrares na vida manco ou aleijado do que, tendo duas mãos ou dois pés, seres lançado no fogo eterno”.
Interessante que este versículo tão polêmico da Bíblia esteja dentro de um contexto em que Jesus fala sobre o cuidado com as crianças e contra a pedofilia. Novamente Jesus não está incentivando a automutilação, mas diz que se a mão tiver vontade de tocar em algo errado, devemos considerar como se não tivéssemos ela, evitando assim o toque pecaminoso. Este conselho se aplica diretamente ao pedófilo, que deve pensar sobre isso antes de toar numa criança. A orientação é: NÃO TOQUE. Aqui cabe aquela palavra: “dizendo: não toqueis nos meus ungidos” (Salmos 105.15), pois as crianças também são ungidas por Deus.
b)    Saia da pornografia infantil:
Mateus 18.9 “Se um dos teus olhos te faz tropeçar, arranca-o e lança-o fora de ti; melhor é entrares na vida com um só dos teus olhos do que, tendo dois, seres lançado no inferno de fogo”.
Jesus continua falando para os pecadores advertindo severamente para considerarem-se cegos diante de qualquer visão referente ao pecado. Novamente não está incentivando a autoflagelação, mas que a pessoa feche os olhos. As pálpebras são um dom de Deus para o ser humano poder fechá-las a hora que escolher. Com relação à pedofilia virtual, existe uma indústria de imagens de crianças, o que é um crime hediondo. Mas se não houvesse o mercado para este produto, o problema seria reduzido. O tropeço aqui se refere a qualquer coisa que faça a pessoa cair propositalmente. Então quem tiver tendência a pedofilia deve abandonar a pornografia para não alimentar este sentimento.
c)    PAIS, não desprezem as crianças:
Mateus 18.10 “Vede, não desprezeis a qualquer destes pequeninos; porque eu vos afirmo que os seus anjos nos céus veem incessantemente a face de meu Pai celeste”.
Jesus alerta para não desprezar as crianças. Isso se direciona principalmente aos pais ou responsáveis. Quando as crianças são deixadas com qualquer pessoa ou à mercê do mundo virtual, estão sendo abandonadas. A maioria dos casos de pedofilia acontece quando crianças são deixadas sozinhas ou com pessoas erradas. Infelizmente quem menos esperamos é que faz estas coisas. Jesus deixa claro que os anjos do Senhor estão ao redor das crianças porque elas são de Deus (Salmo 34.7). Deus é quem vinga o ato da pedofilia, pois “que, nesta matéria, ninguém ofenda nem defraude a seu irmão; porque o Senhor, contra todas estas coisas, como antes vos avisamos e testificamos claramente, é o vingador (I Tessalonicenses 4.6). Não precisamos nos vingar dos pedófilos porque Deus fará isso. Contudo devemos buscar a justiça humana para que a pedofilia seja punida. Portanto devemos orar pelas crianças e também pela vida das pessoas que têm este problema da pedofilia.
Saiba que Jesus defende as crianças do mal!

Jesus liberta da pedofilia!

-CONCLUSÃO:
Se você que estiver lendo foi vítima de um pedófilo, ou teve uma pessoa querida violentada moral e sexualmente, orientamos a buscar ajuda de pessoas competentes para fazer o que é certo, como psicólogos, assistentes sociais e até mesmo a justiça. Mas acima de tudo perdoe quem te ofendeu para que você também seja liberto desta dor (Mateus 6.14,15). Para isso procure alguém que seja servo/a de Deus para orar com você te abençoando.
Se você tiver qualquer tendência à pedofilia, orientamos a procurar ajuda urgente para tratamento psicológico e espiritual. Busque ajuda numa igreja, com conselheiros cristãos capacitados para orar com você por sua libertação (Tiago 5.16). Caso tenha cometido crimes de pedofilia, assuma sua responsabilidade diante da justiça (Lucas 19.8). Mas acima de tudo pare de fazer qualquer ato pedófilo imediatamente (João 8.11). Confesse seu pecado ao Senhor e busque libertação (I João 1.7-9).

Jesus é a solução para a pedofilia!

______________________________
Citações Bíblicas: Bíblia Revista e Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil.
1 GONZÁLEZ, Justo. História Ilustrada do Cristianismo. São Paulo: Vida Nova, 2011. Volume I. 2ª edição. Página 61.
2 RODRIGUES, Welfany Nolasco. A Evangelização na Igreja Primitiva. Belo Horizonte: Filhos da Graça, 2015. Páginas 34 e 56.



Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões. Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodsita de São Paulo.
Siga Google+.

0 COMENTE!:

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.