As sete igrejas do Apocalipse ATUAL

Tema: APOCALIPSE 
Jesus no meio dos castiçais apocalipse 1
Apocalipse 1 a 3
Este  esboço revela a situação de cada uma das sete igrejas do Apocalipse. A partir desta visão espiritual, podemos refletir como estamos enquanto Igreja do Senhor.
Contudo, antes de fazer esta análise precisamos lembrar que:
-Jesus reconheceu todas elas como igrejas, mesmo com seus erros;
-Jesus não mandou ninguém sair de uma igreja para outra;
-Jesus não disse que uma igreja é melhor que outra;
-Jesus tratou diretamente com seus pastores orientando-os;
-todas igrejas tiveram oportunidade de arrependimento;
-Somente Jesus pode julgar a situação espiritual da Igreja.


Qual o significado das sete igrejas do Apocalipse?

Vejamos a interpretação moral e histórica das sete igrejas do Apocalipse:

INTERPRETAÇÃO MORAL

Éfeso: Igreja desviada: Apocalipse 2.1-7
Perdeu a direção, passou a desobedecer a Deus não fazendo sua vontade.

Esmirna: Igreja Perseguida: Apocalipse 2.8-11
Sofredora por causa das perseguições enfrentadas por ser fiel a Deus.

Pérgamo: Igreja Licenciosa: Apocalipse 2.12-17
Liberal e permissiva, aceitando tudo dentro da igreja para agradar às pessoas.

Tiatira: Igreja Relaxada: Apocalipse 2.18-29
Preguiçosa e não se interessa mais pelo trabalho da evangelização, oração e Bíblia.

Sardes: Igreja Morta: Apocalipse 3.1-6
Sem vida e sem alegria, não faz diferença na sociedade e não incomoda o inimigo.

Filadélfia: Igreja Abençoada: Apocalipse 3.7-13
Fiel ao Senhor não importa o que aconteça e apesar das dificuldades.

Laodicéia: Igreja Morna: Apocalipse 3.14-22
Indecisa, serve ao mundo e a Deus ao mesmo tempo.


Que tipo de Igreja você é?

Leia mais sobre o conteúdo das cartas em:  AS CARTAS ÀS SETE IGREJAS DO APOCALIPSE.

Interpretação Histórica

Existe uma interpretação histórica chamada de “As sete Eras da Igreja” comparando cada igreja do Apocalipse com um período da história da Igreja Cristã:


ÉFESO: Igreja primitiva, apostólica (30-100 d.C.), que embora tenha mantido a fé verdadeira começou a se esfriar no amor.

ESMIRNA: os Mártires (100-312 d.C.), quando muitos cristãos foram perseguidos e morreram por sua fé.

PÉRGAMO: Igreja Imperial (313-590 d.C.), a partir da união da Igreja e Estado.

TIATIRA: Idade Média (590-1571 d.C.), período de trevas, idolatria e heresias na igreja.

SARDES: Igreja da Reforma (1517-1730 d.C.), através do surgimento do protestantismo e começaram a voltar à fé pura.

FILADÉLFIA: Missões Modernas (1730-1900 d.C.), um tempo de avivamento com envio de missionários e surgimento de grandes pregadores.

LAODICÉIA: Igreja atual (1900...), mesmo com crescimento das igrejas evangélicas, o povo de Deus precisa se posicionar diante de Deus.

livro sete igrejas do apocalipse

E-book: As 7 Igrejas do Apocalipse

As sete cartas às igrejas no Apocalipse trazem mensagens reveladoras à igreja atual. Neste livro apresentamos três tipos de interpretação para cada uma das cartas: 1) Interpretação LITERAL; 2) Interpretação HISTÓRICA; 3) Interpretação MORAL. Certamente a mensagem deste texto trará revelações importantes para sua vida como igreja de Cristo. As cartas às sete igrejas formam uma mensagem completa para toda a cristandade. Estas cartas foram escritas para você também e será bem-aventurado se ler e ouvir (Apocalipse 1.3).

Rev. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista. 44 anos. Casado com Ássima, pai de Heitor e Hadassa. Natural de Muriaé MG. Bacharel em Teologia pela UMESP.

Postagem Anterior Próxima Postagem