Quem vai celebrar o natal?

-Tema: NATAL
Isaías 9.6
-Introdução: Vivemos em um tempo que o natal se tornou uma festa popular e muitas vezes as motivações são puramente comerciais. Pouco se fala sobre o verdadeiro nascimento de Jesus. É como se comemorassem sem o aniversariante. As festividades natalinas atualmente têm milhões de participantes ao redor do mundo com muitas luzes e banquetes.
Na verdade, sabemos que Jesus não nasceu em 25 de Dezembro. Este dia se tornou simbólico, como a páscoa e pentecostes, por exemplo. Nada impede de celebrar o nascimento de Jesus tanto neste dia como em outro durante o ano. O fato é que esta mensagem do nascimento de Jesus Cristo, o Messias prometido de Deus, traz alívio e salvação.
O nascimento do Messias foi profetizado muitos anos antes de se cumprir (Isaías 9.6). Embora fosse um evento esperado por muito, poucos estavam preparados para o momento e somente algumas pessoas tiveram o privilégio de participar.
Naquele dia do nascimento de Jesus não havia nada disso. Eram poucas pessoas e comida escassa. Mas havia muita alegria. A luz de uma estrela especial foi enviada por Deus para iluminar aquele momento e um coro angelical encheu aquele lugar.
Como você celebra o natal?
Vamos aprender que tipo de pessoas adoraram Jesus em seu nascimento:

1- PASTORES – pessoas simples: Lucas 2.8-20
As primeiras pessoas que teriam a notícia do nascimento de Jesus foram alguns pastores que estavam no campo cuidando de seu rebanho. Receberam o convite especial para estar ali através de anjos que lhes anunciaram sobre o nascimento do “Salvador, que é Cristo, o Senhor” (v.11). Eles ficaram maravilhados.
Deus os escolheu porque naquele tempo a profissão pastoril era considerada imunda pelo judaísmo e os pastores não tinham autorização para adorar a Deus no templo. Mas tiveram o privilégio de ver Jesus, pois Deus gosta de pessoas simples (Tiago 4.6).
Aqueles pastores eram trabalhadores (v.8), tementes a Deus (v.9), obedientes (v.15), dispostos (v.16), anunciadores da palavra (v.17) e adoradores (v.20).
Celebre o Natal com simplicidade de coração!

2- MAGOS – pessoas nobres: Mateus 2.1-12
Conhecidos como reis e denominados magos, estes homens seriam estudiosos de astronomia e se interessaram pelo surgimento de uma estrela diferente. Também eram religiosos tementes a Deus e sabiam que aquela estrela tinha ligação com a profecia da vinda do Messias prometido a Israel.
Eram pessoas nobres, não por sua riqueza, estudos ou títulos reais e sim por suas atitudes. Esforçaram-se muito para ir de muito longe até Belém (v.1), pediram informação às pessoas do lugar (v.2), acreditavam na profecia (v.6), respeitavam as autoridades (v.8), tiveram discernimento do sinal enviado por Deus através da estrela (v.9). Também eram pessoas alegres (v.10), adoradores (v.11a), caridosos com os necessitados (v.11b) e tinham discernimento espiritual (v.12).
Talvez aquelas visitas inesperadas tivessem assustado José e Maria, mas certamente entenderam como providência de Deus para sua família.
Deus quer que seus servos sejam pessoas nobres em suas ações. Não importa o estudo, bens ou qualquer outra coisa e sim a intenção pura do coração.
Celebre o Natal com atitudes de nobreza!

3- ANA e SIMEÃO – pessoas fiéis: Lucas 2.25-38
Oito dias depois do nascimento do nascimento (Lucas 2.21,22), Jesus levado ao templo para ser circuncidado e consagrado ao Senhor. Apareceram dois idosos, pessoas simples do povo, mas que eram fiéis a Deus: Simeão e Ana.
Simeão acreditava na promessa da vinda do Messias (v.25), tinha uma intimidade profunda com Deus que lhe revelou “que não passaria pela morte antes de ver o Cristo do Senhor” (v.26). Sua vida era conduzida pelo Espírito Santo (v.27), um adorador (v.28), aceitava a vontade de Deus para sua vida (v.29), abençoava as pessoas (v.34) e era profeta (v.35).
Ana era uma senhora viúva por muitos anos ainda fiel ao esposo (v.36), algo muito difícil para o tempo porque as mulheres eram totalmente dependentes de homens para sobreviver. Mas ela era profeta e acreditava que Deus tinha um propósito em sua vida. Orava sem cessar (v.37), adorava a Deus o tempo todo e fazia jejuns. Ana profetizou sobre Jesus dando esperança a todos que estavam ali (v.38).
Deus levou estas duas pessoas ao templo naquele momento para abençoar Jesus e sua família. Talvez muitos pensassem que eram dois ‘velhos beatos’ do templo, mas eram pessoas fiéis ao Senhor. Foram honrados por Deus com o privilégio de abençoar Jesus.
Comemore o Natal sendo fiel a Deus em todo o tempo!

Celebre o Natal com simplicidade, nobreza e fidelidade!
-CONCLUSÃO:
O Natal deve ser bem diferente de tudo o que ouvimos sobre esta data. Uma reunião familiar simples onde se cultua a Deus, testemunhos são contados, presentes podem ser trocados, mas não como prioridade. Gestos nobres são feitos como pedidos de perdão, doações e declarações de amor a cônjuges, irmãos, pais e amigos. Expressões de fidelidade a Deus como um lindo culto de adoração ao Senhor por ter enviado seu Filho ao mundo. Uma noite cheia de alegria com a presença de Deus.
O verdadeiro Natal acontece não em grandes banquetes, mas entre pessoas simples, nobres e fiéis. Por isso celebre o Natal com simplicidade, com gestos de nobreza e fidelidade a Deus.

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões.
Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodista de São Paulo.
Pós Graduação em Filosofia pela ISEIB - Instituto Superior de Educação Ibituruna.
Licenciatura em Letras pela ISEED - Instituto Educacional Elvira Dayrell.
Extensão em Grego Bíblico pela MACKENZIE - CPAJ.
Siga Google+.

3 comentários:

  1. Tudo que referenciar o santo nome de JESUS, será bom para a Humanidade!

    ResponderExcluir
  2. amados a explicacao esta de acordo as escrituras mas a sua opiniao me comfunde uma vez que celebrar o 25 e uma mentira e pagam nao podera entrar como credito nos reinos do ceus e segindo nao esta escrito que os apostolos continuaram com essa tradicao devemos agradecer todos os dias pela sua vinda proclamando com o nossa forma de viver para podermos alcancar a vida eterna. troca de prendas entre nos porque? acaso somos nos os merecedores o o nosso JESUS. Sempre queremos emitar o mundo e deixar que os gostos da carne se misturem com a verdade Ele ja era Deus no prencipio somente se fez carne para nos salvar e termos acesso a vida eterna adoremos ao Senhor em espirito e verdade. A paz do Senhor.

    ResponderExcluir
  3. Enéias Eduardo Ventura1 de janeiro de 2016 11:37

    Estou de total acordo como meu irmão em cristo Jesus. Que deu a sua opinião acima que Deus te abençõe eu querido que Deus possa te dar muita saúde para vc elebpossa realizar todos os seus projetos e sonhos em sua vida.

    ResponderExcluir

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.