O Culto Racional

-Tema: LITURGIA


Isaías 6.1-8
-Introdução: Você sabe o que está fazendo durante o culto? Já parou para refletir no significado das palavras e de tudo o que faz durante o culto? Se não soubermos o que simboliza cada ato do culto, não estaremos oferecendo a Deus um “culto racional” (Romanos 12.1).
A palavra CULTO significa serviço ou trabalho. É uma atitude de adoração a Deus, um momento em que separamos para louvar e ouvir a palavra do Senhor. Vejamos alguns significados de momentos, posições e expressões dos culto e seu fundamento bíblico:

O Culto
Ação
Referência
Significado
Momento
Cantar
Salmo 95.1; 100.2
Louvor, alegria, gratidão
Orar
Mateus 21.13
Pedir, crer, falar com Deus
Ler
Lucas 4.16
Conferir nas Escrituras
Pregar
Marcos 1.39
Anunciar, orientar e ensinar
Ofertar
Malaquias 3.8-10
Compromisso, fidelidade
Testemunhar
Atos 4.20
Agradecer
Posição
Assentar
Lucas 2.46
Esperar, acomodar
Ajoelhar
Filipenses 2.10
Submissão, confissão,
Levantar
Neemias 9.5
Disposição, honra, respeito
Gestos e expressões
Fechar os olhos
II Coríntios 5.7
Concentração, crer no invisível
Dizer amém
Mateus 18.19
Concordar, confirmar
Levantar mãos
Salmo 63.4 e 141.2
Receber bênção, entregar a vida
Bater palmas
Salmo 47.1
Saudar, exaltar, alegria

Como cultuar a Deus?

Vamos aprender com Isaías alguns momentos importantes no culto:

1- PRELÚDIO 

v. 1, 2 “No ano da morte do Rei Uzias  eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono e as abas de suas vestes enchiam o templo. Serafins estavam por cima dele...”

Quando Isaías entrou no templo já havia ali um clima de adoração. O ambiente já estava preparado para sentir a presença de Deus.
O prelúdio é um momento de oração silenciosa em preparação para o culto.  
Antes do culto o Ministério de intercessão ora pela igreja e tudo que acontecerá. Esta é uma oração de invocação à presença do Espírito Santo.
As pessoas chegam ao templo e passam um momento de leitura silenciosa da Bíblia. Ao mesmo tempo alguém pode fazer uma apresentação de um hino ou fundo musical.

2- LOUVOR 

v. 3, 4 “E clamavam uns para os outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória. As bases do limiar se moveram à voz do que clamavas e a casa se encheu de fumaça”.

A primeira coisa que Isaías ouviu foi um som de louvores engrandecendo ao nome do Senhor.
Louvor é o momento dedicado a engrandecer a Deus junto com  a igreja. Isso pode ser feito através de uma leitura de um salmo de adoração, orações de Adoração e Louvor a Deus, cantar hinos e cânticos de louvor e adoração, bem como ofertar ao Senhor em gratidão.
Além do ministério que conduz a comunidade em louvor também pode ser feito uma apresentação de um solo ou de um conjunto musical.

3- CONFISSÃO 

v. 5 “Então disse eu: ai de mim! Estou perdido! Porque sou homem de lábios impuros, habito no meio dum povo de impuros lábios, e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos”.

Isaías confessou seus pecados ao Senhor e foi perdoado.
O culto não pode faltar um momento de reflexão e confissão de pecados. Isso acontece com uma oração de joelhos, um clamor pelas almas perdidas ou pelas famílias e em seguida com uma declaração de perdão feita pelo dirigente assegurando a todos que seus pecados foram perdoados.

4- EDIFICAÇÃO 

v. 6, 7, 8 “Então um dos Serafim voou par mim trazendo na mão um abrasa viva, que tirara do altar com uma tenaz, com a brasa tocou a minha boca e disse: Eis que ela tocou os teus lábios, a tua iniquidade foi tirada, e perdoado o teu pecado; Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia; A quem enviarei e quem há de ir por nós?”

Isaías continuou escutando e ouviu a voz de Deus falando ao seu coração.
O momento mais importante do culto deve ser a Pregação da Palavra. Mesmo que aconteça a apresentação de um teatro, oportunidade para Testemunhos ou leitura de uma mensagem ou poesia, nada pode substituir a pregação ou o Estudo Bíblico.
O que edifica a Igreja é a mensagem da Palavra de Deus!

5- DEDICAÇÃO 

v. 8b “Disse eu: eis-me aqui, envia-me a mim”.

Depois de ser edificado com a Palavra de Deus, Isaías também dedicou sua vida se oferecendo para servir ao Senhor.
Se o culto não desafiar as pessoas a uma mudança, todos voltam para casa do mesmo modo que chegaram. O objetivo deve ser transformar vidas. Então sempre acontece um momento de oração e entrega no altar após a pregação. Esta é a oportunidade de vidas se dedicarem a Deus. Também ao término do culto acontece o Envio e Bênção final para que todos saiam abençoados por Deus.

Faça um culto consciente!

CONCLUSÃO

Devemos “servi ao Senhor com alegria, apresentai-vos diante dele com cântico” (Salmos 100.2), mas também precisamos aprender a ser sábios ao oferecer o melhor para Deus. Não podemos fazer como Caim que ofereceu o que quis ao Senhor e sim como Abel que deu a Deus o que Ele merece.

Deus merece o Melhor!



Ebook: O Culto Cristão: Liturgia Bíblica, Histórica e Prática

Um estudo sobre a Liturgia cristã, começando pela Bíblia, passando pelo culto na história da Igreja até orientações práticas para os dias atuais.
Aqueles que adoram ao Único e verdadeiro Deus sabem que a adoração tem de ser a essência do culto “em espírito e em verdade" (João 4.23).


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.