Você é como o Corvo ou a Pomba? - Pregações e Estudos Bíblicos

Você é como o Corvo ou a Pomba?

-Tema: SANTIFICAÇÃO
Gênesis 8.6-12

-Introdução: A santificação para a vida de um cristão é mais que uma opção e sim uma necessidade. Muitas igrejas pregam santidade de maneira cética que leva os fiéis a se tornarem fariseus e não santos. Por outro, lado cresce o número de evangélicos nominais, sem nenhum tipo de vínculo ou compromisso com a Igreja.
Deus enviou um dilúvio para santificar, ou seja, limpar a terra do pecado. Quando Noé quis saber se a terra já estava limpa, enviou primeiro um corvo e depois uma pomba. A principal diferença entre eles é que o corvo se alimentava dos restos mortais do dilúvio e a pomba voltava para a arca até trazer sinal de vida.
Você é como a pomba ou o corvo?
Vamos refletir no exemplo simbólico do corvo e da pomba para meditar sobre santificação:

1- O Corvo: v.7 “soltou um corvo, o qual, tendo saído, ia e voltava, até que se secaram as águas de sobre a terra”
O que chama atenção no comportamento do corvo é que ao ser solto da arca, ele voltava ‘até que as águas secaram’. Ou seja, apenas aproveitava o abrigo oferecido pela arca temporariamente, mas não voltou  quando as águas abaixaram. Além disso, o corvo, como uma ave de rapina, se alimentava de toda a podridão dos animais que morreram no dilúvio.
Apesar da péssima comparação, o corvo representa pessoas que até vão a Igreja, mas vão e voltam sem compromisso. Estas pessoas se alimentam de qualquer coisa. Sua vida espiritual é como o corvo que come restos e não percebe a consequência do pecado que é a morte (Romanos 6.23).
Muitos pastores, líderes espirituais se preocupam com suas ovelhas. Sentem-se inseguros em soltá-los por medo de não voltarem mais ou então ficarem indo e vindo se alimentando de qualquer coisa. Pais também temem ao soltar os filhos por medo das influências que possam receber correndo risco de perdê-los.
O que você está se alimentando? Você está firme na casa de Deus?
Não seja como o corvo que come qualquer coisa e não volta para a presença de Deus!
                              
2- A Pomba: v.9-11 ”a pomba, não achando onde pousar o pé, tornou a ele para a arca; porque as águas cobriam ainda a terra... ela voltou a ele; trazia no bico uma folha nova de oliveira; assim entendeu Noé que as águas tinham minguado de sobre a terra”
Quando Noé soltava a pomba, ela sempre voltava até um dia que trouxe uma folha nova de oliveira para mostrar que já havia vida na terra. A pomba é um animal limpo para a cultura Bíblia. O comportamento que vemos hoje dos pombos nas cidades grandes é fruto do desmatamento e desordem da natureza.
A pomba representa a vida de santidade. Quando o Espírito Santo se manifestou visivelmente sobre Jesus foi “em forma corpórea como pomba” (Lucas 3.22). O cristão cheio do Espírito Santo tem compromisso com a Igreja, é constante na presença de Deus. Além disso, sempre volta trazendo sinal de vida.
A folha nova de oliveira mostra que já havia azeitonas. Isso revela três características do Espírito Santo:
- FRUTOS de uma vida de testemunho (Gálatas 5.22,23);
- AZEITE da unção e poder de Deus (Isaías 61.1);
- SINAIS ou milagres de Deus em sua vida (Marcos 16.17).
O crente cheio do Espírito Santo produz frutos, sempre está cheio da unção e vê os sinais de Deus em sua vida. O pastor não se preocupa com o crente que é assim porque sabe que sempre que ele sai estará produzindo frutos, vivendo sob a unção de Deus e só traz testemunhos de milagres de Deus através de sua vida.
O que você tem trazido para sua Igreja?
Seja um canal de bênçãos para a vida de sua Igreja!

Seja como a pomba, não como o corvo!
-CONCLUSÃO: v.12 “então, esperou ainda mais sete dias e soltou a pomba; ela, porém, já não tornou a ele”
Talvez você pergunte o porquê depois a pomba também foi e não voltou? Porque chegou o tempo de alcançar sua liberdade. Assim também é a vida do cristão, quando é cheio do Espírito Santo, alcança liberdade espiritual e chega um momento em que é enviado por Deus e sua Igreja para fazer sua Obra.
Com esta mensagem aprendemos que é necessário fugir de tudo que é mau e buscar a presença do Senhor com perseverança. Precisamos ser mais espirituais do que carnais para viver uma vida agradável a Deus. Nunca perca o vínculo com a Igreja do Senhor, porque em comunhão com os irmãos você cresce na fé.
Você tem sido carnal como o corvo ou espiritual como a pomba!
Não seja carnal, seja espiritual!

Tecnologia do Blogger.