Sincretismo Religioso

-Tema: SEITAS
-Introdução: Sincretismo significa: ‘fusão de elementos culturais diferentes em um só pensamento, mantendo às vezes alguns traços originais’¹ baseado nesse pensamento, certa vez Ghandi disse que: ‘a alma das religiões é uma só, mas está encerrada em um grande número de formas’².
Todas as pessoas têm o direito de professar a religião de sua escolha e a tolerância religiosa deve ser praticada por todos, mas isso não significa que todas as religiões sejam boas e nem que pelo fato de respeitar a pessoa que pensa diferente, você tem que aceitar ou fazer o que ela pratica.
Todas as religiões são iguais?
Vamos refletir sobre o sincretismo religioso:


1- JESUS era dogmático:
Dogmático é a pessoa que defende uma verdade única. E o Senhor Jesus deixou isso bem claro em suas palavras:
“Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim” (João 14.6).
“Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro” (Mateus 6.24).
“porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem “ (Mateus 7.14).
Isso significa que nem todos os caminhos levam a Deus. Há apenas dois caminhos onde as pessoas e religiões devem se enquadrar:
Caminho estreito: mais difícil e conduz à vida eterna;
Caminho largo e espaçoso: mais fácil e leva à morte eterna.
Nos dias de Jesus na terra, havia dois fortes grupos religiosos: Saduceus e Fariseus. Ambos tinham posições distintas (Atos 23.8) e admitiam estar fazendo a vontade de Deus. Mas Jesus lhes disse que embora pensassem que eram filhos de Deus, não passavam “de filhos do diabo” (João 8.41-44) e os chamou de: hipócritas. filhos do inferno, serpentes e raça de víboras (Mateus 23.3, 15 e 19-33).

2- APOSTASIA FINAL:
A Palavra de Deus nos alerta que nos últimos tempos muitos se desviariam da fé e por isso precisamos estar atentos aos novos ensinamentos para não sermos levados por ventos de doutrinas: “Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos muitos apostatarão da Fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência” (I Timóteo 4.1-2).
Em seu livro ‘Tirando as coisas abomináveis de nossas casas’ o Pr. Jonas Mendes Barreto declara:
“Estamos vivendo um tempo marcado por uma efervescência no âmbito espiritual. Próximo ao Terceiro Milênio ... As pessoas, pressionadas por necessidade físicas, financeiras, emocionais e principalmente espirituais, correm sem cautela e o devido discernimento, atrás de alternativas que de forma imediatista, lhes proporcionem alívio... O que mais interessa par muitos é a busca interior, a sinceridade, a fé e a dedicação ao que se busca, mesmo que tal coisa a ser buscada esteja longe dos princípios e padrões estabelecidos por Deus, em Sua Palavra”. ³

3- PRECISAMOS DEFENDER A NOSSA FÉ:
O servo de Deus deve estar cingido com a verdade, com a couraça da justiça, as sandálias do evangelho da paz, o escudo da fé, o capacete da salvação e a espada do Espírito que é a Palavra de Deus (Efésios 6.14-17). “Retendo firme a fiel palavra, que é conforme a doutrina, para que seja poderoso, tanto para admoestar com a sã doutrina, como para convencer os contradizentes” (Tito 1.9).
O apóstolo Paulo foi chamado a evangelizar e não se envergonhava disso (Romanos
1.16
), mas também disse que Deus o chamou para defender o evangelho de Cristo
(Filipenses 1.16). Paulo disse para julgarem suas palavras (I Coríntios 10.15) e orientou os Coríntios dizendo: “o que é espiritual julga todas as coisas” (I Coríntios 2.15).
Um forte argumento sincretista é que ‘não devemos julgar para não sermos julgados’ (Mateus 7.1), mas nesse texto Jesus não estava proibindo todo e qualquer julgamento, pois no v.15 diz: “acautelai-vos dos falsos profetas”. Como podemos nos acautelar sem discernir quem são os falsos profetas? “Portanto, pelos seus frutos os conhecereis” (Mateus 7.20).
Não devemos julgar no sentido de condenar, mas fomos chamados para ser luz e fazer diferença entre as trevas e a luz de Cristo. Por isso o apóstolo Paulo ensinou o equilibro para “Julgai todas as coisas e retenha o que é bom” (I Tessalonicenses 5.21).

4- A BÍBLIA É A NOSSA ÚNICA FONTE DA VERDADE:
Para saber quem é quem, é preciso ter um padrão correto de julgamento e o mais perfeito padrão é a Bíblia. Jesus orou dizendo: “Santifica-os na verdade; a Tua Palavra é a verdade” (João 17.17).
Precisamos ler muito a BÍBLIA porque “examinai as Escrituras porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim” (João 5.39) e podemos ler também literaturas que contenham as palavras da BÍBLIA, mas de acordo com “à lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, nunca lhes raiará a alva” (Isaías 8.20).
A igreja protestante tem por princípio crer na Bíblia como única regra de fé e prática, por isso tem suas doutrinas firmadas primeiramente na Palavra de Deus.

A verdade está em Jesus!
-CONCLUSÃO:
Popularmente se diz que todas as religiões são boas e falam de Deus. Mas, o que andam falando de Deus? Será que tudo o que falam de Deus é bom? Jesus concordava com todas as religiões? O que a Bíblia diz sobre as outras formas de culto? A palavra de Deus diz “Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem das trevas luz, e da luz trevas; e fazem do amargo doce, e do doce amargo!” (Isaias 5.20).
Precisamos estar atentos para não sermos enganados porque “não é de se admirar, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz” (II Coríntios 11.14).
Cuidado para não ser enganado!



¹ FERREIRA, Aurélio B. H. Minidicionário da Língua Portuguesa, Editora Nova Fronteira, Rio de Janeiro, 2001,? Edição página 439
² Revista Educação Cristã: Entendendo as religiões Hoje, Vol. VIII, SOCEP, São Paulo, página 7.
³ BARRETO Jonas Mendes. Tirando as coisas abomináveis de nossas casas. Série: Da Bíblia para a Vida. Ephatá Produções, Belo Horizonte, 1998, página 22 e 23.
Citações Bíblicas: Bíblia Revista e Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil.

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões.
Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodista de São Paulo.
Pós Graduação em Filosofia pela ISEIB - Instituto Superior de Educação Ibituruna.
Licenciatura em Letras pela ISEED - Instituto Educacional Elvira Dayrell.
Extensão em Grego Bíblico pela MACKENZIE - CPAJ.
Siga Google+.

0 COMENTE!:

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.