Tempero para Cilada

-Tema: VIDA CRISTÃ

 “Armam ciladas contra mim os que tramam tirar-me a vida; os que me procuram fazer o mal dizem coisas perniciosas e imaginam engano todo o dia”. Salmo 38.12
-Introdução: Você já caiu em uma armadilha? Como é terrível perceber que está sendo enganado. Precisamos pedir a Deus que nos dê discernimento e sabedoria para lidar com situações ardilosas (Hebreus 12.1).
O trocadilho com a palavra ‘cilada’ no lugar de ‘salada’ nos chama atenção que devemos ter uma vida temperada diante das crises e perigos que enfrentamos no dia a dia. Às vezes o mundo prepara uma ‘salada’ de problemas, misturando as coisas para tentar nos enganar.

Como sair de uma cilada?

Vamos ilustrar com elementos de um tempero para meditar sobre como se livrar de armadilhas:

1- ÁGUA = Santificação

Hebreus 10.22 “aproximemo-nos, com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo o coração purificado de má consciência e lavado o corpo com água pura”.
A primeira coisa que fazemos para preparar uma salada é lavar as verduras. Muitos usam vinagre para purificar dos germes, mas a água é essencial. Do mesmo modo, diante de uma cilada, devemos nos preocupar em se manter limpo e não se contaminar com a maldade.
Para vencer as ciladas, devemos pedir a Deus é que nos purifique a mente e o coração de toda malícia (Hebreus 12.15).  Jesus nos avisou: “eis que eu vos envio como ovelhas para o meio de lobos; sede, portanto, prudentes como as serpentes e símplices como as pombas (Mateus 10.16). Então não precisamos ficar armados contras as pessoas, mas estar apenas atento contra as “ciladas do diabo” (Efésios 6.11).
Um exemplo disso foi Mordecai, que se manteve puro o tempo todo, mesmo diante das armadilhas de Hamã, que foi enforcado na forca que preparou para Mordecai (Ester 7.9,10).
Muitas vezes as pessoas armam situações somente com o objetive de sujar alguém que está limpo. Por isso, precisamos estar vigilantes para não ceder à tentação de nos rebaixar ao nível do pecado.
Peça a Deus que purifique a sua vida!

2- AZEITE = Unção

Eclesiastes 9.8 “Em todo tempo sejam alvas as tuas vestes, e jamais falte o óleo sobre a tua cabeça”.
Uma segunda coisa que pode ser feita no preparo da salada é colocar azeite. O azeite aprimora o sabor das verduras e legumes.
O azeite representa a unção de Deus que nos cura e prepara para vencer tudo (Salmo 133.2). Através da unção somos capacitados a vencer o inimigo e desfazer todo mal (Isaías 61.1,2). Sem a unção, estaríamos desprotegidos.
Um exemplo disso foi Davi, que recebeu uma unção de Deus e foi perseguido por Saul, mas Davi sempre escapava de suas setas (I Samuel 19.9,10). Davi sabia que se intentasse contra Saul, poderia perder a sua unção (I Samuel 26.6 e 9).
O inimigo tenta muitas vezes contra nossas vidas para retirar a unção que recebemos de Deus, pois sabe que através do pecado, o poder é perdido (Eclesiastes 10.1). Então devemos estar atentos quanto a situações que são armadas para nos fazer perder a unção. Lute em oração e espiritualmente (Efésios 6.12).
A unção de Deus protege a sua vida contra ciladas!

3- SAL = Testemunho

Colossenses 4.6 “A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um”.
A terceira coisa que acrescentamos à salada é o sal. O tempero é essencial para tornar o paladar mais agradável.
Este sal representa o testemunho de vida cristã ensinado por Jesus ao dizer “vós sois o sal da terra” (Mateus 5.14). Muitos cristãos sinceros põem tudo a perder quando são provocados, caindo em armadilhas que servem para atrapalhar o seu bom testemunho.
Um bom exemplo disso foi Daniel e seus amigos que fizeram propósito de se manter puros diante de Deus (Daniel 1.8). Fizeram um propósito de buscar a Deus e se destacaram como servos do Senhor (Daniel 1.15). Por causa de seu proceder íntegro, aqueles jovens cresceu no império da Babilônia (Daniel 2.48,49), mas foram perseguidos por causa de sua fé (Daniel 3.12), embora não conseguissem encontrar erros em sua vida para acusá-lo, tiveram que armar ciladas (Daniel 6.12).
Devemos tomar muito cuidado com situações que nos colocam em evidência para manchar o testemunho de cristão que levamos. Por isso, quando somos provocados, muitas vezes é melhor não revidar e somente agir debaixo de orientação de Deus (I Coríntios 4.13).
Resguarde seu testemunho de vida agindo como cristão!

Cuidado com as armadilhas!

-CONCLUSÃO: Salmo 141.9 “Guarda-me dos laços que me armaram e das armadilhas dos que praticam iniquidade”.
A oração do salmista nos inspira a pedir a Deus todos os dias, que nos guarde de perigos, tramas, armadilhas ou ciladas. O Deus que vê todas as coisas pode nos mostrar o que é melhor para nossas vidas.
Tome cuidado com as ‘saladas’ do mundo, que mistura tudo para nos fazer ‘engolir’ o pecado junto. Através da santificação (água), da unção (azeite) e do testemunho (sal), você pode vencer situações de risco.

O Senhor te dá livramento de ciladas!

______________________________
Citações Bíblicas: Bíblia Revista e Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil.

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões.
Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodista de São Paulo.
Pós Graduação em Filosofia pela ISEIB - Instituto Superior de Educação Ibituruna.
Licenciatura em Letras pela ISEED - Instituto Educacional Elvira Dayrell.
Extensão em Grego Bíblico pela MACKENZIE - CPAJ.
Siga Google+.

0 COMENTE!:

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.