O que acontece enquanto oramos?

-Tema: ORAÇÃO
“todos perseveravam unânimes em oração...”
Atos 1.14
-Introdução: Quando oramos Deus agem com poder. Podemos ver vários momentos em que Deus responde durante a oração como profetizou Isaías: “e será que antes que clamem eu responderei; estando eles ainda falando eu os ouvirei” (Isaías 65.24). Precisamos estar atentos para perceber a resposta de Deus quando oramos e saber que se a oração se baseia na fé, milagres serão inevitáveis (Hebreus 11.6).

Está esperando a resposta de sua oração?

Vamos refletir sobre orações que foram respondidas imediatamente no livro de Atos:

1- DECISÕES SÃO TOMADAS: Atos 1.24

A escolha de um sucessor para Judas no meio dos apóstolos foi feita em oração. Os apóstolos estavam orando e se lembraram da profecia de que haveria um traidor que deveria ser substituído (Atos 1.15-23). Então oraram e sortearam quem seria o escolhido, segundo uma prática comum na escolha dos turnos de sacerdotes, levitas e demais servidores do templo (I Crônicas 24.5, 31; 25.8 e 26.13). Mas acima de tudo acreditavam que a decisão foi fruto da oração.
Precisamos aprender a orar antes de tomar nossas decisões entregando ao Senhor o nosso caminho primeiro para então receber as demais coisas (Salmo 37.5) e buscar “em primeiro lugar o seu Reino” (Mateus 6.33) para então ser acrescentado o restante. Muitas pessoas tomam as decisões primeiro e oram depois pedindo a bênção de Deus, mas o Senhor deve vir em primeiro lugar. Quando Deus está na frente, todo o restante é abençoado.
 Ore antes de tomar decisões!

2- PERSEVERANÇA: Atos 2.42 

Os discípulos perseveravam na oração. Sabiam que não havia outra forma de manter seu contato com Deus, por isso sempre se reuniam em lugares dedicados à oração (Atos 16.13).
Precisamos buscar esta perseverança para orar “sem cessar” (I Tessalonicenses 5.17) e não apenas ‘quando precisar’. Muitas pessoas só oram quando passam por problemas, mas na verdade precisamos buscar a Deus todo o tempo (Salmo 34.1).
Ore a Deus incessantemente!            

3- PODER: Atos 2.1-4

O resultado da oração incessante da Igreja foi que receberam o poder do Espírito Santo prometido por Jesus (Atos 1.8). A partir de então, a força espiritual da Igreja era impactante ao ponto de orarem e sentir tremer o local que estavam reunidos (Atos 4.31). Outras igrejas como a de Samaria, que ainda não conheciam o Espírito Santo, recebiam o seu poder através da oração dos apóstolos (Atos 8.14-17).
A oração é o maior poder da Igreja. A Igreja Primitiva era marcada pela oração incessante. Essa era a rotina dos primeiros cristãos: enfrentar os desafios com a arma da oração e ver milagres acontecerem. Por isso precisamos buscar esta unção que nos capacita.
A oração te fortalece com poder!

4- CURA: Atos 3.1-8

Quando Pedro e João iam ao templo para orar, encontraram um paralítico na porta e este homem foi curado. Interessante que nem tinham orado ainda e Deus já os abençoou. Paulo orou pela cura de um homem chamado Públio que o hospedara (Atos 28.7-10). Muitos outros milagres aconteceram pela intercessão da Igreja.
Se queremos ver maravilhas em nossas vidas precisamos orar e nos consagrar (Josué 3.5). A igreja precisa de intercessores. Existe muita gente enferma que precisa de oração. Temos a tarefa e privilégio de orar e ungir para curar as pessoas (Tiago 5.14).
 Quando oramos acontecem curas!            

5- CHAMADO: Atos 6.3-6 

Os diáconos foram escolhidos por meio de uma eleição segundo os princípios estabelecidos para homens de Deus íntegros e cheios do Espírito Santo. Tudo foi feito com oração e imposição de mãos dos apóstolos. Também foi em oração que enviavam missionários para pregar o evangelho (Atos 13.1-3). Os líderes da Igreja só eram escolhidos “depois de orar” (Atos 14.23).
Quando oramos Deus nos chama. Jesus mandou “rogai ao Senhor da seara que mande mais trabalhadores para a sua seara” (Mateus 9.38). Tudo começa através da oração. Foi assim com Isaías quando disse “eis-me aqui, envia-me a mim” (Isaías 6.8) e foi consagrado um profeta. Para ser usado por Deus é preciso dedicar tempo em oração.
Quando oramos recebemos o chamado de Deus!

6- PERDÃO: Atos 7.54-60

Estêvão foi o primeiro mártir da Igreja. Morreu por sua fé. Enquanto lançavam pedras sobre ele, mesmo assim conseguiu forças para se ajoelhar e orou ao Senhor pedindo que perdoasse seus assassinos (Atos 6.40). Seguiu o exemplo de Jesus em sua morte e também na sua oração na cruz pedindo que nos perdoasse (Lucas 23.34). Saulo estava entre os que ouviram a oração de Estêvão (Atos 7.58,60 e 22.20). Deus ouviu o pedido de Estêvão e salvou Saulo.
Jesus ensinou que quando oramos devemos perdoar e pedir perdão (Mateus 6.12 e 14). Por isso é importante abrir o coração diante de Deus e confessar nossas mágoas e interceder por aqueles que nos ofendem (Mateus 5.44). Ao fazer isso o Senhor alivia nosso coração e nos ajuda a liberar o perdão. Além disso não podemos deixar de confessar nossos pecados em oração (I João 1.7).
Quando oramos Deus nos perdoa!

7- SALVAÇÃO: Atos 9.11

Saulo teve um encontro com Jesus onde viu uma forte luz que lhe cegou os olhos por três dias (Atos 9.1-9). No momento em que Saulo estava orando, Deus mandou o discípulo Ananias ir ao seu encontro orar com ele porque Saulo estava orando. Ao chegar na casa, Ananias impôs as mãos sobre Saulo que estava de joelhos e Deus lhe curou a vista (Atos 9.17,18).
Muitas pessoas estão nas trevas porque ainda não conhecem a Jesus e precisam de nossa intercessão para que o Espírito Santo trabalhe em seus corações convencendo-os do pecado (João 16.8-11). Devemos ser intercessores daqueles que ainda não conhecem a Jesus.
Quando oramos pessoas são salvas! 

8- RESSURREIÇÃO: Atos 9.36-43

Uma discípula chamada Dorcas havia morrido. Era uma mulher conhecida por sua caridade para com os necessitados. Pedro foi até a cidade de Jope onde ela estava e orou de joelhos declarando que se levantasse (v.40). Dorcas ressuscitou naquele cenáculo que era um lugar de oração (v.39).
Muitas pessoas estão mortas por causa do pecado (Efésios 2.1), mas Jesus quer salvar e dar nova vida (Efésios 2.5). Através da oração a vida é levada àqueles que precisam de uma nova chance. Onde chega a vida a morte tem que sair.
A oração leva a vida onde havia morte!

9- REVELAÇÃO: Atos 10.1-16

Cornélio era um homem importante, um centurião da coorte italiana. Deus lhe deu uma visão onde um anjo lhe aparece dizendo que “tuas orações e tuas esmolas subiram para memória diante de Deus” (Atos 10.5). Recebeu ordens do anjo para chamar Pedro em Jope (v.5,6). Pedro também tem uma visão (Atos 10.9-16) onde Deus lhe mostra que deveria aceitar o convite de Cornélio (Atos 10.17-22).
Quando oramos Deus revela coisas maravilhosas para nossas vidas. Os seus planos de paz são mostrados para nós (Jeremias 29.11) e descobrimos seus caminhos que são mais altos (Isaías 55.9,10). Por isso precisamos orar, pois “invoca-me e te responderei e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas que não sabes” (Jeremias 33.3). Se você precisa de uma resposta de Deus, busque ao Senhor que te revelará os seus propósitos.
Quando oramos Deus se revela!

10- LIBERTAÇÃO: Atos 12.1-5

Pedro foi preso por Herodes, “mas havia oração incessante a Deus por parte da igreja a favor dele” (Atos 12.5). Deus enviou um anjo para libertar Pedro milagrosamente (Atos 12.6-8). Logo que se viu livre, Pedro foi imediatamente para o lugar “onde muitas pessoas estavam congregadas e oravam” (Atos 12.12). Também foi em oração que Saulo e Silas foram libertos da prisão quando “oravam e cantavam louvores” (Atos 16.25,26) e aconteceu um terremoto que rompeu as cadeias.
Através da oração pessoas são libertas das prisões espirituais (Atos 16.16). Muitas vidas estão oprimidas e sofrendo precisando conhecer a vida abundante que Jesus tem para nos dar (João 10.10).
Quando oramos acontece libertação!

11- EVANGELIZAÇÃO: Atos 16.13

Paulo recebeu de Deus uma visão de que deveria ir para a Macedônia pregar o evangelho (Atos 16.6-10). Quando chegaram a Filipos foram para junto do rio, onde nos pareceu haver um lugar de oração” (v. 13). Foi neste local dedicado à oração que iniciaram a obra missionária na Macedônia alcançando muitas outras cidades da Grécia e Europa.
A obra evangelística depende da oração. Se não houver oração parece que as cosias ficam travadas até que Deus mostre sua vontade e direção (Atos 16.6,7). A oração prepara o terreno dos corações para receber a semente da Palavra (Marcos 4.20) e conduz os missionários (Mateus 9.38).
A oração nos prepara para evangelizar!

12- LIVRAMENTO: Atos 22.17-21

Paulo testemunha que enquanto orava Deus lhe revelou que os seus inimigos estavam tramando para mata-lo e o Senhor o garantiu que seria protegido. Paulo recebeu vários livramentos como quando ia ser açoitado e se revelou cidadão romano (Atos 22.25-29), quando a multidão queria linchá-lo e foi protegido por um exército (Atos 23.10 e 23), quando fugiu da cidade de Damasco por um cesto descendo da muralha (Atos 9.23 e II Coríntios 11.33), em um naufrágio que sobreviveu (Atos 27.1-44) e de uma picada de cobra (Atos 28.1-6).
Quando oramos Deus nos dá livramentos de perigos e armadilhas. Nos salva de todo mal e nos protege com sua mão poderosa. Os filhos de Deus são guardados pelo Senhor o tempo todo (Salmo 121.1-6).
Quando oramos recebemos livramento!

Nunca pare de orar!

-CONCLUSÃO:

Não podemos dimensionar quantas coisas Deus faz através da oração. John Wesley dizia que “Deus não faz nada a não ser em resposta à oração”. Com isso entendemos que o Senhor está esperando nossa oração para realizar seus milagres (Isaías 59.1).
Tudo pode ser mudado pela oração!

______________________________

Citações Bíblicas: Bíblia Revista e Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil.

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões.
Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodista de São Paulo.
Pós Graduação em Filosofia pela ISEIB - Instituto Superior de Educação Ibituruna.
Licenciatura em Letras pela ISEED - Instituto Educacional Elvira Dayrell.
Extensão em Grego Bíblico pela MACKENZIE - CPAJ.
Siga Google+.

6 comentários:

  1. Paz. Muito bom esse estudo, as vezes deixamos de perceber o quanto a oração envolve poder de Deus. Obrigada por se deixar ser guiado pelo Espírito Santo. Eu so nao entendo ainda porque Deus quer que oremos pra Ele revelar seu poder.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom este estudo. gostei é uma bênção

    ResponderExcluir
  3. Msgm muito rica. Maravilhosa
    Past Emília

    ResponderExcluir
  4. Eu gosto muito de ler seus estudo aprendo muito graças a Deus

    ResponderExcluir

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.