Entendendo o Não de Deus

-Tema: MOTIVACIONAL  

Salmos 116.1
“Amo o senhor, porque ele ouve a minha voz e as minhas súplicas”
-Introdução: Deus promete ouvir a nossas orações, mas a sua resposta depende da situação. No Antigo Testamento os sacerdotes tinham duas pedras chamadas Urim e Tumim que eram usadas como sinal de resposta das orações (Êxodo 28.30). Possivelmente uma dessas pedras seria o sim e outra o não.
Deus pode dizer: ‘sim’, ‘não’ ou ‘espera’. Quando Deus diz sim é muito fácil de aceitar. Quando diz para esperarmos ficamos confiantes no Senhor. Mas e quando Deus diz não? Precisamos entender e aceitar também o não de Deus (Jó 1.21 e 2.10).
Como é o não de Deus?
a)    Por um propósito
b)    Pode ser temporário
c)    Com um motivo específico
Deus pode dizer não porque é Soberano sobre tudo (Atos 4.24) e sabe o que é melhor para nós em sua “boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12.2). Precisamos aceitar pela fé a resposta do Senhor e obedecer.

Como entender o não de Deus?

Vamos aprender com o exemplo de quatro pessoas que receberam o não do Senhor em uma oração e entenderam:


1- Moisés entendeu o não de Deus com ESPERANÇA:

Deuteronômio 34.4 “Disse-lhe o senhor: Esta é a terra que, sob juramento, prometi a Abraão, a Isaque e a Jacó, dizendo: à tua descendência a darei; eu te faço vê-la com os próprios olhos; porém não irás para lá”
-Qual foi o não de Deus: não entraria na Terra Prometida.
-Porque Deus disse não: porque Moisés se irou e faltou confiança.
-Como reagiu para entender: Moisés buscou esperança de que o povo ganharia a promessa.
O não de Deus para Moisés foi que ele não entraria em Canaã. Moisés foi chamado por Deus para tirar o povo da escravidão do Egito e levar para uma Terra Prometida. Em um momento em que faltou água para o povo no meio do caminho, Deus mandou Moisés ordenar que brotasse água da rocha, mas Moisés se irou e bateu duas vezes na pedra, por isso Deus disse que ele não entraria na Terra Prometida (Números 20.2-13). Mesmo assim Moisés continuou guiando o povo e dando esperança de que um dia entrariam em Canaã.
Uma forma de entender o não de Deus é buscando esperança para o futuro. Muitas vezes agimos sem sabedoria e num momento de ira perdemos nossa bênção, mas precisamos confiar mais no Senhor.
Entenda o Não de Deus com ESPERANÇA!

2- Davi entendeu o não de Deus com TRABALHO:

I Crônicas 22.8 “Porém a mim me veio a palavra do Senhor, dizendo: Tu derramaste sangue em abundância e fizeste grandes guerras; não edificarás casa ao meu nome, porquanto muito sangue tens derramado na terra, na minha presença”
-Qual foi o não de Deus: não poderia construir o templo para Deus.
-Porque Deus disse não: porque Davi derramou sangue em guerras.
-Como reagiu para entender: Davi preparou tudo para a construção.
O rei Davi tinha o sonho de construir uma Casa para Deus, mas o Senhor lhe disse que não poderia fazer isso porque era um ‘homem de sangue’, que em suas batalhas havia ferido muitas pessoas. Mesmo assim Davi preparou tudo para a construção do templo, desde a planta, materiais e pessoas para a obra (I Crônicas 22.1-5 e 14-19). Através de seu trabalho Davi superou o não do Senhor.
Em nosso dia a dia entramos em muitas batalhas e acabamos ferindo pessoas, o que atrasa o propósito de Deus para nossas vidas, visto que ficamos despreparados. Mas Deus vê o nosso trabalho e sabe que quando fazemos para Deus não é em vão (I Coríntios 15.58). Precisamos continuar fazendo o bem sempre esperando a recompensa do Senhor (Gálatas 6.9).
Entenda o Não de Deus com TRABALHO!

3- Paulo entendeu o não de Deus com a GRAÇA:

II Coríntios 12.9 “Então, ele me disse: A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, mais me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo”
-Qual foi o não de Deus: não seria tirado o espinho na carne.
-Porque Deus disse não: para que Paulo não se orgulhasse.
-Como reagiu para entender: Paulo confiou na Graça de Deus.
Paulo tinha um problema que chamou de ‘espinho na carne’. Embora não sabemos exatamente o que é, ele deixa claro que era algo ou alguém que o incomodava muito, causando-lhe sofrimento. Por três vezes Paulo orou pedindo a Deus que tirasse isso dele, mas o Senhor disse que não tiraria devido à sua fraqueza de se ensoberbecer (II Coríntios 12.7-9). Antes de se converter, Saulo era um homem muito cheio de si e poderia voltar a se orgulhar. Deus disse para Paulo que a sua Graça seria o suficiente para que suportasse a dificuldade. Paulo aceitou a vontade de Deus e confiou na Graça do Senhor (II Coríntios 12.10).
Deus nos conhece muito bem e sabe o que pode acontecer conosco, principalmente as mazelas de nossa alma. Às vezes Deus nos priva de algo porque sabe que podemos envaidecer e afastar do Senhor. Muitas pessoas quando prosperam se esquecem de Deus. Mas quando confiamos na Graça Divina, o Senhor supre tudo o que nos falta.
Entenda o Não de Deus confiando em sua Graça!

4- Jesus entendeu o não de Deus com a CRUZ:

Mateus 26.42 “Tornando a retirar-se, orou de novo, dizendo: Meu Pai, se não é possível passar de mim este cálice sem que eu o beba, faça-se a tua vontade”
-Qual foi o não de Deus: Jesus precisava enfrentar a cruz.
-Porque Deus disse não: porque era um propósito de Deus.
-Como reagiu para entender: com oração e aceitando a cruz.
Na noite anterior à sua crucificação Jesus orou duas vezes pedindo ao Senhor que o livrasse da dor do sacrifício de cruz (Mateus 26.39 e 42). Mas Jesus mesmo sabia que tudo fazia parte de um grande propósito para a salvação da humanidade e que ressuscitaria. Então levou a cruz suportando a dor da crucificação e ressuscitou ao terceiro dia, recebendo toda autoridade e poder.
O não de Deus pode fazer parte de um grande propósito do Senhor para nós. Mesmo que seja difícil como levar a cruz, precisamos aceitar o não do Senhor e nos conformar com a vontade de Deus. Jesus disse que devemos levar a nossa cruz todos os dias (Marcos 8.34-38). A cruz é o maior sinal de um propósito de Deus para nossas vidas.
Entenda o Não de Deus tomando a sua CRUZ!

Entenda o não de Deus!


-CONCLUSÃO:
II Coríntios 1.20 “Porque quantas são as promessas de Deus, tantas têm nele o sim; porquanto também por ele é o amém para glória de Deus, por nosso intermédio”
As promessas da Palavra de Deus têm o SIM do Senhor para nossas vidas. Se pedirmos algo a Deus segundo a sua vontade podemos esperar no Senhor que um dia receberemos o melhor.
Deus pode dizer não devido a um erro nosso como com Moisés que se irou, Davi que feriu muitas pessoas, Paulo que tinha uma fraqueza de se orgulhar ou como o Senhor Jesus que sofreu por um propósito de Deus.
Podemos entender o Não de Deus através da Esperança em sua bondade, através do Trabalho nos dedicando para um futuro melhor, com a Graça de Deus que nos sustentante e levando a nossa Cruz que é o propósito do Senhor para nossas vidas.
Se você orou por algo e o Senhor disse não, confie que o melhor de Deus para sua vida não falhará. Persevere no Senhor caminhando sempre adiante e um dia o propósito de Deus se cumprirá em sua vida.

O Não de Deus pode ser o melhor para você!

______________________________
Citações Bíblicas: Bíblia Revista e Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil.

Pr. Welfany Nolasco Publicado por Pr. Welfany Nolasco

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões.
Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodista de São Paulo.
Pós Graduação em Filosofia pela ISEIB - Instituto Superior de Educação Ibituruna.
Licenciatura em Letras pela ISEED - Instituto Educacional Elvira Dayrell.
Extensão em Grego Bíblico pela MACKENZIE - CPAJ.
Siga Google+.

2 comentários:

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto
Pastor Metodista, nascido em 13 de junho de 1979 em Muriaé/MG, casado com Ássima Clemente Rodrigues e pai do Heitor.

Pregações por email

Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.