Ads top

O Trilho do Discipulado

-Tema: DISCIPULADO   

João 14.6 “Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim”

-Introdução: Quais são os passos para o discipulado cristão? Existe um trilho orientador que nos aponte a direção para a vida cristã. As palavras: Novo Nascimento, Conversão, Santificação e Missão expressam a doutrina bíblica do discipulado cristão de forma simples e completa.
João Wesley falou sobre isso no sermão 43 – O Caminho Bíblico para a Salvação, onde utiliza expressões bíblicas para orientar a busca pela vida abundante em Cristo. Baseado nos princípios bíblicos e no ensinamento de João Wesley podemos entender qual seria o trilho do discipulado.
Um grande engano é pensar que por estar na Igreja a pessoa já está salva. O crente deve crescer espiritualmente (Filipenses 2.12). Ninguém nasce pronto, precisa se alimentar e crescer. A vida espiritual precisa de desenvolvimento.

Qual é o trilho do Discipulado?

Podemos compreender este crescimento espiritual em quatro etapas, baseados no evangelho de João e nos ensinos de João Wesley:


1) NOVO NASCIMENTO: 

João 3.3 “...Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus”
O Novo Nascimento acontece quando a pessoa aceita a Jesus como seu Senhor e Salvador (João 3.7) e se torna uma “Nova Criatura, as coisas velhas já passaram, eis que tudo se fez novo” (II Coríntios 5.17).  Neste encontro com Deus, sua vida é transformada.  
João Wesley fala sobre este primeiro passo como primeiro requisito para a Salvação. No sermão 43, O Caminho Bíblico para a Salvação, Wesley utiliza os termos “nascer de novo” “nascidos novamente; nascido alto; nascido do Espírito” (4x), “experiência” (6x), “renovado” (3x), para falar sobre o Novo Nascimento.

2) CONVERSÃO: 

João 8.32 “conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”
A Conversão é uma mudança de direção. Antes estava voltado para o mundo e de costas para Deus (Isaías 55.6,7). Agora se volta para Deus e foge do mundo, da carne e do pecado. A conversão é um processo que exige perseverança até que aconteça uma completa Libertação (João 8.32).
No sermão 43, O Caminho Bíblico para a Salvação, João Wesley insiste na necessidade de “arrependimento” (19x) e explica sobre a “justificação” (33x), que é a transformação da vida de uma pessoa quando conhece a Jesus, perdoada de seus pecados.

3) SANTIFICAÇÃO: 

João 17.17 “Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade.”
A santificação é uma busca constante por fazer a vontade de Deus (João 17.17). A Santificação acontece quando o cristão perde o prazer pelo pecado e mesmo sendo pecador, deseja ansiosamente viver em santidade. O jejum, a oração, leitura da Palavra e exercícios como amor e perdão são imprescindíveis para a santificação.
A Palavra “santificação” era uma das mais usadas por João Wesley, em seu sermão 43, O Caminho Bíblico para a Salvação, utiliza 34 vezes, além do termo “regeneração”, que também expressa o mesmo significado. Este era o tema central da pregação wesleyana, sendo o alvo maior de suas mensagens.

4) MISSÃO: 

João 20.21 “...Assim como o Pai me enviou, eu também vos envio..”
A Missão é a continuidade desta escada do crescimento espiritual. Todo cristão tem a missão de levar outras almas a Cristo (Mateus 28.18-20). A missão acontece através da Evangelização e do Discipulado. Quem se converte e busca a santificação, mas não se ocupa com a obra missionária, sua vida espiritual tende a se estagnar e decrescer com o tempo. Uma diferença entre uma criança e um adulto é que a criança brinca e o adulto deve trabalhar. Do mesmo modo deve ser a vida cristã. Uma pessoa madura espiritualmente se ocupa em serviço missionário.
A respeito da Missão, João Wesley fala no sermão 43, O Caminho Bíblico para a Salvação a respeito de “frutos” (9x), tanto na vida pessoal como no serviço cristão, que são as “obras” (19x), que o cristão deve realizar como resultado de sua salvação.

Seja discípulo e faça discípulos!

CONCLUSÃO:
João Wesley dizia que “não temos outro negócio nesta terra a não ser ganhar almas”. A razão de ser da Igreja é pregar e viver o evangelho. Por isso, é preciso desenvolver a salvação (Filipenses 2.12) procurando amadurecer espiritualmente com objetivo de atingir a “estatura de Cristo” (Efésios 4.13). 
Em muitas igrejas onde se trabalham o discipulado cristão, usam-se os termos: Ganhar, Consolidar, Treinar e Enviar. Mas existem as bíblicas Novo Nascimento, Conversão, Santificação e Missão podem ser aplicadas com o mesmo significado e nos ajudar a entender os passos do discipulado cristão.
O caminho que Jesus nos ensinou aponta para o discipulado, cuidar de vidas e ensinar o evangelho de Cristo. Este se torna um ciclo na vida cristã porque o discipulador conduz vidas ao Novo Nascimento, caminha com a pessoa no processo de Conversão, busca juntamente a Santificação e prepara para o envio em Missão.

______________________________
Citações Bíblicas: Bíblia Revista e Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil.
Sermão 43 de John Wesley, O Caminho Bíblico para Salvação

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.