Escolhas da Vida

Tema: ESTUDO BÍBLICO  

estudo bíblico provérbios 12 pregação escolhas da vida

Provérbios 12

Introdução: O capítulo doze de Provérbios dá continuidade à série de comparações iniciada no capítulo décimo. Desta vez a ênfase está nas escolhas que fazemos em nossas vidas. Cada decisão que tomamos define o rumo que vamos seguir.

Um ditado popular diz: “a semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória”, deixando claro que somos livres para escolher, mas depois não podemos mudar as consequências.


 


Esboço de Provérbios 12:

12.1-13: Atitudes

12.14-20: Palavras

12.21-28: Valores


Qual a sua escolha?

Vamos refletir sobre as escolhas da vida:

 

1- Escolha de ATITUDES: Provérbios 12.1-13

1 Quem ama a disciplina ama o conhecimento, mas o que odeia a repreensão é tolo.

2 Quem faz o bem alcança o favor do Senhor, mas aquele que tem más intenções, este o Senhor condena.

3 Ninguém se estabelece pela maldade, mas a raiz dos justos não será removida.

4 A mulher virtuosa é a coroa do seu marido, mas a que envergonha o marido é como podridão nos seus ossos.

5 Os pensamentos dos justos são retos; os conselhos dos ímpios são falsos.

6 As palavras dos ímpios são emboscadas para derramar sangue, mas a boca dos retos salva da morte.

7 Os ímpios são derrubados e desaparecem, mas a casa dos justos permanecerá.

8 Cada um será louvado segundo o seu entendimento, mas quem tem coração perverso será desprezado.

9 Melhor é ser modesto e fazer o seu trabalho do que engrandecer a si mesmo e não ter o que comer.

10 O justo cuida dos seus animais, mas o coração dos ímpios é cruel.

11 O que lavra a sua terra terá pão em abundância, mas quem corre atrás de coisas sem valor não tem juízo.

12 O ímpio quer viver do que caçam os maus, mas a raiz dos justos produz o seu fruto.

13 Os maus se enredam na transgressão daquilo que falam, mas os justos escaparão da angústia.


As atitudes são a primeira escolha que fazemos em nossas vidas.

Podemos optar entre:

Bondade: escolher coisas boas e ter reações positivas, intenções boas e desejar ou sentir o bem.

Maldade: escolher coisas ruins, com reações negativas, más intenções ou malícia.


As nossas atitudes são voluntárias, movidas pela vontade. Quando agimos positivamente colhemos bons resultados. Uma reação negativa desencadeia em processos que formam um círculo vicioso de coisas ruins. Precisamos tomar cuidado com nossas ações e intenções. Mesmo uma atitude que aparentemente seja boa, pode ter na verdade uma intenção negativa oculta.

Cuidado com as escolhas de suas atitudes!

 

2- Escolha de PALAVRAS: Provérbios 12.14-20

14 Cada um se farta de bem pelo fruto daquilo que diz, e o que as suas mãos fizerem, isso receberá de volta.

15 O caminho do insensato parece reto aos seus olhos, mas o sábio ouve os conselhos.

16 O insensato mostra logo a sua ira, mas o prudente ignora os insultos.

17 Quem diz a verdade favorece a justiça, mas a testemunha falsa está a serviço da fraude.

18 Palavras precipitadas são como pontas de espada, mas as palavras dos sábios são remédio.

19 Os lábios que falam a verdade permanecem para sempre, mas a língua mentirosa desaparece num instante.

20 Há fraude no coração dos que planejam o mal, mas os que aconselham a paz têm alegria.


As palavras são o segundo tipo de escolha que fazemos em nossas vidas.

Podemos optar entre:

Verdade: dizer sempre o que é verdadeiro.

Mentira: reproduzir palavras que não são verdadeiras.


Falar a verdade é uma decisão muito importante e difícil em muitos momentos. Em um mundo cercado por fakes, ilusões, mentiras e corrução, a verdade nem sempre é vista de forma correta. Muitas pessoas estão enganadas pelas mentiras deste mundo. Jesus disse que é “o caminho, a verdade e a vida” (João 14.6) e que a “verdade vos libertará” (João 8.32). Já o diabo é o “pai da mentira” (João 8.44), por isso um cristão precisa falar sempre o que é verdadeiro, mas sempre com amor (Efésios 4.15). Alimente sua vida da verdade porque “a boca fala do que o coração está cheio” (Lucas 6.45), se você começar a ouvir mentiras logo estará reproduzindo as mesmas.

Cuidado com as escolhas de suas palavras!

 

3- Escolha de VALORES: Provérbios 12.21-28

21 Nenhuma desgraça sobrevirá ao justo, mas os ímpios, o mal os apanhará em cheio.

22 Senhor detesta lábios mentirosos, mas aqueles que praticam a verdade são o seu prazer.

23 Aquele que é prudente oculta o conhecimento, mas o coração dos insensatos proclama a tolice.

24 O homem esforçado dominará, mas o preguiçoso ficará sujeito a trabalhos forçados.

25 A ansiedade no coração pode abater alguém, mas uma boa palavra traz alegria.

26 O justo serve de guia para o seu companheiro, mas o caminho dos ímpios os leva a andar errantes.

27 O preguiçoso não assará a sua caça, mas o bem precioso do homem é ser esforçado.

28 Na vereda da justiça está a vida, e neste caminho não há morte.


Os valores são a terceira escolha que fazemos em nossas vidas.

Podemos optar entre:

Justiça: valores que são justos segundo a vontade de Deus.

Injustiça: valores injustos porque prejudicam pessoas.


Os valores significam o sentido que damos às coisas, pessoas e tudo ao nosso redor, representando o quanto valorizamos algo. Infelizmente o mundo tem torcido os valores e significados. A injustiça tem cercada a sociedade de todos os lados, de forma que parece que não temos alternativas. Até mesmo cristãos são perseguidos ou então cedem às corrupções deste mundo. Na verdade, ninguém pode dizer que é justo, porque todos somos pecadores (Romanos 3.23). Mas Jesus é quem nos justifica e perdoa nossos erros corrigindo nossas vidas para seguir a justiça revelada na vontade de Deus em sua Palavra. Fazer escolhas pela justiça é possível quando procuramos saber se o que vamos fazer pode ou não prejudicar alguém (Mateus 7.12).

Cuidado com as escolhas de seus valores!

 

Faça boas escolhas!

CONCLUSÃO

Provérbios 12.14 “Cada um se farta de bem pelo fruto daquilo que diz, e o que as suas mãos fizerem, isso receberá de volta.”

O décimo segundo capítulo de Provérbios nos ensina sobre as Escolhas da Vida, em nossas atitudes se são boas ou más, nossas palavras se são verdadeiras ou falsas e nossos valores se são justos ou injustos, nos ensinando a fazer boas escolhas com Sabedoria.


Lições em Provérbios 12:

12.1-13: Ações: bondade ou maldade

12.14-20: Palavras: verdade ou falsidade

12.21-28: Valores: justiça ou injustiça

Antes de tomar uma decisão, tanto em ações, palavras e os valores de sua vida, busque a orientação de Deus que o ajudará a seguir a direção certa.

Cuidado com suas escolhas!

 

Veja mais em:

Projeto Sabedoria - Estudos de Provérbios

 

______________________________

Citações BíblicasBíblia NAA - Nova Almeira Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil

Rev. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista. 44 anos. Casado com Ássima, pai de Heitor e Hadassa. Natural de Muriaé MG. Bacharel em Teologia pela UMESP.

Postagem Anterior Próxima Postagem

 pregações no whatsapp