Para quem você ora?

COMPARTILHE:

5 comentários

-Tema: ORAÇÃO
Lucas 18.9-14
-Introdução: Esta pergunta parece ilógica, mas é necessária, por isso Jesus contou esta parábola do ‘fariseu e do publicano’, ambos oraram, mas qual foi a oração aceita por Deus? A mais bonita? A mais alta? Não! Foi a simples oração do pobre publicano. Quem eram estes?
- Publicano: Era um coletor dos impostos (Zaqueu, Lc 19:2) que eram cobrados numa cidade ou distrito, encarregando-se depois de pagar ao governo uma determinada quantia. Eram muitas vezes culpados de extorsão e desvio de dinheiro público. No tempo do Novo Testamento, estes impostos eram pagos aos romanos e eram vistos pelos judeus como um pesado fardo, por isso quem trabalhava cobrando impostos para Roma era considerado um traidor.
- Fariseu: Fariseu (do hebraico פרושים) é o nome dado a um grupo de judeus devotos à Torá, surgidos no século II a.C.. Criam uma Lei Oral, em conjunto com a Lei escrita, e foram os criadores da instituição da sinagoga. A palavra Fariseu tem o significado de "separados", " a verdadeira comunidade de Israel", "santos". Hoje o termo fariseu é usado para falar de pessoas hipócritas e falsos religiosos.
Como devo orar?
Baseado na experiência desta parábola vamos analisar três tipos de oração e ver qual a melhor forma de orar:

1- Orar de SI PARA SI MESMO: v.11
O fariseu foi ao templo e Jesus disse que ele orava de si para si mesmo, isso significa que falava para si mesmo e não para Deus.
Como saber se estou orando de mim para mim mesmo?
Quando você fala para si e não sente a presença de Deus. Fala mais de si mesmo do que louvando a pessoa de Deus ou intercedendo pelos outros. Quando fala o que pensa e não reflete que há Alguém te ouvindo. Você sente que tem alguém te ouvindo quando você ora ou você simplesmente vai falando sozinho? Orar de si para si mesmo é falar sem pensar, ou pensar falando sem sentir que Deus está te ouvindo, você fala consigo mesmo.
2- Orar de SI PARA OS OUTROS: v.11,12
Aquele fariseu embora orasse de si para si mesmo, também estava orando para os outros. Isso porque queria aparecer, estava em pé, orava alto e bonito e se julgando superior aos outros que estavam por perto.
Como saber se estou orando de mim para os outros?
Quando você não ora sozinho, mas faz oração quando está em público. Ora diferente quando os outros estão ouvindo, levanta mais a voz e usa palavras bonitas. Quando fala coisas para as pessoas ouvirem.
3- Orar de SI PARA DEUS: v.13
Jesus disse que aquele publicano, embora pecador tivesse sua oração aceita por Deus porque ele não orava para si, nem para os outros e simplesmente falava com Deus “sê propício a mim pecador!”.
A oração deste publicano nos mostra algumas coisas que devemos ter para falar com Deus, expostas na expressão corporal dele:
REVERÊNCIA: estando em pé
HUMILDADE: longe, não ousava nem ainda levantar os olhos ao céu
ARREPENDIMENTO: batia no peito
Para falar com Deus é preciso ter reverência, humildade e arrependimento. O primeiro assunto que temos a falar com Deus é o nosso pecado. Isso é falar de si para Deus.
Como saber se estou orando de mim para Deus?
Quando sente a presença do Senhor enquanto fala e percebe que não está falando sozinho ou com outra pessoa. Se estiver sendo humilde, reverente e confessando meus pecados em arrependimento a Deus, estarei verdadeiramente falando com Ele. Porque ninguém fala dos seus pecados para si mesmo ou para outros e sim para Deus.
-CONCLUSÃO: v.14
Ninguém pode se exaltar para si mesmo ou para os outros porque está se enganando. Muito menos diante de Deus que tudo . Pode se humilhar diante do Senhor que Ele te exalta!

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões. Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodsita de São Paulo.
Siga Google+.

5 comentários:

  1. Deus te Abençoe.
    oliveirajanderson2011@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, más nós temos um pequeno problema, não é a oração em sí somente, tem mais alguma coisa como; a justificação perante a Deus, por isso jesus diz que o farizeu não foi justificado, e olha que dava dizimos de tudo quanto possuia, más voce que talvez defenda dizimos vai dizer assim; que o farizeu estava se orgulhando por dar o dizimo, más eu te pergunto; Más Deus não mandou fazer prova dele aqueles que dão dizimos, então foi isso que o farizeu estava fazendo, achando que dar dizimos, jejuar o fazia melhor que ostros? Más Amigo, quem está falando agora é Cristo o Mediador entre Deus e o Homem, não mais dizzimos, agora é Cristo e o evangelho.

    ResponderExcluir
  3. Devemos saber que a oração sem o quebrantamento e sem amor ela não é oração...primeiramente o amor que esta acima de todas as coisas.Vamos amar primeiramente pra que tudo que fomos fazer agrade a Deus principalmente a oração de arependimento.Assinado AMANDA CARQUEIJA

    ResponderExcluir
  4. Quanta duvidas tiradas.
    Pastor você é muito usado pelo Espírito Santo.
    Palavras motivadoras. Glória a Deus!

    ResponderExcluir
  5. Tem a impressão, como no caso de muitos, de que não obtém resposta a suas orações?

    http://estudossobreabibliaonline.blogspot.com.br/2013/06/a-oracao-que-deus-ouve.html

    ResponderExcluir

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.