Encontre uma Pregação

1

O que é ser Cristão?

-Tema: VIDA CRISTà
“Ao verem a intrepidez de Pedro e João, sabendo que eram homens iletrados e incultos, admiraram-se; e reconheceram que haviam eles estado com Jesus”.
Atos 4.13
-Introdução: A palavra ‘cristão’ no grego bíblico, christianos (cristianos)1 se refere aos seguidores de Cristo. O sentido dado primeiramente ao termo era uma forma de ridicularizar os crentes, por sua semelhança com Cristo. O termo está no diminutivo, designando que seriam ‘pequenos cristos’ ou pedacinhos de Cristo2. Os apóstolos eram reconhecidos por terem estado com Jesus e seguir seus ensinamentos. Não se importavam com isso, estando dispostos a morrer como Jesus, para até nisso ser como Cristo (Atos 21.13).
Os seguidores de Jesus foram também denominados: “os do Caminho” (Atos 9.2), “irmãos” (Atos 15.1,23 e I Coríntios 7.12), “discípulos” (Atos 9.26 e 11.29), “crentes” (Atos 5.14), “santos” (Romanos 8.29 e 15.25) e “seita dos nazarenos” (Atos 24.5). Mas o título que permaneceu na história foi o de cristão, herdando o nome de Cristo.
Como ser parecido com Cristo?
Podemos refletir sobre isso, usando as três citações do nome cristão no Novo Testamento:
23

Entendendo o Chamado de Deus

-Tema: MISSÕES
Jeremias 1.4-10
-Introdução: Já teve a sensação de chamar alguém e a pessoa não responder? Ou de ouvir alguém chamando e não saber quem é ou de onde é? Assim Deus se sente quando não ouvimos o Seu chamado. Às vezes até ouvimos e não entendemos. Mesmo que você não entenda, acredite que Deus tem um chamado para sua vida.
Como entender o chamado de Deus para mim?
Vamos refletir sobre a compreensão do chamado de Deus:
0

Imitadores de Deus

-Tema: DISCIPULADO 
“Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados”
Efésios 5.1
-Introdução: O discípulo deve imitar seu líder em tudo o que este tem semelhante a Cristo, como Paulo declarou “sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo” (I Coríntios 11.1). A preocupação do apóstolo era com o misticismo religioso do mundo grego que poderia criar outros moldes diferentes do evangelho. Por isso se empenhava por confirmar sua liderança dizendo “admoesto-vos, portanto, a que sejais meus imitadores” (I Coríntios 4.16). O mesmo Paulo reconhecia suas fraquezas e opiniões pessoais (I Coríntios 7.12 e 25), diferenciando-as dos mandamentos de Deus, para dar liberdade aos seus discípulos de imitá-lo somente naquilo que fosse de acordo com a vontade de Deus.
O que podemos imitar nossos líderes?
Vamos estudo quais características devem ser imitadas dos discipuladores:
6

A autoridade de Jesus

-Tema: MISSÃO 
Mateus 21.23-27
-Introdução: Nem todo o mundo caberia os livros que deveriam ser escritos se fosse relatar tudo que Jesus fez (João 21.25). Mesmo assim as pessoas não acreditaram e duvidaram da autoridade de Jesus.
Alguns fariseus questionaram a autoridade do Senhor, mas Ele não tinha que explicar sobre sua autoridade, contudo o tempo todo a mostrava com obras de poder. O mesmo acontece conosco frequentemente e mesmo que sua autoridade seja questionada, deixe Jesus mostrar em você o Seu poder.
Você reconhece a autoridade de Jesus?
Vamos aprender 7 pontos da autoridade de Jesus: