Perguntas para Deus

-Tema: FIDELIDADE
Malaquias 1.1
-INTRODUÇÃO: Já sabemos que quando falamos com Deus recebemos resposta, mas e quando Deus fala conosco temos respondido?
“Malaquias significa ‘meu mensageiro’ e poderia ser simplesmente a designação de um escritor anônimo. É possível, todavia que seja um nome próprio. O profeta não é mencionado em qualquer outro lugar do A.T”.[1]
Malaquias apresenta em seu livro os questionamentos do povo de sua época em relação à Palavra de Deus. O discurso é em forma de diálogo: as afirmações do Senhor seguidas das interrogações do povo.[2]

O livro de Malaquias data de 460 a.C. aproximadamente e o profeta foi contemporâneo de Neemias e Esdras, tendo pregado e incentivado a reconstrução do templo e da cidade de Jerusalém.[3]
Malaquias repreende o povo por suas infidelidades e mostra-lhes sua própria desculpa para não obedecer a Deus. São palavras duras, mas reais e atuais para o povo de Deus ainda hoje.  Ouvimos a Palavra de Deus e muitas vezes nos sucede o mesmo que ao povo da época de Malaquias porque nos desculpamos com interrogações a Deus.
Quando falamos de Jonas nos lembramos de sua fuga e do peixe. Se falarmos de Jeremias lembramos que chorava. De Daniel, da cova dos leões. Ezequiel lembra-nos de suas visões e do vale de ossos secos. Agora quando ouvir falar de Malaquias lembre-se das interrogações que o povo fazia em sua época e que ele sabiamente usou para exortá-los.
Você já ficou irritado com alguém que te pergunta repetidamente algo que você já respondeu ou que está claro demais para ter que perguntar de novo? Deste modo o profeta exorta ao povo sobre as palavras do Senhor que eles não estavam entendendo.

O que você tem perguntado para Deus?

Vejamos em forma de um diálogo em 8 partes as firmações de Deus e as perguntas do povo:
^ 1º Diálogo - AMOR: Malaquias 1.2
(Deus:“Eu vos tenho amado” !
(Povo: “Em que nos tem amado” ?

A nação de Israel estava vendo se concretizar o sonho da restauração e as pessoas não viam que isso era uma prova do amor de Deus para eles. Isso é ingratidão porque as desgraças que aconteciam no meio do povo eram fruto de suas injustiças e não ausência do amor Divino.
Em muitos momentos não compreendemos e nem aceitamos o amor de Deus para com as nossas vidas. Endurecemos o nosso coração frente à Graça e misericórdia de Deus. Esquecemos das maravilhas do Senhor ao nosso redor e achamos que o amor de Deus tem nos faltado ou não tem sido suficiente para nós.
Você tem sentido o amor de Deus por sua vida?
Deus te ama profundamente!

^ 2º Diálogo: RESPEITO: Malaquias 1.6
(Deus: “desprezais o meu nome”  !
(Povo: “Em que desprezamos nós o Teu nome?” ?

Os sacerdotes não estavam ensinando sobre o Senhor e o povo estava desprezando o seu Deus como se não o conhecessem, talvez devido às misturas culturais que receberam durante o exílio babilônico. Eles não estavam reverenciando o nome de Deus como é exigido pela lei (Êxodo 20.7).
É importante reconhecer a autoridade de Deus e não apenas dizer “Senhor, Senhor” na hora das aflições e não nos submetermos à sua vontade (Mateus 7.21). O mesmo acontece quando somos bem sucedidos e achamos que é por nossa própria capacidade.
Você tem respeitado o nome de Deus?
O nome de Jesus é poderoso para fazer maravilhas em sua vida!

^ 3º Diálogo: DEDICAÇÃO: Malaquias 1.7,8
(Deus: “Ofereceis sobre o meu altar pão imundo” !
(Povo: “em que havemos profanado?” ?

O povo estava oferecendo a Deus o pior de seu rebanho, achando que estavam agradando ao Senhor e enganando-se. Como Caim que não ofereceu o seu melhor (Gênesis 4.3-5) e Ananias e Safira que ofertaram para aparecer (Atos 5.1-11).
Quando oferecemos menos do que podemos estamos profanando a casa de Deus. Não adianta perguntar a Deus o que há de errado na igreja, é melhor nos examinarmos e ver o que há de errado conosco.
Por isso o Senhor declarou: “que canseira” Malaquias 1.13. Deus não quer meia consagração. Às vezes desanimamos porque não colocamos nossa força em Deus então o diabo nos vence pelo cansaço.
Você tem oferecido o seu melhor para Deus?
Sirva ao Senhor de todo o seu coração!

^ 4º Diálogo: FAMÍLIA: Malaquias 2.10-16
(Deus: “se casou com adoradora de deus estranho” !
(Povo: “Porque?” ?

Aqui o profeta está repreendendo o povo a respeito de suas famílias. A família para a fé judaica era de suma importância para manter a doutrina e cultura hebraica. Contudo nos tempos de Malaquias os lares estavam desestruturados após o exílio babilônico. Devido à dispersão se enfraqueceu a cultura, a fé e a família, ao se misturarem com outros povos.
Todos sabiam que o casamento com adoradores de outros deuses (v.11) o adultério (v.14) e o divórcio (v.16) não são de agrado do SENHOR e estavam servindo a dois senhores chorando sobre o altar e pensando que agradariam ao Senhor com uma fé emocionalista e hipócrita (v.13).
Precisamos servir ao Senhor em nossos lares e cuidar para não estarmos vivendo uma fé religiosa e hipócrita como disse o apóstolo Paulo: “Ora, se alguém não tem cuidado dos seus e especialmente dos da própria casa, tem negado a fé e é pior do que o descrente” (I Timóteo 5.8).
Você tem cuidado de sua família?
O lar é o primeiro lugar onde devemos amar e dar testemunho de nossa fé!

^ 5º Diálogo: JUSTIÇA: Malaquias 2.17
(Deus: “enfadais o Senhor com suas palavras” !
(Povo: “Em que o enfadamos?” ?

O povo fazia o mal e achava que o Senhor não estava vendo. Achavam que todos são iguais: o mal e o bom Qualquer que faz o mal passa por bom aos olhos do Senhor e desses que ele se agrada”. E quando recebiam o mau dos outros perguntavam: Onde está o Deus do Juízo?”
Deus vê tudo, nossos atos e palavras. Não podemos pedir que o senhor faça justiça quanto à maldade dos outros e não às nossas.  Devemos reconhecer nossos erros, nos arrepender, pedir perdão e mudar de vida antes de exigir que Deus cobre de outras pessoas. Precisamos de misericórdia e Graça!
Em suas ações você tem consciência de que Deus está vendo tudo?
Não faça cobranças para Deus por que Ele é justo e sabe o que faz!

^ 6º Diálogo: CONVERSÃO: Malaquias 3.7
(Deus: “tornai-vos para mim e eu me tornarei para vós outros” !
(Povo: “em que havemos de tornar?” ?

Deus quer que estejamos junto Dele (Tiago 4.8). Quando ignoramos os nossos pecados não os confessando ao Senhor, estamos nos afastando de Deus como Adão e Eva quando pecaram e se esconderam. O povo estava fugindo de Deus e não queriam reconhecer que precisavam retornar para o Senhor.
Quando nos aproximamos do Senhor em sua santidade nossos pecados são expostos à sua luz e somos convertidos a Ele. Não podemos trocar a presença do Senhor por nada!
Converter é mudar de direção. Todos os dias o pecado se apresenta diante de nós para nos seduzir. Por isso todos os dias devemos nos converter, mudar de direção, ou seja, virar as costas para o mundo e voltar-nos para o Senhor.
Você tem procurado ao Senhor e confessado seus pecados?
A conversão deve acontecer todos os dias em nossa vida!

^ 7º Diálogo: FIDELIDADE: Malaquias 3.8
(Deus: “Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais nos dízimos nas ofertas” !
(Povo: “Em que te roubamos?” ?
                                                                                               
A prática do dízimo e das ofertas estava abandonada e agora para a reestruturação da religião e reconstrução do templo era mais que preciso retomar a fidelidade ao Senhor. O povo sabia que deviam ser dizimistas e ofertantes. Sabiam que o Templo precisava ser reconstruído. Pediam a Deus que os prosperasse e questionavam como se não soubesse que eles que estavam errados.
Para a igreja hoje, esta é uma oportuna afirmação do Senhor. Infelizmente muitos ainda perguntam como o povo judeu, como se nada soubessem. Para a construção de Seu Reino Deus não conta com outra coisa senão com a fidelidade de Seu povo.
Você tem sido fiel ao Senhor em seus dízimos?
Deus só pode prosperar quem é fiel!

^ 8º Diálogo: TESTEMUNHO: Malaquias 3.13-15
(Deus: “As vossas palavras foram duras  para mim” !
(Povo: “Que temos falado contra ti?” ?

Em suas conversas o povo murmurava contra Deus e justificando-se por seus pecados e achando-se justos e merecedores das bênçãos, porém devido a seus pecados eram infelizes. Às vezes achamos que o Senhor não está ouvindo nossas palavras que falamos uns contra os outros, mas Ele não só ouve como se aborrece de muitos assuntos que surge no meio de nós (Efésios 4.29).
Quando falamos de um servo de Deus (à sua imagem e semelhança - de santidade) estamos entristecendo ao Senhor. Isso acontece na Igreja quando ouvimos uma exortação pastoral e não levamos a bênção nem até à porta da igreja, fazendo reclamações, perguntas e justificando-se à porta como disse o profeta Amós: “aborreceis à porta ao que vos repreende e abominais o que fala sinceramente” (Amós 5.10).
Você tem vigiado as suas palavras?
Tenha temor de Deus em tudo o que disser!

-CONCLUSÃO:
Não somos nós que temos que perguntar para Deus e sim Ele é que merece satisfação nossa. Deus já tem falado à sua Igreja (Apocalipse 2.7). Temos respondido a Deus por nossas orações. Deus ouve nossas palavras e conversas e vê nossos atos que respondem positiva ou negativamente à palavra de Deus. Não podemos nos justificar perante Deus ou inquiri-LO. É tempo de aceitar Sua palavra e OBEDECER à sua boa vontade confiando que será o melhor.
 A psicologia afirma que o QUESTIONAMENTO é um tipo de mecanismo de defesa, ou uma forma de fugir do confronto. Podemos dizer que são desculpas ou pretextos.
No meio do povo havia também aqueles que agiam de acordo com a vontade do PAI e quanto a estes veja o que o Senhor disse:

“Então aqueles que temiam ao Senhor falaram uns aos outros;
e o Senhor atentou e ouviu,
e um memorial foi escrito diante dele, para os que temiam ao Senhor,
e para os que se lembravam do seu nome.
E eles serão meus, diz o Senhor dos exércitos,
minha possessão particular naquele dia que prepararei;
poupa-los-ei, como um homem poupa a seu filho, que o serve.
Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o
ímpio; entre o que serve a Deus, e o que o não serve”.
Malaquias 3:16-17

O que você tem ouvido da parte do Senhor?
O que tem respondido ou perguntado a Deus sobre sua Palavra?
Ouça a voz de Deus e aceite sua Palavra para sua vida sem se justificar!

[1] A BÍBLIA ANOTADA. São Paulo: Mundo Cristão.1994 (Pág.1169).
[2] MCNAIR,S.E. A Bíblia Explicada-4ºedição. Rio de Janeiro: CPAD,1983 (pág.302).
[3] SCHIAVO, José, Novo dicionário de Personagens Bíblicos / Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1989. página 70.

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões. Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodsita de São Paulo. Pós Graduação em Filosofia pela ISEIB - Instituto Superior de Educação Ibituruna.
Siga Google+.

5 comentários:

  1. muito lindo, é maravilhoso essas palavras!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MUITO IMPORTANTA ESTE ENSINAMENTO

      Excluir
  2. apaz do senhor jesus eu tenho lido as pregaçoes e os estudos tenho aprendido muito e tenho anotado em meu caderninho de anotaçoes pois são estudos muito edificantes eu faço evangelismo pessoal nos onibus no bairro que moro e nos hospitais estes estudos são de estrema importancia pra mim louvo eagradeço A DEUS pelas vossas vidas e que o ESPIRITO SANTO de DEUS CONTINUI enchendo as vossas vidas de poder e graça e conhecimento pois o desejo de DEUS e que todas as almas se salvem e cheguem ao pleno conhecimento da verdade 1 timótio 2;4 gostaria tambem de receber este estudos por correspondencia se for posivel lucyafigueredo@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Amei,que Deus continue usando vcs como canal de bênçãos.

    ResponderExcluir
  4. shalon!
    todos os dias temos algo á aprender, a Bíblia sagrada é fonte de Luz,é martelo que esmiúça a pedra, alcança a divisa de ossos e medula.
    que Deus os abençõe, é que haja sabedoria e forças para continuar divulgando a palavra do SENHOR

    ResponderExcluir

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.