O Crescimento da Igreja

-Tema: SANTIFICAÇÃO
Efésios 5.27
“para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito”
-Introdução: A Igreja primitiva crescia naturalmente. Se formos fazer uma estatística de seu crescimento veremos que o número de seguidores cristãos aumentava a cada instante chegando a um acréscimo de mais de mil por cento. Qual seria o segredo do crescimento desta igreja? Não há segredo, a Bíblia mostra que a Igreja crescia naturalmente.
Veja alguns dados do crescimento da Igreja Primitiva:
-12 discípulos (Mateus 10.1-4 / Lucas 9.1)
-70 discípulos (Lucas 10.1)
-120 discípulos (Atos 1.15)
-3.000 batizados (Atos 2.41)
-5.000 convertidos (Atos 4.4)
-O número continua crescendo ao ponto de perder a conta (Atos 5.14)
-Mais crescimento inclusive conversão de sacerdotes (Atos 6.1 e 7)
-Cristãos se espalham devido à perseguição (Atos 8.1 e 4)
-Muitas Igrejas fundadas (Atos 9.31)
-Aldeias inteiras tornam-se cristãs (Atos 9.35)
-Gentios se convertem a Cristo (Atos 13.48,49)
-Igrejas erguidas na Ásia menor e Turquia (Atos 14.1-28)
-Igrejas fundadas na Europa (Atos 16.5 e 11,12; 17.4)
-Milhares de judeus tornam-se cristãos (Atos 21.20).
Além do crescimento numérico, podemos observar a expansão territorial do cristianismo, devido à dispersão dos cristãos perseguidos. Também se percebe que a qualidade e o comprometimento dos cristãos dispostos a morrer por sua fé foi uma força para este movimento que crescia cada vez mais, diante das dificuldades.
Hoje se fala muito em estratégias para o crescimento da Igreja, mas as propostas são tantas que ficamos sem saber o que fazer. Existem igrejas que pregam o legalismo e crescem, outras o liberalismo e também crescem. Ainda há grupos que propõem sacrifícios e o povo obedece sempre crescendo, já outros não exigem nada e não conseguem crescer.
Qual é o segredo para o crescimento da Igreja?
Vamos refletir nas palavras de Efésios 5.27 e aprender sobre a importância da Santificação para o crescimento da Igreja:

1- Igreja GLORIOSA:
A Igreja Primitiva era gloriosa apesar de toda pobreza e simplicidade. Sua glória era a própria Glória de Deus que se manifestava no meio deles.
Hoje vemos muitas igrejas que se mostram ‘gloriosas’ com templos luxuosos e aparatos tecnológicos [nada contra essas coisas], contudo a glória da Igreja não pode estar em outra coisa senão no poder de Deus que realiza maravilhas no meio de seu povo.
Muitas igrejas não têm crescido por causa do orgulho e outras cresceram muito porque tiveram humildade no começo de seu ministério e Deus manifestou sua glória, mas com o tempo começam a se envaidecer e caem porque “Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes” (Tiago 4.6).
Sua igreja tem sido gloriosa no sentido humano ou espiritual?
Deus quer uma Igreja cheia de sua Glória!
                              
2- Igreja Sem MÁCULA:
A Igreja primitiva era sem mácula, sujeira ou pecado. Mas e o caso de Ananias e Safira em Atos 5? Sim eles pecaram, mas a Igreja não aceitou  o pecado e Deus os castigou.
Algumas igrejas não crescem porque aceitam o pecado, ficam com  medo de exortar o povo e não se prega santidade. Não existe força que possa vencer uma igreja, nem perseguição ou demônios, mas o pecado destrói igrejas de maneira desastrosa.
O secularismo tem feito com que muitos líderes se conformem com o pecado, mas a Palavra de Deus nos ensina “não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente” (Romanos 12.2).
Mesmo que a Igreja seja formada por pessoas pecadoras, deve ensinar a santidade e pregar contra o pecado para esclarecer e libertar seu povo. A igreja deve acolher os pecadores com amor, mas ser radical contra o pecado. Não podemos nos conformar com o pecado para agradar as pessoas ou com medo de ofendê-las.
Sua igreja tem se conformado com o pecado?
Deus quer uma Igreja sem mácula!

3- Igreja sem RUGA:
A Igreja primitiva não tinha rugas porque era uma igreja nova. Mas com o tempo, muitas igrejas começaram a envelhecer perdendo a força e o vigor concedidos pelo poder do Espírito Santo.
Uma Igreja sem rugas é sempre renovada por Deus “porque as suas misericórdias não têm fim, renovam-se a cada manhã” (Lamentações 3.22,23). Mesmo que a igreja tenha muitos anos de existência, deve sempre buscar o renovo de Deus.
O tradicionalismo tem ‘enrugado’ muitas igrejas impedindo que sejam renovadas por Deus. Passam-se anos sem ganhar novas vidas para Jesus e os crentes já estão velhos de igreja sem mudança de vida. Devemos buscar o poder do Espírito Santo quem mantém o povo sempre forte e cheio de vigor espiritual.
Buscar renovação não é querer somente novidade e sim que como Igreja “também andemos nós em novidade de vida (Romanos 6.4). Deste modo ganhamos novas vidas para Jesus e a Igreja se mantém sempre renovada.
Sua igreja tem buscado renovação ou já está enrugada?
Deus quer uma Igreja renovada pelo seu poder!

4- Igreja SANTA:
A Igreja Primitiva era santificada pelo Espírito Santo. Uma comunidade movida pelo poder de Deus. O povo simples e humilde dependia tão somente da graça de Deus para vencer tudo. Consideravam que só tinham um problema que era vencer o pecado e ganhar vidas para Jesus.
Uma Igreja Santa não é uma igreja legalista e cheia de rituais. A Igreja é santa quando combate o pecado e se ocupa na pregação do evangelho aos perdidos. Buscar ser santo não é ser arrogante ao dizer que não tem pecado porque se fizer isso estaria mentindo (I João 1.8), mas ao confessarmos os pecados e sempre buscar melhorar.
Como Paulo que ensinou que “não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus” (Filipenses 3.13,14). A santificação é algo que deve ser buscado todos os dias.
Em nossa cultura brasileira, o conceito católico de santidade faz o povo pensar que ser santo é algo impossível ou irreal. Mas no conceito bíblico, o povo de Deus é “santificados em Cristo Jesus, chamados para ser santos, com todos os que em todo lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo” (I Coríntios 1.2). É muito importante pregar e enfatizar a doutrina da santidade nos dias atuais.
Sua Igreja tem pregado e buscado a Santificação?
Deus quer uma Igreja que busque santidade!

5- Igreja Sem DEFEITO:
Dizer que a Igreja Primitiva era sem defeito parece algo relativo. Um grupo de pessoas incultas e cheias de dificuldades lutando por uma nova fé e sem saber exatamente o que fazer. Em Atos 15 descreve o primeiro concílio da Igreja onde discutem vários problemas, mas no fim chegaram a um consenso movido pelo Espírito Santo.
Uma Igreja sem defeito não é uma igreja perfeita no sentido humano e sim um povo que almeja fazer a ”boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12.2). A Igreja é o “corpo de Cristo; e, individualmente, membros desse corpo” (I Coríntios 12.27). Quando perdemos membros deste corpo, ou os membros estão divididos entre si, o corpo fica defeituoso.
Muitas coisas têm deformado a Igreja cristã. Embora construímos templos suntuosos e tenhamos estruturas muito bem organizadas, muitos defeitos têm feito com que o Corpo de Cristo ande mancando. O maior defeito que tem prejudicado a Igreja é a injustiça movida por interesses humanos. As divisões e o individualismo têm prejudicado a obra de Deus.
A estrutura organizacional da igreja deve ser bíblica e dirigida pelo Espírito Santo. Tudo deve ser feito de maneira a manter o povo unido em um só propósito. Ninguém precisa ser maior e sim devemos servir uns aos outros. Igreja sem defeito é íntegra e consciente de seus problemas lutando para vencer.
Sua Igreja está dividida e mancando?
Jesus quer seu corpo sem defeito!
A Igreja precisa crescer!
-CONCLUSÃO:
A Igreja Primitiva cresceu muito enquanto sua Glória foi a presença de Cristo, não tendo mácula ou maldade lutando contra o pecado, sem rugas conservado sempre em novidade de vida para não envelhecer, santificada pelo Espírito Santo e sem defeito ou injustiças.
Com o tempo, quando as igrejas começaram a buscar a glória para o homem ou para a denominação, começou a se conformar com o pecado, a igreja caiu no tradicionalismo, perdeu a ênfase na santidade e divisões começaram a prejudicar o corpo de Cristo. A partir de então a igreja deixou de crescer por causa desses problemas.
O Corpo de Cristo é vivo e saudável, por isso cresce naturalmente trabalhando ativamente pelo seu crescimento. A Igreja que Jesus quer apresentar para Deus é “gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito” (Efésios 5.27).
O segredo para o crescimento da Igreja é a Santificação. Qualquer estratégia ou proposta de crescimento que seja baseada em dar toda glória a Deus e não aos homens, luta contra o pecado e a injustiça, mantém a igreja renovada, busca santidade e une o Corpo de Cristo, funciona. Qualquer método de crescimento que vise isto vai dar certo.
Sua Igreja tem crescido?
Uma Igreja saudável cresce naturalmente!


COMPARTILHE esta Pregação:

1 COMENTE!:

NOSSA PARABÉNS UMA LINDA MENSAGEM

Respostas

Postar um comentário

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!