10

Tirando a morte da panela

-Tema: IGREJA
“Morte na panela, ó homem de Deus!”
II Reis 4.38-44
-Introdução: As igrejas geralmente têm um grupo de pessoas que formam uma panela. Esta panelinha domina tudo que acontece na igreja e é difícil alguém conseguir entrar para fazer parte de alguma coisa. A culpa disto muitas vezes é do próprio povo que vai deixando tudo para um pequeno grupo fazer sozinhos. 
   O problema da panela é que a igreja se torna um grupo fechado, estéril e sem vida. Por isso às vezes ouvimos esta declaração: “Morte na panela, ó homem de Deus!” (II Reis 4.40).
Eliseu chegou ao lugar onde estavam os discípulos dos profetas e os encontrou com fome, por isso mandou fazer uma grande panela de cozido para comerem. O problema foi que alguém pegou uma erva errada e a comida se tornou venenosa. Com o simples ato de acrescentar farinha, Eliseu tornou a comida saudável. Em seguida alguém trouxe pães e todos se alimentaram.
Sua igreja tem uma panelinha?
Com esta história vamos aprender como tirar a esterilidade de igrejas que vivem em panelas:
1- A fome do povo: v.38 “Voltou Eliseu para Gilgal. Havia fome naquela terra, e, estando os discípulos dos profetas assentados diante dele, disse ao seu moço: Põe a panela grande ao lume e faze um cozinhado para os discípulos dos profetas”
O povo estava faminto e mesmo assim ficaram assentados, por isso, o profeta Eliseu mandou providenciar comida rapidamente. Talvez ficassem ali parados, de tão fracos e cansados. Esta atitude do profeta mostra que a fome tem pressa. Não adianta ficar parado e com fome.
Muitas igrejas estão famintas de um alimento puro da Palavra de Deus e por isso alguns ficam fracos e sem energia de trabalhar. A consequência da fome espiritual é o desânimo e fraqueza, por causa da “fome sobre a terra, não de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do SENHOR” (Amós 8.11). Outra coisa que enfraquece a igreja é a injustiça que desanima as pessoas, mas “bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos” (Mateus 5.6).
Algumas panelas começam quando um grupo de desanimados se assenta e fica reclamando de sua insatisfação [fome] para coma a igreja. Outras panelas iniciam quando alguns procuram alimento e encontram apoio em algum outro líder dissidente.
Se você ou sua igreja estiverem desanimados e famintos de ouvir uma palavra que sustente sua vida espiritual, não fique parado. Levante-se e busque a verdade da Palavra de Deus que sustenta sua vida como maná espiritual.
Você está com fome espiritual?
Não fique parado, busque alimento!

2- Cuidado com o que colhe: v.39 “saiu um ao campo a apanhar ervas e achou uma trepadeira silvestre; e, colhendo dela, encheu a sua capa de colocíntidas; voltou e cortou-as em pedaços, pondo-os na panela, visto que não as conheciam”
Um dos discípulos dos profetas foi colher ervas para o cozido e pegou uma trepadeira desconhecida. A aparência provavelmente era boa, mas era venenosa. Sem saber ele encheu sua capa desta erva e picou para acrescentar ao cozido.
Um dos problemas das ‘panelas’ das igrejas é que suas ‘capas’ estão cheias de veneno e não sabem. Isso significa:
-a capa > aparência exterior de cada um: A religiosidade às vezes esconde o que há no interior de cada um, “tais coisas, com efeito, têm aparência de sabedoria, como culto de si mesmo, e de falsa humildade, e de rigor ascético; todavia, não têm valor algum contra a sensualidade” (Colossenses 2.21).
-a erva > o que colhemos de ruim: Muitas vezes ouvimos coisas que são desagradáveis e se guardamos vamos ficando envenenados com pensamentos ruins contra nossos irmãos. Por isso Deus quer “longe de vós, toda amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmias, e bem assim toda malícia” (Efésios 4.31).
Para evitar panelas na igreja é preciso tomar cuidado com as ‘capas’’ e as ‘ervas’. Evite qualquer julgamento pelas aparências e comentários desnecessários. Dependendo de onde vem uma conversa você sabe que foi colhido numa destas ‘capas’ de aparências. Também de acordo com o tipo de conversa você também sabe que tem veneno e não será para sua edificação.
O que você está colhendo?
Tome cuidado com as aparências!

3 – O remédio da Palavra de Deus: v.41 “Porém ele disse: Trazei farinha. Ele a deitou na panela e disse: Tira de comer para o povo. E já não havia mal nenhum na panela”
A atitude de Eliseu demonstra que já sabia o que fazer. Na verdade a farinha não tinha nenhuma propriedade medicinal de cura, embora tenha tirado um pouco da acidez ou amargura da erva. Então somente com o acréscimo da farinha a comida se tornou saudável.
Esta farinha usada por Eliseu provavelmente seria de trigo, muito usado para pães e bolos. O trigo representa a Palavra de Deus (Jeremias 23.28). Quando a mensagem da Bíblia é pregada em sua íntegra, a verdade liberta (João 8.32) e cura (Mateus 8.8) aos ouvintes de qualquer mal.
Se sua igreja já chegou ao ponto de estar enferma por causa de panelas que dividem o povo e parece que se tornaram estéreis e sem vida, não adiantam discussões e longas reuniões. O mais importante é que a Palavra de Deus seja anunciada sem mistura alguma. Fale ao coração do povo com amor tudo o que vem direto do trono de Deus. Não desabafe os problemas da igreja no púlpito. Alimente seu povo e ficarão fortes para vencer estas coisas.
Sua igreja está enferma?
O remédio é a Palavra de Deus!

4- O pão da vida: v.42 “Veio um homem de Baal-Salisa e trouxe ao homem de Deus pães das primícias, vinte pães de cevada, e espigas verdes no seu alforje. Disse Eliseu: Dá ao povo para que coma”
Mesmo tendo comido do cozido, talvez não seria o suficiente para satisfazer o povo. Então Deus providenciou alguém trazendo pães das primícias. Estes pães eram feitos de grãos da primeira colheita apresentada a Deus na festa do Pentecostes e então deveriam ser oferecidos no templo ou a um homem de Deus (Levítico 2.10-12). Ainda trazia espigas verdes conforme manda o estatuto das primícias (Levítico 2.14) que serviriam para fazer mais pães. Este homem queria oferecer o seu melhor para Deus e veio no momento certo.
Esta provisão de Deus ao mandar alimento representa:
-PÃO > Jesus o Pão da Vida: Somente Jesus pode saciar a fome espiritual do ser humano (João 6.35,48 e 21). Quando a Igreja é curada por Deus através de sua Palavra e fica satisfeita com o Pão da Vida, não há porque haver divisões e panelas, pois todos estão preparados para cumprir sua missão juntos.
-ESPIGAS > Frutos do Espírito: Através do Espírito Santo a vida do cristão é totalmente transformada e produz frutos espirituais (Gálatas 5.22,23). A igreja é cheia de espiritualidade quando os irmãos são frutíferos na obra e todos tem oportunidade de servir sem haver panelas.
Aqueles pães e espigas foram providenciais para os discípulos dos profetas. Através disso sua vida foi nutrida e não tiveram mais fome. Assim a Igreja quando passa por dificuldades deve buscar satisfação somente em Jesus e cultivar virtudes espirituais como frutos de seu trabalho. Fazendo assim não haverá panelas e sim um corpo unido de Cristo.
Você está insatisfeito?
Jesus, o Pão da vida te satisfaz!

5- A multiplicação: v.43 “Porém seu servo lhe disse: Como hei de eu pôr isto diante de cem homens? Ele tornou a dizer: Dá-o ao povo, para que coma; porque assim diz o SENHOR: Comerão, e sobejará”
O homem que trouxe os pães achou que seria pouco para cerca de 100 pessoas, mas Eliseu ministrou a primeira multiplicação de pães na Bíblia. Isso prova que o pouco com Deus é muito, ou melhor, é tudo.
Quando a igreja está fraca e sem vida, a solução é obedecer ao mandato de Jesus (Mateus 28.19,20). Com isso as pessoas estarão ocupadas e não terão nem tempo de pensar coisas erradas. Muitas igrejas não experimentam crescimento porque não aprenderam a compartilhar e querem ‘comer tudo sozinhos’. Ao dividir o que recebemos, Deus opera uma multiplicação sobrenatural.
Convide as pessoas de sua igreja para sair e começar a anunciar o evangelho. Vocês verão que esta obra é tão grande que não pode ser feita apenas por uma panelinha de pessoas. Então todos poderão participar e ainda vão recrutar mais vidas para ajudar. Ao desfazer a panela, acontece uma multiplicação.
Você tem compartilhado o que recebe?
Deus tem uma multiplicação para sua igreja!

Deus pode curar esta panela!
-CONCLUSÃO: v.44 “Então, lhos pôs diante; comeram, e ainda sobrou, conforme a palavra do SENHOR
O cenário da história mudou quando todos comeram e ficaram animados. Quando não há mais morte na panela, Deus restaura relacionamentos. Na panela fechada há insatisfação, mas quando o trigo traz cura e o Pão da Vida sustenta, todos ficam satisfeitos.
OBSERVAÇÃO: Oriento a quem for usar esta mensagem, para não fazer isso ‘dando sermão’ na sua igreja. Compartilhe com amor ou talvez fique com esta reflexão só para você. Digo isso porque quando as pessoas estão feridas, não conseguem sentir nada além da dor, ficando mais magoadas ainda. Contudo, se você perceber a autoridade de Deus sobre sua vida, então deixe Deus te usar “não por força nem por poder, mas pelo meu Espírito, diz o SENHOR dos Exércitos (Zacarias 4.6).
Deus vai te ajudar!


COMPARTILHE esta Pregação:

10 COMENTE!

Sou pastor da CBVN Brasil e esta palavra me alimentou muito!
Glórias a Deus.

Respostas

willian almeida sou cantor e essa palavra me falou ao meu coraçao

Respostas

amei demais! Gosto de estudar mensagens como esta...verdadeiras, com sabedoria e inteligente, principalmente que EDIFICAM. Obrigado foi de grande valia. PAZ!

Respostas

sou pregadora e diaconisia da igreja Semeadores do Reino de Deus foi de grande valia pra mim esta mensagem que Deus possa abençoar!!!

Respostas

Tremendo o que acabei de ler mais lindo ainda é o que vc escreve no final, Deus abençoe ricamente sua vida e te use cada vez mais.

Respostas

Maravilhosa esta Palavra. Que
Deus, te abençoe em nome de Jesus...
Um abraço!!

Respostas

Bacana seu blog mano! Fica bem! Deus com você!

Respostas

Meu Deus, gostei muito e gosto muito de suas pregações, é muito bom encontrar um verdadeiro pregador.

Respostas

Deus abençoe sua vida Pr pois vejo que a exegese e hermenêutica aplicada pelo senhor é tremenda. O senhor é um verdadeiro intérprete da Bíblia. que Deus te use mais e mais.

Respostas

Postar um comentário

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!