0

Deus do IM-Possível

-Tema:
“Porque para Deus não haverá impossíveis em todas as suas promessas”
Lucas 1.37
-Introdução: A palavra ‘impossível’ não existe no dicionário de Deus. O Todo Poderoso não sabe o que é isso. Mas o homem se depara com limites todo o tempo. Estes limites servem para nos controlar e nos conduzir a depender de Deus. Podemos ir somente até onde Deus permite e a partir de então precisamos de um milagre para continuar.
Você precisa de um milagre?
Vamos refletir sobre as coisas possíveis, difíceis e as impossíveis:
4

Fugindo Para Deus

I Reis 19.1-8
-Introdução: Quem nunca teve vontade de fugir? Quando recebemos uma má notícia é esta a impressão que temos. Elias foi um grande e destemido profeta, mas neste momento ficou com medo de uma mulher perversa chamada Jezabel. Ele fugiu.
Mesmo com medo Elias foi para o deserto e ali mesmo debaixo de uma árvore ele orou ao Senhor. Estava tão triste e desanimado que pediu para morrer. Deus não ouviu esta oração, tanto que Elias nem morreu (II Reis 2.1-8) foi arrebatado. Elias adormeceu e foi acordado por um anjo de Deus que trazia alimento.
Tiago disse que “Elias era homem semelhante a nós, sujeito aos mesmos sentimentos” (Tiago 5.17 ) e muitas vezes estamos como Ele, tristes e desanimados da vida, só falamos besteira com Deus. Se Deus fosse dar ouvidos às besteiras que falamos, heim?!
Você está precisando de ânimo?
Quando Elias estava debaixo daquela árvore algo aconteceu para reanimá-lo para a caminhada:
0

Mistérios de Deus

-Tema: REVELAÇÃO 
“Respondeu-lhes Jesus: A vós outros é dado conhecer os mistérios do reino de Deus; aos demais, fala-se por parábolas, para que, vendo, não vejam; e, ouvindo, não entendam”.
Lucas 8.10
-Introdução: A Bíblia tem muitos mistérios sem respostas claras. Estas coisas servem para nos lembrar de que todo conhecimento pertence a Deus, que revela a quem quiser, quando quiser e se for de sua vontade (Daniel 2.27,28 e 30). Desde que a humanidade pecou comendo da “árvore do conhecimento do bem e do mal” (Gênesis 2.17), procura conhecer coisas além do que foi revelado e com isso cai em muitos enganos.
Existem verdades que são “mistério guardado em silêncio nos tempos eternos” (Romanos 16.25). Como “ministros de Cristo”, somos também “despenseiros dos mistérios de Deus” (I Coríntios 4.1). Mas estes mistérios podem ser revelados segundo um propósito especial (Efésios 1.9) para a glória de Deus (Colossenses 1.27).
Como entender os mistérios de Deus?
A respeito de coisas misteriosas, devemos saber que:
0

O que eu não devo temer

-Tema: MEDO
O que eu não devo temer
“não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a minha destra fiel”.
Isaías 41.10
-Introdução: O medo paralisa as pessoas. Muitas pessoas vivem presas em fobias e pânico porque se sentem desprotegidas. Parece que o que tememos nos persegue (Jó 3.25). Não é preciso ter medo quando estamos bem acompanhados. A presença de Jesus nos garante a proteção.
Vários servos de Deus enfrentaram perigos e tiveram coragem. Isaque quando Abraão foi oferecê-lo em sacrifício (Gênesis 22.7), Elias (I Reis 18.22), Misael, Ananias e Azarias na fornalha (Daniel 3.17), Davi muitas vezes (Salmo 18.4). Jesus venceu o medo na cruz (Hebreus 12.2).
O que você tem medo?
Podemos fazer uma lista de coisas que temos medo, mas antes vamos ver uma lista de coisas que a Bíblia diz que não precisamos temer quando Jesus está conosco:
5

Resistir até o sangue

-Tema: CONVERSÃO
“Ora, na vossa luta contra o pecado, ainda não tendes resistido até ao sangue”.
Hebreus 12.4
-Introdução: Para ter vitória sobre o pecado tanto nas tentações do diabo, como nas provações do mundo e as fraquezas da carne é preciso resistir até o sangue de Jesus.
Mas se for necessário temos que resistir até o nosso próprio sangue. Até o ponto de dar a nossa própria vida como os mártires (Apocalipse 12.11) que foram fiéis até a morte e preferiram ter seu sangue derramado do que pecar e negar a Jesus.
Como resistir aos inimigos espirituais?
Vivemos numa luta contra o pecado e nessa luta temos três inimigos:
0

A Realidade Espiritual

-Tema: VIDA CRISTÃ
“O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo”.
I Tessalonicenses 5.23
-Introdução: Um iceberg flutuando no mar. Ignorar sua presença é um risco iminente. Subestimar seu tamanho também é muito perigoso. Embora consigamos ver só a superfície, grande parte desta gigantesca pedra de gelo está submersa.
O iceberg ilustra a realidade espiritual. A parte visível simboliza o físico. A linha de água, que se move, representa as emoções. A parte submersa debaixo da água é como o nível espiritual que não pode ser visto, mas existe e influencia todo o restante.
O texto de I Tessalonicenses 5.23 mostra com clareza sobre s integralidade do ser humano, quando diz que Deus quer nos santificar “em tudo; o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros”. O inimigo quer “roubar, matar e destruir” (João 10.10) o ser humano para tirar parte do que Deus fez e com isso nos deixar incompletos.
Você está inteiro?
Podemos refletir sobre os níveis da realidade espiritual:
0

Dimensões do Fruto do Espírito

Gálatas 5.22,23
-Introdução: Por que um fruto e não um cereal ou legume? O fruto é algo natural e nunca artificial. Uma fruta madura está pronta para ser comida a qualquer momento e em qualquer lugar. Também traz prazer além de alimentar de forma saudável. Desta forma deve ser a vida espiritual de cada um. Amadurecer, estar preparado, viver bem e ser forte.
O texto de Gálatas fala do Fruto do Espírito no singular, mas lista nove ‘sabores’ para este fruto. Como uma fruta que é degustada de forma diferenciada, de acordo com o paladar de cada pessoa.
As nove características do Fruto do Espírito Santo, podem ser divididas em três grupos que mostram a sua direção prática na vida cristã.
Quais são os seus frutos?
Reflita sobre as dimensões do Fruto do Espírito:
0

Valores Imutáveis

-Tema: VIDA CRISTÃ
“Não vos enganeis, meus amados irmãos. Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança”.
Tiago 1.16,17
-Introdução: Atualmente vivemos um tempo de inversão de valores, sincretismo, secularismo e relativização dos conceitos éticos. Por isso precisamos refletir sobre princípios inegociáveis instituídos pelo próprio Deus. Infelizmente, o mundo e o diabo, além do homem, têm mudado coisas que Deus criou para serem conservadas.
Os valores de Deus são eternos. Tudo que Deus criou é bom (Gênesis 1.31) e por isso durará eternamente (Eclesiastes 3.14), pois vela por sua Palavra para cumpri-la (Jeremias 1.12). Deus não muda (Malaquias 3.6) nem tem variação de opinião ou vontade (Salmo 11.7,8). Sua vontade é “perfeita, boa e agradável” (Romanos 12.2).
Quais princípios Deus quer conservar?
Vamos meditar sobre instituições criadas por Deus:
0

A promessa do Espírito Santo

Lucas 24.49 e 53
-Introdução: Jesus havia prometido que morreria, mas ressuscitaria. Agora relembra aos discípulos de outra promessa que é o derramar do Espírito Santo sobre sua Igreja.
O critério estabelecido por Jesus para receber o Espírito foi a Perseverança. Orientou sue discípulos a permanecerem na cidade (v.49) em oração (v.53). Os discípulos “perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações (Atos 2.42).
Você já recebeu o Espírito Santo?
Medite sobre dois detalhes sobre o envio do Espírito Santo:
0

Tempero para Cilada

-Tema: VIDA CRISTÃ
 “Armam ciladas contra mim os que tramam tirar-me a vida; os que me procuram fazer o mal dizem coisas perniciosas e imaginam engano todo o dia”.
Salmo 38.12
-Introdução: Você já caiu em uma armadilha? Como é terrível perceber que está sendo enganado. Precisamos pedir a Deus que nos dê discernimento e sabedoria para lidar com situações ardilosas (Hebreus 12.1).
O trocadilho com a palavra ‘cilada’ no lugar de ‘salada’ nos chama atenção que devemos ter uma vida temperada diante das crises e perigos que enfrentamos no dia a dia. Às vezes o mundo prepara uma ‘salada’ de problemas, misturando as coisas para tentar nos enganar.
Como sair de uma cilada?
Vamos ilustrar com elementos de um tempero para meditar sobre como se livrar de armadilhas:
0

O Deus do Universo

“Pela fé, entendemos que foi o universo formado pela palavra de Deus, de maneira que o visível veio a existir das coisas que não aparecem”. Hebreus 11.3
-Introdução: Provar a existência de Deus é desnecessário para quem já conhece ao Senhor (Romanos 1.20). Sabemos que Deus é muito maior que a própria existência de todas as coisas. O universo não é fruto do nada, porque o nada não pode gerar nada. Somente uma força maior que o universo seria capaz de criar tudo. O caos seria incapaz de gerar a organização do universo que age de forma sincronizada.
A ciência diz que o universo é formado de três elementos básicos: a matéria, o espaço e o tempo[1]. Isso resume o universo: a matéria física está em todo lugar e se expande pelo espaço através dos tempos. Com base nestes três princípios, podemos provar que Deus é maior que tudo isso e principalmente que não faz parte de nenhuma destas características, por ser maior que todas elas.
Como provar a existência de Deus?
Vamos descrever sobro o Deus Criador baseado nos três elementos do universo:
0

Avivamento Sincero

-Tema: AVIVAMENTO
“aviva a tua obra, ó SENHOR
Habacuque 3.2
-Introdução: Avivamento é levar vida onde havia morte. Reviver novamente (Efésios 2.1). Quem precisa de um avivamento são aqueles que estão amortecidos. Como uma planta que está murchando e após ser regada, então revive. Como uma brasa quase apagando e quando assoprada se reascende.
Quando uma pessoa tem um surto que necessita ser reanimada, logo deve-se pressionar o seu peito fortemente, depois pode-se fazer a respiração e se preciso for, um médico faz o tratamento de choque. Deste modo também acontece, quando estamos morrendo espiritualmente. Sentimos uma pressão forte no peito que são provações vindas para nos acordar. Precisamos do sopro de vida do Espírito Santo que nos reanime (Ezequiel 37.9). Mas às vezes somente um choque de poder pode nos levantar novamente.
Você precisa de um avivamento?
Vamos refletir sobre algumas características do verdadeiro avivamento:
2

Três portas para a Felicidade

-Tema: MOTIVACIONAL
Lamentações 3.21-26
-Introdução: Todas as pessoas estão em busca da felicidade. Como alguém que procura algo que está bem perto ou até diante dos olhos, mas não consegue ver porque está muito concentrado procurando, assim a felicidade também está perto de nós. Muitas pessoas não conseguem ser felizes porque vivem diante de um ‘muro de lamentações’, por isso não veem as portas que estão diante de si.
O texto de Lamentações traz um desabafo do profeta Jeremias em meio ao sofrimento de seu povo. Lamentar não é o mesmo que murmurar ou reclamar. A diferença está na posição da pessoa ou com quem fala. A murmuração é quando ‘reclama de’, diferindo de ‘lamentar com’. O lamento se caracteriza pelo abrir do coração diante de Deus. A reclamação consiste em falar dos problemas como se apenas falando fosse resolver.
Como ser feliz?
Existem três portas diante de nós, que nos apontam para a felicidade:
0

Como ler a Bíblia?

“Até à minha chegada, aplica-te à leitura, à exortação, ao ensino”
I Timóteo 4.13
-Introdução: O problema da leitura, não se refere apenas às Escrituras. Vivemos um tempo de escassez de leitores. Infelizmente se torna cada vez mais raro, o exercício da leitura. Contudo, não podemos nos conformar com isso. O povo de Deus precisa ser culto e principalmente conhecedor da Bíblia.
Quanto à leitura da Palavra de Deus, podemos encontrar nela mesma, várias orientações sobre como fazer sua leitura corretamente.
Você já leu a Bíblia?
A Bíblia deve ser lida de forma:
0

Os três MUNDOS

“O Verbo estava no mundo, o mundo foi feito por intermédio dele, mas o mundo não o conheceuJoão 1.10
-Introdução: A palavra ‘mundo’, no original grego é o termo cosmo. O sentido original é “ordem, arranjo, ornamento, adorno”1. Certamente todos estes predicativos serviam para admirar a beleza de toda a criação de Deus.
A palavra cosmo, ou mundo é citada 74 vezes no evangelho de João. Isso mostra que havia conceitos importantes a respeito do mundo. A compreensão destes conceitos nos ajuda compreender melhor o plano de salvação, bem como o meio em que vivemos.
Em que mundo você está?
Vejamos os com três significados diferentes da palavra cosmo ou mundo:
2

A Missão do Consolador

“Mas eu vos digo a verdade: convém-vos que eu vá, porque, se eu não for, o Consolador não virá para vós outros; se, porém, eu for, eu vo-lo enviarei” João 16.7
-Introdução: Quando Jesus fala do Consolador, usa a palavra Paracleto que vem do grego Parákletos (Paravklhtov) e significa literalmente, “chamado para o lado de alguém”, ou seja, “ajudador, auxiliador, consolador” 1.  
A expressão PARACLETO é formada por duas palavras:
PARÁ (parav) preposição ao lado de, junto a;
KALEO (kalevw) verbo chamar.
O termo Paracleto significa então: alguém chamado para ajudar ao lado de outro. O título de Paracleto era usado no tribunal para se referir ao assistente legal apresentado com defensor ou advogado.
Qual é a missão do Consolador?
Vamos estudar os textos que trazem a palavra Consolador e conhecer sobre sua missão:
0

Estudos sobre PERSONAGENS Bíblicos

Para quem deseja conhecer a Palavra de Deus é muito importante estudar sobre as principais personalidades das Escrituras.
Abaixo temos uma lista de links de Estudos Bíblicos e Pregações sobre Personagens Bíblicos:

0

Testemunhas de Jeová

-Tema: SEITAS
 “e sereis minhas testemunhas” Atos 1.8
-Introdução: Fundada por Charles Taze Russel em 1872. Russel marcou a volta de Jesus para o ano de 1914, arrebanhou uma multidão de fiéis e depois, como não se cumpriu sua profecia, continuou criando heresias para justificar suas doutrinas.
Antes de fazer qualquer refutação das heresias, devemos admitir o empenho de seus seguidores. Se no meio evangélico tivéssemos o compromisso missionário semelhante às Testemunhas de Jeová, certamente não haveria nem espaço para doutrinas estranhas, pois o evangelho teria sido pregado nos quatro cantos da terra (Marcos 13.10).
Como responder às testemunhas de Jeová?
Aspectos doutrinários das Testemunhas de Jeová e algumas referências bíblicas para refutar suas heresias:
0

Ciúmes do Espírito

“Ou supondes que em vão afirma a Escritura: É com ciúme que por nós anseia o Espírito, que ele fez habitar em nós?”.
Tiago 4.5
-Introdução: Esta expressão chama atenção por estar relacionada ao Espírito Santo. Quando lemos esta passagem, parece soar mal ao dizer que o Espírito Santo teria ciúmes de nós.
O apóstolo Tiago falava sobre o mundanismo, convidando aos crentes a viver uma vida santificada (Tiago 4.1-3). Seu objetivo era exortar a uma vida dedicada a Deus, não se iludindo com o que chama de “amizade do mundo”.
O Espírito Santo sente ciúmes?
Vamos refletir sobre esta expressão:
0

Purificação Espiritual

"Contudo, o ouro, a prata, o bronze, o ferro, o estanho e o chumbo, tudo o que pode suportar o fogo fareis passar pelo fogo, para que fique limpo; todavia, se purificará com a água purificadora; mas tudo o que não pode suportar o fogo fareis passar pela água".
Números 31.22,23
-INTRODUÇÃO: Purificação é um processo de limpeza, onde se tira toda sujeira ou mistura de algum objeto deixando só uma substância em sua formação. Ex: um anel de prata pura é só prata e nenhum outro metal. O OBJETIVO DA PURIFICAÇÃO É LIMPAR.
COMO ERA O PROCESSO DE PURIFICAÇÃO?
A água lava e tira as impurezas exteriores e as impurezas mais profundas que a água não consegue limpar, são tiradas no fogo ao derreter.
Quando se queria consagrar algum objeto, este era lavado e apresentado no altar do Senhor. Mas quando se trata de um metal, QUE SUPORTA O FOGO, e se houvesse alguma mistura ou sujeira mais profunda, devia passar pelo fogo e então toda sujeira que saísse pelas beiradas do crisol era tirada até o metal brilhar e se tornar como um espelho. Depois de purificado pelo fogo tinha que passar pelas águas, e então era consagrado.
  Este texto nos fala sobre a purificação de metais, mas nós podemos tirar uma lição muito boa para as nossas vidas, quanto á nossa purificação.
Como Deus nos purifica?
Vejamos como Deus nos purifica usando os símbolos da água e do fogo: