0

O Deus do Universo

“Pela fé, entendemos que foi o universo formado pela palavra de Deus, de maneira que o visível veio a existir das coisas que não aparecem”. Hebreus 11.3
-Introdução: Provar a existência de Deus é desnecessário para quem já conhece ao Senhor (Romanos 1.20). Sabemos que Deus é muito maior que a própria existência de todas as coisas. O universo não é fruto do nada, porque o nada não pode gerar nada. Somente uma força maior que o universo seria capaz de criar tudo. O caos seria incapaz de gerar a organização do universo que age de forma sincronizada.
A ciência diz que o universo é formado de três elementos básicos: a matéria, o espaço e o tempo[1]. Isso resume o universo: a matéria física está em todo lugar e se expande pelo espaço através dos tempos. Com base nestes três princípios, podemos provar que Deus é maior que tudo isso e principalmente que não faz parte de nenhuma destas características, por ser maior que todas elas.
Como provar a existência de Deus?
Vamos descrever sobro o Deus Criador baseado nos três elementos do universo:
0

Avivamento Sincero

-Tema: AVIVAMENTO
“aviva a tua obra, ó SENHOR
Habacuque 3.2
-Introdução: Avivamento é levar vida onde havia morte. Reviver novamente (Efésios 2.1). Quem precisa de um avivamento são aqueles que estão amortecidos. Como uma planta que está murchando e após ser regada, então revive. Como uma brasa quase apagando e quando assoprada se reascende.
Quando uma pessoa tem um surto que necessita ser reanimada, logo deve-se pressionar o seu peito fortemente, depois pode-se fazer a respiração e se preciso for, um médico faz o tratamento de choque. Deste modo também acontece, quando estamos morrendo espiritualmente. Sentimos uma pressão forte no peito que são provações vindas para nos acordar. Precisamos do sopro de vida do Espírito Santo que nos reanime (Ezequiel 37.9). Mas às vezes somente um choque de poder pode nos levantar novamente.
Você precisa de um avivamento?
Vamos refletir sobre algumas características do verdadeiro avivamento:
2

Três portas para a Felicidade

-Tema: MOTIVACIONAL
Lamentações 3.21-26
-Introdução: Todas as pessoas estão em busca da felicidade. Como alguém que procura algo que está bem perto ou até diante dos olhos, mas não consegue ver porque está muito concentrado procurando, assim a felicidade também está perto de nós. Muitas pessoas não conseguem ser felizes porque vivem diante de um ‘muro de lamentações’, por isso não veem as portas que estão diante de si.
O texto de Lamentações traz um desabafo do profeta Jeremias em meio ao sofrimento de seu povo. Lamentar não é o mesmo que murmurar ou reclamar. A diferença está na posição da pessoa ou com quem fala. A murmuração é quando ‘reclama de’, diferindo de ‘lamentar com’. O lamento se caracteriza pelo abrir do coração diante de Deus. A reclamação consiste em falar dos problemas como se apenas falando fosse resolver.
Como ser feliz?
Existem três portas diante de nós, que nos apontam para a felicidade:
0

Como ler a Bíblia?

“Até à minha chegada, aplica-te à leitura, à exortação, ao ensino”
I Timóteo 4.13
-Introdução: O problema da leitura, não se refere apenas às Escrituras. Vivemos um tempo de escassez de leitores. Infelizmente se torna cada vez mais raro, o exercício da leitura. Contudo, não podemos nos conformar com isso. O povo de Deus precisa ser culto e principalmente conhecedor da Bíblia.
Quanto à leitura da Palavra de Deus, podemos encontrar nela mesma, várias orientações sobre como fazer sua leitura corretamente.
Você já leu a Bíblia?
A Bíblia deve ser lida de forma:
0

Os três MUNDOS

“O Verbo estava no mundo, o mundo foi feito por intermédio dele, mas o mundo não o conheceuJoão 1.10
-Introdução: A palavra ‘mundo’, no original grego é o termo cosmo. O sentido original é “ordem, arranjo, ornamento, adorno”1. Certamente todos estes predicativos serviam para admirar a beleza de toda a criação de Deus.
A palavra cosmo, ou mundo é citada 74 vezes no evangelho de João. Isso mostra que havia conceitos importantes a respeito do mundo. A compreensão destes conceitos nos ajuda compreender melhor o plano de salvação, bem como o meio em que vivemos.
Em que mundo você está?
Vejamos os com três significados diferentes da palavra cosmo ou mundo:
2

A Missão do Consolador

“Mas eu vos digo a verdade: convém-vos que eu vá, porque, se eu não for, o Consolador não virá para vós outros; se, porém, eu for, eu vo-lo enviarei” João 16.7
-Introdução: Quando Jesus fala do Consolador, usa a palavra Paracleto que vem do grego Parákletos (Paravklhtov) e significa literalmente, “chamado para o lado de alguém”, ou seja, “ajudador, auxiliador, consolador” 1.  
A expressão PARACLETO é formada por duas palavras:
PARÁ (parav) preposição ao lado de, junto a;
KALEO (kalevw) verbo chamar.
O termo Paracleto significa então: alguém chamado para ajudar ao lado de outro. O título de Paracleto era usado no tribunal para se referir ao assistente legal apresentado com defensor ou advogado.
Qual é a missão do Consolador?
Vamos estudar os textos que trazem a palavra Consolador e conhecer sobre sua missão:
0

Estudos sobre PERSONAGENS Bíblicos

Para quem deseja conhecer a Palavra de Deus é muito importante estudar sobre as principais personalidades das Escrituras.
Abaixo temos uma lista de links de Estudos Bíblicos e Pregações sobre Personagens Bíblicos:

0

Dimensões do Fruto do Espírito

Gálatas 5.22,23
-Introdução: Por que um fruto e não um cereal ou legume? O fruto é algo natural e nunca artificial. Uma fruta madura está pronta para ser comida a qualquer momento e em qualquer lugar. Também traz prazer além de alimentar de forma saudável. Desta forma deve ser a vida espiritual de cada um. Amadurecer, estar preparado, viver bem e ser forte.
O texto de Gálatas fala do Fruto do Espírito no singular, mas lista nove ‘sabores’ para este fruto. Como uma fruta que é degustada de forma diferenciada, de acordo com o paladar de cada pessoa.
As nove características do Fruto do Espírito Santo, podem ser divididas em três grupos que mostram a sua direção prática na vida cristã.
Quais são os seus frutos?
Reflita sobre as dimensões do Fruto do Espírito:
0

Testemunhas de Jeová

-Tema: SEITAS
 “e sereis minhas testemunhas” Atos 1.8
-Introdução: Fundada por Charles Taze Russel em 1872. Russel marcou a volta de Jesus para o ano de 1914, arrebanhou uma multidão de fiéis e depois, como não se cumpriu sua profecia, continuou criando heresias para justificar suas doutrinas.
Antes de fazer qualquer refutação das heresias, devemos admitir o empenho de seus seguidores. Se no meio evangélico tivéssemos o compromisso missionário semelhante às Testemunhas de Jeová, certamente não haveria nem espaço para doutrinas estranhas, pois o evangelho teria sido pregado nos quatro cantos da terra (Marcos 13.10).
Como responder às testemunhas de Jeová?
Aspectos doutrinários das Testemunhas de Jeová e algumas referências bíblicas para refutar suas heresias:
0

Ciúmes do Espírito

“Ou supondes que em vão afirma a Escritura: É com ciúme que por nós anseia o Espírito, que ele fez habitar em nós?”.
Tiago 4.5
-Introdução: Esta expressão chama atenção por estar relacionada ao Espírito Santo. Quando lemos esta passagem, parece soar mal ao dizer que o Espírito Santo teria ciúmes de nós.
O apóstolo Tiago falava sobre o mundanismo, convidando aos crentes a viver uma vida santificada (Tiago 4.1-3). Seu objetivo era exortar a uma vida dedicada a Deus, não se iludindo com o que chama de “amizade do mundo”.
O Espírito Santo sente ciúmes?
Vamos refletir sobre esta expressão:
0

Purificação Espiritual

"Contudo, o ouro, a prata, o bronze, o ferro, o estanho e o chumbo, tudo o que pode suportar o fogo fareis passar pelo fogo, para que fique limpo; todavia, se purificará com a água purificadora; mas tudo o que não pode suportar o fogo fareis passar pela água".
Números 31.22,23
-INTRODUÇÃO: Purificação é um processo de limpeza, onde se tira toda sujeira ou mistura de algum objeto deixando só uma substância em sua formação. Ex: um anel de prata pura é só prata e nenhum outro metal. O OBJETIVO DA PURIFICAÇÃO É LIMPAR.
COMO ERA O PROCESSO DE PURIFICAÇÃO?
A água lava e tira as impurezas exteriores e as impurezas mais profundas que a água não consegue limpar, são tiradas no fogo ao derreter.
Quando se queria consagrar algum objeto, este era lavado e apresentado no altar do Senhor. Mas quando se trata de um metal, QUE SUPORTA O FOGO, e se houvesse alguma mistura ou sujeira mais profunda, devia passar pelo fogo e então toda sujeira que saísse pelas beiradas do crisol era tirada até o metal brilhar e se tornar como um espelho. Depois de purificado pelo fogo tinha que passar pelas águas, e então era consagrado.
  Este texto nos fala sobre a purificação de metais, mas nós podemos tirar uma lição muito boa para as nossas vidas, quanto á nossa purificação.
Como Deus nos purifica?
Vejamos como Deus nos purifica usando os símbolos da água e do fogo:
0

Onde foi que eu errei?

-Tema: MOTIVACIONAL
Mateus 22.29
-Introdução: Erros são inevitáveis, mesmo assim precisamos procurar errar o menos possível para viver melhor. Aprendemos com os nossos erros e também quando vemos os erros de outras pessoas. Depois que erramos uma vez, fica a lição para não repetir novamente.
Ao invés de olhar para trás procurando onde errou, seria melhor olhar adiante em busca de acertar mais. Não adianta culpar pessoas ou situações. O mais importante é tentar mudar a situação e aprender como acertar.
Por que erramos?
Jesus ensina duas coisas que nos ensinam acertar:
0

O Motivo Maior

-Tema: MOTIVACIONAL
“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”.  João 3.16
-Introdução: Tudo que fazemos tem uma motivação. Grandes homens e mulheres da história cresceram diante de grandes desafios. Ao encontrar respostas para as incertezas e injustiças da vida, lutaram por uma causa, mantendo-se motivados pela verdade que acreditavam.
Muitos erros da vida são ocasionados por respostas incorretas e motivações erradas. Então precisamos encontrar este ‘porquê’ para realizar nossos sonhos. Se Deus é maior que tudo, logo suas motivações são proporcionais ao seu poder.
O que motiva você?
Vamos refletir sobre as respostas e encontrar motivações para a vida:
1

Aprendendo a Semear

-Tema: MISSÃO
“Semeia pela manhã a tua semente e à tarde não repouses a mão, porque não sabes qual prosperará; se esta, se aquela ou se ambas igualmente serão boas”.
Eclesiastes 11.6
-Introdução: Quando observamos o semeador lançando a semente na terra, aprendemos muito sobre a vida. O ato de semear nos ensina sobre nossos sonhos e projetos. A relação do semeador com a semente e desta com o solo, pode ser comparada com nossa vida, nossos sonhos e a bênção de Deus, respectivamente.
Jesus sempre usou a linguagem rural para suas ilustrações. Mas também poderia ter falado do comércio ou do serviço artesão que já eram muito comuns no ambiente do povo. Contudo, o Mestre sabia que a semente tinha muito a nos ensinar.
O que você tem semeado?
Vamos refletir sobre o ato de semear:
0

O que você precisa?

 -Tema: VIDA CRISTÃ
João 4.5-29
-Introdução: As pessoas vivem em função de suprir suas necessidades. O mundo moderno está sempre criando novas necessidades para conquistar consumidores. Mas Deus sabe realmente o que necessitamos muito mais do que nós mesmos e nos abençoa não segundo o que pedimos, mas vai além (Efésios 2.21).
No encontro de Jesus com a mulher samaritana, percebemos uma busca por necessidades em cada personagem do texto. Para cada necessidade humana, Deus tem uma forma superior de nos suprir.
O que você está precisando?
Vamos refletir sobre as necessidades do ser humano à luz do que o texto nos ensina:
1

Jesus é maior!

-Tema:  
Mateus 12
-Introdução: Nas listas de ‘top 10’ são apresentados os maiores ou melhores de uma categoria. Os resultados são colhidos na opinião pública, tendo consenso da unanimidade. No tempo de Jesus na terra, também havia listas dos grandes nomes no meio de seu povo. Esta discussão parece se destacar no capítulo 12 de Mateus e Jesus deu respostas que mexeram com os conceitos de grandeza do judaísmo. Se a preocupação do povo era seguir o ensino de alguém grande, então estavam diante do maior personagem que a história já conheceu.
Jesus é o maioral em sua vida?
Vamos refletir sobre os textos onde Jesus diz que é maior:
0

Pregações para o Ano Novo

2

Tempo de restauração

-Tema: ESPERANÇA
Salmos 126
-Introdução: Restaurar algo que foi destruído muitas vezes é mais difícil que começar tudo de novo. Reformar uma casa ou um objeto não é fácil, mas é muito bom e às vezes fica muito melhor que antes. É muito recompensador ver algo que antes estava acabado ser renovado.
As palavras do Salmo 126 afirmam que Deus pode nos enviar sua restauração semelhante ao deserto do Neguebe que em certa época do ano é regado por uma enxurrada que vêm dos montes em tempo chuvoso. O deserto seco se transforma em um lindo jardim. Este fenômeno acontece de tempo em tempo e serve de inspiração para o povo de Deus saber que Deus sempre restaura suas vidas.
Sua vida já foi restaurada?
Vamos aprender com o Salmo 126 quando devemos restaurar nossa vida:
1

O mover do Espírito

-Tema: MOTIVACIONAL
Gênesis 1.1,2
-Introdução: Em alguns momentos da vida, pensamos que tudo está parado e não vemos nada acontecer. São tempos de ansiedade e preocupação. Mas mesmo que não conseguirmos ver ou sentir nada, podemos crer que Deus está agindo em nosso favor. Deus é proativo e hiperativo. O Senhor não fica parado nem por um segundo sequer ao menos para piscar os olhos (Salmos 121.4), pois o tempo todo está cuidando de nós.
Antes da criação de tudo que existe, reinava o silêncio e escuridão até que a voz de Deus rompeu ordenando que tudo fosse criado. A partir de então houve brilho e beleza por toda parte. Com apenas uma palavra de Deus tudo pode acontecer em sua vida.
Você percebe o mover de Deus em sua vida?
Vamos aprender que o Espírito de Deus se move:
0

Milagres do Natal

-Tema: NATAL
“Porque para Deus não haverá impossíveis em todas as suas promessas”. Lucas 1.37
-Introdução: Natal é tempo de milagres. O maior milagre aconteceu quando Jesus veio ao mundo. A expressão de Maria declarando que “para Deus não haverá impossíveis”, revela a sequência de milagres que o nascimento de Jesus desencadearia.
Muitas famílias vivem situações tão difíceis durante o ano, que ao final do mesmo, somente um milagre possibilitaria um Natal feliz. Mas este é o propósito deste momento, celebrar a presença e o poder de Deus acima de qualquer dificuldade.
Você precisa de um milagre?
Vamos refletir sobre sete milagres que aconteceram no nascimento de Jesus: