O amor à Casa de Deus

-Tema: REVERÊNCIA
“Eu amo, SENHOR, a habitação da tua casa
e o lugar onde a tua glória assiste”
Salmos 26.8
-Introdução: A casa de Deus hoje somos nós como “santuário do Espírito Santo” (I Coríntios 3.16). Contudo, o lugar de adoração chamado de templo também deve ser respeitado como um lugar especial para a presença de Deus. Onde aprendemos e passamos pelas maiores experiências de nossas vidas não pode ser considerado um lugar comum.
O propósito deste estudo é fortalecer o respeito em nossas igrejas e não mistificar o templo físico como se fosse a única habitação de Deus (Isaías 66.1). No tempo do Antigo Testamento, o templo era reverenciado pelo povo e este sentimento respeitoso nos ensina muito como devemos amar nossas igrejas.
Você ama a Casa de Deus?
Veja como os Salmos falam do amor à Casa de Deus:

1- A Casa de Deus é um lugar para toda vida: Salmos 27.4 “uma coisa peço ao Senhor e a buscarei: que eu possa morar na Casa do Senhor todos os dias da minha vida...”
O trânsito religioso é um fenômeno mundial que tem levado as pessoas a trocarem de igreja de tempo em tempo. O capitalismo moldou a mente da sociedade para consumir serviços comprando cada dia em um lugar que lhe traga mais benefícios. Deste modo as pessoas estão indo às igrejas que mais lhe agradam para consumir um serviço religioso. Isso é percebido nas estatísticas que comprovam que a maior parte das pessoas que chegam a uma igreja vieram de outra denominação.
A Palavra de Deus ensina que devemos viver para sempre na presença de Deus. O salmista declara que almeja “habitarei na casa do Senhor para todo sempre” (Salmos 23.6). Um grande exemplo são as famílias que dedicam toda sua vida numa igreja e servem a Deus juntos por gerações, unidos na presença de Deus.
Você está na sua igreja há quanto tempo?
Não pense em sair nunca!


ASSISTA:

2 – A casa de Deus é um lugar de Glória: Salmos 29.9 “no seu templo tudo diz: Glória”
Tanto o Tabernáculo feito por Moisés como o templo construído por Salomão, eram esplêndidos. Construções de marcar a mente e o coração de qualquer visitante. Entretanto a presença de Deus era ainda mais forte do que toda a beleza deste santuário. Quando Salomão foi inaugurar o templo, enquanto as pessoas admiravam a formosura da edificação, Deus veio com sua glória em forma de uma nuvem e cobriu tudo para mostrar que sua presença é a coisa mais importante deste lugar (II Crônicas 7.1-3).
Nossos templos devem ser lugares bonitos e bem cuidados. A dedicação que damos ao lugar de oração demonstra nosso carinho por ele. Se cuidamos de nossa casa, devemos fazer o melhor pela casa de Deus (Ageu 1.4-9). Contudo a marca maior de nossas igrejas deve ser a presença de Deus. Pouco adianta um salão luxuoso para um evento social apenas se não for marcado pela glória de Deus. Esta busca pela presença do Senhor é cultivada através de oração, jejum, adoração e ministração da Palavra de Deus.
Você sente a presença de Deus em sua Igreja?
Busque sentir a Glória de Deus!

3- A Casa de Deus é um lugar de Misericórdia: Salmos 48.9 “pensamos, ó Deus, na tua misericórdia, no meio do teu templo”
Na história da salvação, o templo foi uma estratégia Divina para que as pessoas tivessem um lugar onde encontrassem o perdão para os seus pecados. Mesmo debaixo da lei, o pecador ia ao templo com seu sacrifício e voltava aliviado de suas culpas.
Misericórdia significa perdão e compaixão. A Igreja deve ser um lugar onde há aceitação do próximo, compreensão e inclusão de pessoas discriminadas. Um lugar onde você pode contar seus problemas sem ser recriminado e receber um abraço carinhoso. A igreja não é um lugar de pensar em leis e sim em misericórdia.
Muitas igrejas se enchem de regras que fazem as pessoas sempre pensarem que estão em falta com alguma coisa. Isso se torna um legalismo que impede a aceitação de um para com outro e para com Deus. A Igreja não é lugar de julgamentos e sim de misericórdia. Na casa de Deus recebemos a proclamação do perdão de nossos pecados e devemos também perdoar ao próximo. Não devemos fazer nada pensando no merecimento próprio ou de qualquer pessoa, pois não somos dignos, mas pela misericórdia.
Sua Igreja é um lugar acolhedor?
Faça tudo na igreja por misericórdia!

4- A casa de Deus é um lugar de Cuidado: Salmos 69.9 “o zelo da tua casa me consumiu”
O Tabernáculo e o Templo eram guardados 24 horas por dia. Havia escalas de levitas para ministrar adoração ininterrupta. Os levitas se revezavam em turnos para dar conta do serviço. Eram tantas as funções que foi preciso de muita gente envolvida. Por isso o salmista fala do ‘zelo’ pela casa de Deus.
Muitas igrejas têm uma agenda cheia de programações levando seus membros ao ativismo religioso. Com isso as pessoas passam muito mais tempo fazendo coisas na igreja do que realmente buscando a presença de Deus ou se dedicando ao seu próximo. Contudo, a maioria dos cristãos passa grande parte de seu tempo com outras coisas como TV, internet, lazer e festas sobrando pouco tempo para se dedicar a igreja.
Quem realmente é dedicado ao ministério que exerce, sabe quanto esforço é necessário para fazer o melhor. São anos de preparação e horas de planejamento para qualquer atividade. Todo este zelo mostra o amor ao que faz sabendo que “no Senhor o vosso trabalho não é vão” (I Coríntios 15.58).
Quanto tempo você dedica na igreja?
Faça o seu melhor para Deus!

5- A Casa de Deus é um lugar muito Especial: Salmos 84.1-4 e 10 “pois um dia nos teus átrios vale mais que mil, prefiro estar à porta da casa do meu Deus, a permanecer nas tendas da perversidade”
O templo marcava a vida das famílias de Israel que todos os anos subiam para Jerusalém para as festas dos Tabernáculos, Pentecostes e principalmente a Páscoa. Para isso se preparavam o ano todo com expectativa de ver novamente a Casa de Deus.
O salmista declara seu prazer pela Casa de Deus dizendo que é o melhor de todos os lugares de sua preferência. Observa que havia passarinhos que faziam seus ninhos e compreende que este comportamento seria porque também têm prazer em estar na presença de Deus (Salmos 84.3).
Do mesmo modo a igreja é um lugar onde apresentamos nossas crianças, educamos os filhos, comemoramos datas especiais, confraternizamos com os irmãos nossos melhores momentos e também choramos entregando as tristezas na presença de Deus. Quem ama a Casa de Deus tem o templo como lugar de suas maiores emoções.
A igreja é um lugar especial para você?
Dedique seus melhores momentos na Casa de Deus!

6 – A casa de Deus é um lugar de Santidade: Salmos 93.5 “à tua casa convém a santidade, Senhor para todo sempre”
Para servir no santuário era preciso muita preparação. Se o sacerdote estivesse em pecado sabia que seria exterminado. Antes de ministrar era preciso se santificar para não estar em pecado. Por isso primeiro vinha o altar do sacrifício, depois a bacia de lavar, depois os demais setores onde havia o candelabro com a luz, a mesa com os pães, o incensário até chegar ao lugar santíssimo.
As pessoas que somente iam fazer orações ficavam lá fora no átrio. Os levitas que adoravam a Deus ministravam mais a dentro, no lugar santo. Somente os sacerdotes poderiam ir ao Santo dos Santos e nunca sem oferecer o sacrifício pelo pecado (Hebreus 9.7). Este era um processo de santificação para chegar até a presença de Deus.
A Igreja é um lugar de santificação. Através do sangue dos Cordeiro de Deus, Jesus Cristo, o pecador recebe o perdão dos pecados sendo santificado “o sangue de Cristo ... purificará a nossa consciência” (Hebreus 9.14). Através da pregação da Palavra de Deus o cristão vai santificando sua vida a cada dia (João 17.17).
O comércio religioso fez de muitas igrejas um lugar mais parecido com um shopping do que com um templo. Isso irritou muito o Senhor Jesus quando chegou ao templo e viu pessoas comprando e vendendo, porque ali é “chamada Casa de Oração” (Mateus 21.13) e não de comércio. Precisamos fazer da igreja um lugar mais de consagração a Deus do que de vontades humanas.
Sua igreja ensina sobre santidade?
Santifique sua vida para servir a Deus!

7- A casa de Deus é um lugar de Alegria: Salmos 122.1 “alegrei-me quando me disseram: vamos à casa do Senhor”
O povo de Israel subia para o templo cantando os hinos de romagem conhecidos como ‘cânticos de degraus’ entre os Salmos 120 a 134. A cada etapa da subida para Jerusalém paravam e cantavam. Esta era uma forma de expressar sua alegria em visitar a casa de Deus. O Salmo 137 descreve a tristeza do povo no cativeiro que nem conseguia cantar porque estavam distantes do templo.
A Casa de Deus é um lugar satisfação, pois “bem-aventurado aquele a quem escolhes e aproximas de ti, para que assista nos teus átrios, ficaremos satisfeitos com a bondade de tua casa – o teu santo templo” (Salmos 65.4). O servo de Deus encontra prazer em servir ao Senhor (Salmos 1.2). Desde a música até cada detalhe do culto deve ser feito com muita alegria (Salmos 100.1,2).
Nossos templos devem ser bem ornamentados proporcionando um ambiente alegre. Desde a música, dança e tudo no culto devem ser exultantes com linguagem motivadora que traga ânimo a todos. Momentos de confraternização e descontração podem ser formas de alegrar a comunidade de fé.
Você tem alegria em ir à Igreja?
Sirva a Deus com prazer!
Ame sua igreja como a Casa de Deus!

-CONCLUSÃO: “entrarei na tua casa e me prostrarei diante do teu santo templo no teu temor” Salmos 5.7
Precisamos restaurar o temor ao entrar na casa de Deus. A desmistificação do templo como lugar da presença de Deus fez com que as pessoas se tornassem céticos com a relação a igreja, sem contar com as decepções com a instituição e liderança. Mesmo assim a Casa de Deus deve ser um lugar especial para cada cristão e “guarda o teu pé quando entrares na casa do teu Deus” (Eclesiastes 5.1).
Você sente respeito por sua Igreja?
Precisamos aprender a amar mais nossas igrejas!

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões.
Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodista de São Paulo.
Pós Graduação em Filosofia pela ISEIB - Instituto Superior de Educação Ibituruna.
Licenciatura em Letras pela ISEED - Instituto Educacional Elvira Dayrell.
Extensão em Grego Bíblico pela MACKENZIE - CPAJ.
Siga Google+.

10 comentários:

  1. isto mesmo devemos amar a casa de deus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AGENTE DEVE AMAR A DEUS E RESPEITAR A CASA DE DEUS

      Excluir
  2. A casa de Deus é o melhor lugar onde podemos estar e com certeza o Espirito de Deus se faz presente contemplando os seus filhos

    ResponderExcluir
  3. Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.

    ResponderExcluir
  4. pr.Clelmo,foi muito bom ,ministrar este estudo,foi uma benção na igreja,parabéns pastor pela sabedoria que Deus lhe concedeu.

    ResponderExcluir
  5. A casa de Deus é o melhor lugar onde podemos estar e com certeza o Espirito de Deus se faz presente ótimo post.
    www.amentedecristo.com

    ResponderExcluir
  6. A casa de DEUS é lugar de reverencia.

    ResponderExcluir
  7. devemos ir a casa de Deus com alegria nao reclamando da vida!

    ResponderExcluir

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.