O objetivo da Profecia

-Tema: DISCERNIMENTO
“mas o que profetiza fala aos homens,
edificando, exortando e consolando”
I Coríntios 14.3
-Introdução: As profecias são mensagens de Deus para os nossos corações. Contudo precisamos entender o seu objetivo antes de aceitar o que ouvimos. Por isso, o apóstolo Paulo orienta que devemos julgar as profecias (I Coríntios 14.29). O próprio Senhor Jesus advertiu que “guardai-vos dos falsos profetas” (Mateus 7.15). Então devemos pedir a Deus o discernimento para que “não deis crédito a qualquer espírito, antes provai os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo a fora” (I João 4.1).
O profeta representa a voz de Deus falando com o homem. Precisa ter cuidado de falar somente o que Deus mandou e da forma que Deus disse (Jeremias 23.28). Quando a profecia vem de Deus mesmo, produz paz no coração de quem recebe “porque Deus não é Deus de confusão e sim de paz” (I Coríntios 14.33).
Qual o propósito de uma profecia?
Vamos refletir nos três objetivos das profecias:

1- EDIFICAR:
O primeiro objetivo da profecia deve ser edificar.
Quando o profeta Isaías disse ao rei Ezequias para colocar sua casa em ordem porque morreria, Ezequias foi edificado por aquela profecia e Deus lhe deu uma segunda chance (Isaías 38.1-8).
Quando você ouve uma palavra profética para sua vida, sente-se fortalecido e abençoado. A mensagem de Deus sempre promove edificação para quem ouve, porque “a manifestação do Espírito é concedida a cada um visando a um fim proveitoso” (I Coríntios 12.7). Já as palavras de homens muitas vezes desmotivam e até destroem os sonhos da pessoa. Ser edificado significa que foi acrescentado algo em sua vida. O contrário é quando você fica confuso, com dúvida, medo ou desanimado.
A profecia que você recebeu te edificou?
Se for de Deus você é edificado!

2 - EXORTAR:                                                                                                            
O segundo objetivo da profecia é exortar.
Um exemplo de profecia que exorta foi o profeta Natã quando admoestou o rei Davi por seu pecado para que se arrependesse (II Samuel 12.1-15).
Deus tem toda autoridade de nos chamar atenção e o profeta quando usado por Deus, verdadeiramente, faz estremecer aquele que ouve porque sabe que está com a razão. Para ministrar uma exortação, o profeta deve ter autoridade de Deus, se não a pessoa fica apenas revoltada e não aceita ser corrigida. A exortação por mais severa que seja, deve ser feita em amor, “pois o Senhor corrige ao que ama” (Hebreus 12.6). A maioria dos profetas da Bíblia tem um perfil exortativo em suas profecias chegando até mesmo a denunciar os pecados no meio do povo.
Você recebeu uma exortação?
Aceite ser corrigido por Deus!

3- CONSOLAR:
O terceiro objetivo da profecia é consolar.
Ananias foi enviado por Deus para entregar uma palavra de consolo para Saulo após seu encontro com Jesus, pois precisava de apoio e orientação para sua nova vida (Atos 9.10-17).
A mensagem que vem de Deus traz conforto para quem recebe. Saber que Deus está falando conosco já é motivo de tranquilidade. Muitas pessoas precisam de uma palavra de esperança e esperam uma resposta de Deus, “porque todos podereis profetizar, um após outros, para todos aprenderem e serem consolados” (I Coríntios 14.31). Através de uma profecia recebemos a resposta de nossas orações. O Espírito Santo é o consolador, por isso usa pessoas espirituais para enviar palavras de conforto quando precisamos (João 14.26).
Você precisa de uma resposta?
O Senhor está cuidando de você!

Deus ainda usa profetas!

-CONCLUSÃO: I Tessalonicenses 2.11,12 “...como pai a seus filhos, a cada um de vós, exortamos, consolamos e admoestamos a viverdes de modo digno de Deus...”
Através do Espírito Santo, o Senhor pode falar diretamente com cada um de nós, mas Deus também pode usar alguém para falar conosco uma mensagem enviada por Ele, porque “certamente o Senhor Deus não fará coisa alguma sem primeiro revelar o seu segredo aos seus servos, os profetas” (Amós 3.7). Então devemos estar abertos para ouvir e “não desprezeis as profecias” (I Tessalonicenses 5.20).
Uma falsa profecia é considerada pecado de adivinhação (Ezequiel 21.23). Contudo precisamos estar atentos e julgar a profecia se ela edifica, exorta ou consola nosso coração. Além disso, precisamos saber quem é a pessoa que está entregando esta profecia e se a sua mensagem condiz com seu testemunho de vida.
Você acredita em profecias?
Deus quer falar com você poderosamente!

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões.
Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodista de São Paulo.
Pós Graduação em Filosofia pela ISEIB - Instituto Superior de Educação Ibituruna.
Licenciatura em Letras pela ISEED - Instituto Educacional Elvira Dayrell.
Extensão em Grego Bíblico pela MACKENZIE - CPAJ.
Siga Google+.

6 comentários:

  1. munto bom palavras sabias e que edificao

    ResponderExcluir
  2. A respeito das profecias de Relacionamento qual a orientação biblica?
    Geysler, Recife Pernambuco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não me lembro de nenhum caso de profecia quanto a relacionamento, a não ser o caso de Isaque e Rebeca, mas este não foi por profecia e sim por OBEDIÊNCIA à palavra do pai Abraão de que seu filho se casaria com uma pessoa de seu povo.
      Creio que Deus abençoou o casamento e a união do homem com a mulher (Gn 1.22, 28).
      Qualquer profecia deve edificar, consolar e exortar.
      Se não estiver baseada na Palavra de Deus pode ser uma heresia e adivinhação, que Deus abomina (Jr 14.14).
      Que Deus te abençoe e te dê discernimento.

      Excluir
  3. E as revelações diretamente dentro da palavra de Deus.
    Pode ocorrer de revelações da parte de Deus no nossos corações?
    Como saber se vem de Deus?
    Karine.

    ResponderExcluir
  4. O homem é que escolhi sua parceira, pede a durecao de Deus e a escolhida deve ter características de uma serva de Deus, profecias de casamento geralmente são falsas... Com segunda intenção. É o que acho

    ResponderExcluir
  5. Verdade todos que responderem profecia de relacionamento,pode se considerar um erro ,pois devemos observar o julgo desigual .

    ResponderExcluir

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.