Mãe exemplar

-Tema: MÃE
“Acaso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti”
Isaías 49.15
-Introdução: O Deus Criador concedeu à mulher o dom de gerar a vida para que pudesse sentir o seu amor por alguém que sentiu surgir em seu interior. Não existe comparação melhor para o amor de Deus do que o amor de mãe.
EL SHADAY é um dos nomes de Deus que significa Todo Poderoso, mas seu significado original remete ao cuidado de uma mãe com seu filho onde todo o sustento e cuidado da criança está em sua mãe assim como tudo o que precisamos vem de Deus.
Qual o melhor exemplo de mãe?
Vamos refletir sobre duas coisas que Deus se assemelhou à mãe e duas coisas que as mães precisam se inspirar em Deus:

1- Deus se comparou às mães: “pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre?”
Duas coisas que Deus se assemelhou às mães são:
-CUIDADO: uma mãe não se esquece de seus filhos, mas se esquece de seus erros. A mãe deixa de comer, de dormir e de cuidar de si própria para cuidar de seu filho. Por mais que o tempo passe, a mãe nunca esquece da primeira vez que tomou o filho nos braços e mesmo já sendo grande a mãe ainda pensa que o filho depende dela.
-GRAÇA: a mãe olha para o rostinho do bebê pela primeira vez e acha engraçado, sorri e sente prazer, alegria em contemplar seu filho. Com o tempo, por mais que o filho mude e aborreça sua mãe, esta graça continua através da disposição em perdoar.
Deus cuida de nós com amor maternal e sua graça nos sustenta!
                              
2- As mães devem se assemelhar a Deus: “ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti”
Duas coisas que as mães precisam se inspirar em Deus:
-AMOR: Deus é puro amor (I João 4.8). A essência de Deus consiste em amar. Por isso as mães se dedicam  inteiramente aos filhos motivadas por este sentimento de amor incondicional.
-JUSTIÇA: Deus ama, mas sabe corrigir o erro (Êxodo 34.7) e ensina o que é certo. Ama o pecador e rejeita o pecado. Assim a mãe precisa manter seu carinho pelo filho e ser firme quando ao que é correto.
As mães precisam equilibrar Amor e Justiça!

Deus é o melhor exemplo para as mães!
-CONCLUSÃO:
A maternidade tem sido desvalorizada em virtude de prazeres, vaidade e pela própria dificuldade de cuidar e manter os filhos num mundo cada vez mais dominado pelo comércio. Por isso o melhor exemplo a ser seguidos pelas mães é o próprio Deus, criador da vida que colocou nelas este dom de gerar e amar.
Deus te ajuda a ser mãe!

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões. Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodsita de São Paulo. Pós Graduação em Filosofia pela ISEIB - Instituto Superior de Educação Ibituruna. Licenciatura em Letras pela ISEED - Instituto Educacional Elvira Dayrell. Extensão em Grego Bíblico pela MACKENZIE - CPAJ.
Siga Google+.

2 comentários:

  1. Eu sempre digo que mãe é mãe o resto é brincadeira.

    ResponderExcluir
  2. a paz muita boa colocaçao,,,deus continue ti abençoando,,,pr,,,,shalom,,

    ResponderExcluir

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.