Avivamento Sincero

-Tema: AVIVAMENTO
“aviva a tua obra, ó SENHOR”  Habacuque 3.2
-Introdução: Avivamento é levar vida onde havia morte. Reviver novamente (Efésios 2.1). Quem precisa de um avivamento são aqueles que estão amortecidos. Como uma planta que está murchando e após ser regada, então revive. Como uma brasa quase apagando e quando assoprada se reascende.
Quando uma pessoa tem um surto que necessita ser reanimada, logo deve-se pressionar o seu peito fortemente, depois pode-se fazer a respiração e se preciso for, um médico faz o tratamento de choque. Deste modo também acontece, quando estamos morrendo espiritualmente. Sentimos uma pressão forte no peito que são provações vindas para nos acordar. Precisamos do sopro de vida do Espírito Santo que nos reanime (Ezequiel 37.9). Mas às vezes somente um choque de poder pode nos levantar novamente.

Você precisa de um avivamento?

Vamos refletir sobre algumas características do verdadeiro avivamento:

1- ORAÇÃO: v.2 “Tenho ouvido, ó SENHOR”.

Um avivamento genuíno é fruto de uma vida de intimidade com Deus. O profeta está orando e declara que ouve a voz de Deus. Orar não é apenas falar com Deus e sim um diálogo com o Senhor. Enquanto oramos, Deus fala conosco.
Para buscar um avivamento, seja na vida pessoal ou na igreja, precisamos passar mais tempo com Deus em oração. O avivamento não acontece em congressos lotados, mas em quartos solitários, com portas fechadas em oração (Mateus 6.6).
Deus sempre se comunica conosco, nós que às vezes não o ouvimos. O fato de não conseguir ouvir Deus é um sintoma de morte espiritual (Isaías 59.2), tornando-se necessário reviver.
O Avivamento Sincero é fruto de Oração!
ASSISTA:

2- PALAVRA: v.2 “as tuas declarações”.

O avivamento verdadeiro está baseado na Palavra de Deus. Por isso Habacuque se refere às “declarações”, que são as Palavras do Senhor. As Escrituras são a fonte de sabedoria de poder para uma vida avivada. A própria “Palavra de Deus é viva e eficaz” (Hebreus 4.12).
Uma Igreja só pode ser realmente avivada se estiver baseada na Bíblia, como os cristãos primitivos, cheios do Espírito Santo “permaneciam na doutrina dos apóstolos, no partir do pão e na oração” (Atos 2.42). Se você quiser um avivamento em sua vida, dedique-se ao estudo bíblico, que te prepara para ser usado pelo Espírito Santo.
O Avivamento Sincero é baseado na Palavra!

3- SURPRESAS: v.2 “me sinto alarmado”.

O avivamento traz grandes surpresas. Habacuque se declara espantado com tanta grandeza do poder de Deus. Em cada lugar e com cada pessoa Deus age de uma forma nova, “mas um só e o mesmo Espírito realiza todas estas coisas, distribuindo-as, como lhe apraz, a cada um, individualmente (I Coríntios 12.11). Então não existem fórmulas prontas para um avivamento. Não será através de um evento apenas ou de um bom pregador que Deus vai avivar sua Igreja. Quando conhecemos ao Espírito Santo, ficamos maravilhados com tudo que Deus faz. Uma vida avivada faz que “também andemos nós em novidade de vida (Romanos 6.4). Jesus mesmo disse “aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço e outras maiores fará (João 14.12). Quando estamos cheios do Espírito Santo, Deus realiza coisas surpreendentes e milagrosas. Tornamos-nos mais sensíveis a perceber as obras de Deus.
O Avivamento Sincero é traz Surpresas!

4- TEMPO: v.2 “no decorrer dos anos, e, no decurso dos anos”.

Habacuque entendia que Deus sempre restaurava o seu povo, como aconteceu na história, então esperava que acontecesse em sua geração. Por isso pediu que Deus realizasse no tempo certo. Devemos ficar firmes em oração como os crentes no cenáculo até que o Espírito venha (Atos 2.1).
O avivamento vem na hora que o Senhor determina e não quando marcamos. A obra de Deus acontece no tempo de Deus (Eclesiastes 3.1). O tempo de Deus não é o mesmo que o nosso (II Pedro 3.8). Também podemos saber se um movimento é de Deus através de sua duração, porque “tudo quanto Deus faz durará eternamente (Eclesiastes 3.14). Se permanecer certamente será verdadeiro, mas se for passageiro é porque se trata de algo apenas humano.
O Avivamento Sincero acontece com o Tempo!    

5- EVANGELIZAÇÃO: v.2 “faze-a conhecida”.

O profeta Habacuque desejava que as palavras de Deus fossem conhecidas pelas pessoas. Como proclamador da mensagem de Deus, sentia-se realizado quando corria a notícia entre o povo sobre o que foi profetizado.
O avivamento verdadeiro acontece com a divulgação do Evangelho. Antes da volta de Jesus, acontecerá um grande avivamento, quando “será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações” (Mateus 24.14).Um crente avivado se torna um evangelista nato, porque não consegue deixar de falar do que Deus faz em sua vida (Atos 4.20).
O Avivamento Sincero é promove a Evangelização!

6- ARREPENDIMENTO: v.2 “na tua ira, lembra-te da misericórdia”.

Como o povo não merecia a bênção Divina, pois muitas vezes provocaram a ira de Deus e por isso estavam em ruinas. Então Habacuque intercede pedindo perdão e clamando a misericórdia do Senhor.
Sem arrependimento não acontece avivamento. Uma igreja onde acontecem grandes festas com muito barulho, gritos, palmas e danças não é a prova de um avivamento. Entretanto, quando vidas se convertem arrependidas de seus pecados, aí sim, vemos pessoas que estavam mortas sendo restauradas à vida (Colossenses 1.13).
O Avivamento Sincero traz Arrependimento!

7- FIDELIDADE

Habacuque 3.17,18 “Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado, todavia, eu me alegro no SENHOR, exulto no Deus da minha salvação”.
A esperança de Habacuque era vivenciar o agir de Deus, mas estava preparado para continuar lutando quanto tempo fosse necessário. Aprendeu a confiar em Deus independente das circunstâncias.
Quando acontece um genuíno avivamento, as pessoas se tornam mais dedicadas a Deus e mais espirituais. O fruto do Espírito não faz de nós pessoas arrogantes e cheias de si, mas produz “fidelidade, mansidão e domínio próprio” (Gálatas 5.23). A perseverança é uma condição para receber o Espírito Santo (Lucas 24.49).
O Avivamento Sincero produz Fidelidade!

Deus quer te avivar!

-CONCLUSÃO

Habacuque 2.1-3 “Pôr-me-ei na minha torre de vigia, colocar-me-ei sobre a fortaleza e vigiarei para ver o que Deus me dirá e que resposta eu terei à minha queixa. O SENHOR me respondeu e disse: Escreve a visão, grava-a sobre tábuas, para que a possa ler até quem passa correndo. Porque a visão ainda está para cumprir-se no tempo determinado, mas se apressa para o fim e não falhará; se tardar, espera-o, porque, certamente, virá, não tardará”.
Habacuque viveu em meio a um povo que estava morto espiritualmente, por isso sentiu necessidade de um avivamento. Colocou-se na torre de vigia, escreveu para que todos soubessem e esperou no Senhor por uma mudança na realidade espiritual de seu povo.
A Igreja passou por vários períodos de avivamento em sua história. Na Idade Média, houve um longo período, chamado ‘A Era das Trevas’1, devido a tamanha ignorância e esfriamento espiritual. Depois aconteceu a Reforma Protestante que abriu caminhos para o Iluminismo, como renascer de um novo momento tanto para o mundo secular como religioso.
Após um tempo a Igreja precisava ser renovada mais uma vez e em cada época, foi surgindo novos avivalistas que marcaram o mundo, como Jonathan Edwards (1703 - 1758), John Wesley (1703-1791), Charles G. Finney (1792-1875), Charles H. Spurgeon (1834-1892), Dwight Lyman Moody (1837 - 1899), Willian Joseph Seymour (1906). Todos estes pregadores lutaram pelo renascimento da Igreja Verdadeira2.
Como Habacuque, precisamos tomar uma posição e declarar o que Deus quer fazer, esperando a restauração da obra do Senhor. Se você está em meio a pessoas amortecidas espiritualmente, seja um profeta do avivamento. Não declare a morte da igreja, como quem dá um atestado de óbito, mas seja um proclamador de boas novas.
Deus quer te usar para um avivamento!

______________________________
1 GONZÁLES, Justo. Uma História Ilustrada do Cristianismo, A Era das Trevas. São Paulo: Ed. Vida Nova, 1993. Vol.7.
2 SPENER, Phillip Jacob. Mudança para o Futuro: Pia Desideria. Curitiba e São Bernardo do Campo: Encontrão Editora e IEPG Ciências da Religião, 1996.
Citações Bíblicas: Bíblia Revista e Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil.


Uma pesquisa histórica que analisa a prática da evangelização cristã até o final do segundo século, buscando descobrir elementos da organização da Igreja, dos modelos de discipulado e de capacitação dos novos convertidos e das lideranças cristãs. A questão de fundo é como se dava a evangelização e o crescimento da igreja a partir do Movimento de Jesus.
Número de páginas: 65   -   Formato: A5 148x210
Adquira o E-book: 



Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões.
Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodista de São Paulo.
Pós Graduação em Filosofia pela ISEIB - Instituto Superior de Educação Ibituruna.
Licenciatura em Letras pela ISEED - Instituto Educacional Elvira Dayrell.
Extensão em Grego Bíblico pela MACKENZIE - CPAJ.
Siga Google+.

0 COMENTE!:

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.