O clamor da multidão

-Tema: CONVERSÃO

“Asseguro-vos que, se eles se calarem, as próprias pedras clamarão”. Lucas 19.40

-Introdução: A sociedade tem a tendência de agir coletivamente através da ação da massa. Os romanos usavam uma estratégia para influenciar o povo distribuindo alimento e fazendo espetáculos chamados de ‘pão e circo’.  Esta massificação dos comportamentos sociais faz que as pessoas muitas vezes entrem no coro da multidão sem saber o que realmente estão gritando.
Jesus foi aclamado pelo povo ao entrar em Jerusalém. Os fariseus mandaram que parassem. Mas o Senhor deixou claro que não poderiam silenciar o povo. Os mesmos fariseus usaram o uma turba para determinar o julgamento de Jesus. Deste modo a mesma multidão que um dia louvou, pouco depois condenou.

O que você tem clamado?

Vamos meditar sobre alguns ‘brados’ da multidão a respeito de Jesus:


1- HOSANA

Mateus 21.9 “E as multidões, tanto as que o precediam como as que o seguiam, clamavam: Hosana ao Filho de Davi! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas maiores alturas!”.
A entrada triunfal de Jesus em Jerusalém no início da festa doa Pães Asmos, chamou a atenção das autoridades. O povo voluntariamente recebeu o Senhor Jesus com louvor declarando ser “o filho de Davi”. Isso foi no tradicional ‘domingo de ramos’ relembrado culturalmente no meio cristão como abertura da semana santa. Um grande coro declarava ‘Hosana’ de forma que as vozes ecoavam interminavelmente.
Quando Jesus entra em nossas vidas, logo o louvamos com fervor. Tudo se torna em festa e alegria. Reconhecemos como Senhor e abrimos as portas do nosso coração. Todos os dias, devemos dizer este ‘bem-vindo’ para Jesus.
Jesus seja bem-vindo!

ASSISTA:
                              

2- CRUCIFICA-O

Lucas 23.18 e 21 “toda a multidão, porém gritava: Fora com este! Solta Barrabás!”... “Eles, porém, mais gritavam: Crucifica-o! Crucifica-o!”.
Ainda no meio da mesma semana, provavelmente na quarta ou quinta-feira, a mesma multidão gritou com fúria que Jesus devia ser crucificado. Devido ao momento solene de julgamento, o povo estava presente. Embora não fossem exatamente as mesmas pessoas reunidas, muitos estavam nos dois momentos. Certamente estas palavras doeram tanto em Cristo como aqueles cravos.
Este grito da crucificação acontece em nossas vidas quando pecamos “visto que, de novo, estão crucificando para si mesmos o Filho de Deus e expondo-o à ignomínia” (Hebreus 6.6). O sacrifício de Jesus foi único e determinante por nós apagando nossos pecados (Hebreus 9.26), mas quando não reconhecemos isso estamos tentando nos justificar com as próprias obras. Este grito de ‘Crucifica’ ainda precisa ser dito para nós mesmos porque “os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e concupiscências (Gálatas 5.24).
Não crucifique a Jesus de novo!

3- RESSUSCITOU

Lucas 24.34 “os quais diziam: O Senhor ressuscitou e já apareceu a Simão!”.
No domingo pela manhã, bem cedo o dia ainda clareava, o que se ouviu foi diferente. Os anos declararam que Jesus ressuscitou (Mateus 28.6,7) e as mulheres saíram contando que o Mestre estava vivo (João 20.18). Certamente estavam eufóricos ao dizer estas palavras ao ponto de gritarem.
Toda vez que passamos pelo “vale da sombra da morte” (Salmo 23.4) e conseguimos vencer, lembramo-nos do poder de ressurreição que pertence a Jesus, o Autor da vida. Quando nascemos de novo e ganhamos uma nova vida, então ressuscitamos com Cristo. Acreditar na ressurreição é uma fé que não tem limites.
Jesus reviveu e está entre nós!

4- MARANATA

Apocalipse 22.17 “o Espírito e a noiva dizem: Vem!”.
O último grito a ser clamado é o anúncio da volta de Jesus, quando o povo de Deus clama “Maranata!” (I Coríntios 16.22), que significa: ora vem Senhor Jesus. Contudo estas palavras só poderão ser ditas por quem um dia declarou ‘Hosana’ e mesmo que um dia tenha dito ‘Crucifica’, reconheceu a tempo que Jesus ‘Ressuscitou’ em sua vida.
Como servos do Senhor precisamos dar este último grito de aviso da volta de Jesus. Existem muitas pessoas que vivem como se Jesus estivesse morto e nunca o receberam como Senhor em seu coração (Romanos 10.9,10). Precisamos anunciar este evangelho de boas notícias pra todo o mundo até que Jesus volte (Marcos 13.10).
Jesus está voltando!

Não fique em silêncio!

-CONCLUSÃO:
Em qual multidão você está?
A multidão que diz: Hosana?
A multidão que diz: Crucifica?
A multidão que diz: Ressuscitou?
A multidão que diz: Maranata?
Talvez você esteja em todas estas multidões de vozes. Deus quer ouvir sua voz no meio de milhares de vidas que foram redimidas por Jesus. O Senhor ouve tudo o que acontece no mundo (Êxodo 3.7-9).
Receba a Jesus como Senhor em sua vida, crucifique sua carne, receba uma nova vida e saiba que Jesus virá para te buscar.

Deus está ouvindo o seu clamor!

______________________________
Citações Bíblicas: Bíblia Revista e Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil.

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões.
Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodista de São Paulo.
Pós Graduação em Filosofia pela ISEIB - Instituto Superior de Educação Ibituruna.
Licenciatura em Letras pela ISEED - Instituto Educacional Elvira Dayrell.
Extensão em Grego Bíblico pela MACKENZIE - CPAJ.
Siga Google+.

0 COMENTE!:

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.