Minha casa é a Casa de Deus

-Tema: FAMÍLIA
Salmo 122
-Introdução: Este lindo Salmo fala da Casa de Deus, mas também pode ser aplicado às nossas casas quando fazemos dela uma parte da Casa do Senhor. O povo de Deus entendia assim, ao aspirar por Jerusalém, desejavam estar sempre no santuário do templo. Por isso faziam suas peregrinações em longas jornadas até Jerusalém sempre levando consigo a lembrança do lugar sagrado para seus lares.
Convido você a ler este Salmo pensando que Jerusalém é a sua casa, e lá também está a Casa de Deus. Assim fazia o profeta Daniel, bem longe na Babilônia, mas em seu quarto abria a janela para o lado de Jerusalém desejando estar na Casa do Senhor e fazendo de sua casa um lugar para a presença de Deus (Daniel 6.10).

Sua casa é a Casa de Deus?

Vamos refletir no Salmo 122 e entender algumas atitudes para fazer de nossos lares uma parte de Casa de Deus:


1- ALEGRIA:

v.1 Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do SENHOR”.
O primeiro sentimento de quem chegava a Jerusalém era de alegria intensa. Da mesma forma, quando retornava ao lar, vindo da viagem a Jerusalém, era motivo de grande festa.
A alegria é uma marca da presença de Deus em nossas vidas porque é um fruto do Espírito Santo (Gálatas 5.22). Nossas famílias precisam de alegria porque quem está alegre é fortalecido (Neemias 8.10). Uma família entristecida se torna frágil.
Se você quiser que sua casa seja uma parte da Casa de Deus, procure ser alegre com seus familiares, ministre bênçãos sobre suas vidas. Música, louvor e adoração são formas de alegrar o ambiente da casa. Mas acima de tudo é preciso estar alegre com os entes queridos. Com rigor e exigências não é possível trazer a presença de Deus para o lar, apenas afasta as pessoas.
Leve alegria para sua casa!

2- TEMOR:

v.2 Pararam os nossos pés junto às tuas portas, ó Jerusalém”.
Quando os caminhantes iam para a Cidade Santa, logo que a avistavam, paravam admirados com sua grandeza e formosura. Antes de entrar meditavam sobre seus pecados pedindo perdão ao Senhor e levavam seus sacrifícios para o Templo.
Este era um sentimento de temor de Deus. Um respeito profundo, que nos faz refletir sobre nossas vidas na presença de Deus. Não podemos entrar em Jerusalém de qualquer forma. É preciso reconhecer os erros e procurar mudança.
Se você quer fazer de sua casa, uma casa para Deus, deve buscar e saber que o “temor do Senhor é o princípio da sabedoria” (Salmo 111.10). Pense em sua vida, suas atitudes e palavras se estão baseadas no temor de Deus ou se você tem feito coisas erradas em sua casa. Se Deus vai morar em sua casa, então deverá temer ao Senhor.
Busque temer a Deus em sua casa!

3- FIRMEZA:

v.3 “Jerusalém, que estás construída como cidade compacta”.
A arquitetura da Cidade Santa era inigualável. O visitante ficava espantado coma grandeza e passava maior parte do tempo olhando para os muros e edificações. Esta imagem ficava fixa na memória de todos que por ali passavam como uma cidade inabalável (Salmo 125.1).
A nossa casa como Casa de Deus, deve ser um lugar seguro e firme. Não podemos deixar nosso lar desprotegido (Marcos 3.27), mas devemos estar sempre firmando nossas famílias na fé (Mateus 7.23-27). Deus não se agrada de inconstância (Tiago 1.8), então nossas famílias precisam de persistência e firmeza.
Infelizmente nos últimos tempos os relacionamentos estão sendo considerados quase que descartáveis. As famílias se formam de maneira precipitada e duram muito pouco tempo. O propósito de Deus para a família é permanente.
Procure firmar sua família na presença de Deus!

4- GRATIDÃO:

v.4 “para onde sobem as tribos, as tribos do SENHOR, como convém a Israel, para renderem graças ao nome do SENHOR
A motivação dos visitantes de Jerusalém era de agradecer a Deus pelas bênçãos recebidas. Muitos cumpriam votos de ir à Cidade Santa render graças por vitórias alcançadas. Bebês eram levados para ser apresentados ao Senhor no templo (Lucas 2.27). Ofertas voluntárias eram entregues no Santuário como forma de gratidão.
As peregrinações, como diz o texto acima, eram feitas em grupos de famílias chamadas de tribos que caminhavam próximos cuidando um do outro. O ambiente de gratidão que mantinha todos unidos.
A ingratidão tem destruído muitas famílias, que se esquecem das lutas que passaram juntos, das vitórias alcançadas e também dos favores recebidos uns dos outros. Mesmo em tempos difíceis devemos ser gratos a Deus por tudo (I Tessalonicenses 5.18).
Expresse gratidão em sua família!

5- AUTORIDADE:

v.5 “Lá estão os tronos de justiça, os tronos da casa de Davi”.
Além do templo, a cidade de Jerusalém também abrigava o palácio real, onde o rei, descendente de Davi governava. O trono de Israel e do povo de Deus estava em Jerusalém. Mas a cidade também era conhecida por ser o lugar do trono de Deus, representado pelo templo (Isaías 6.1).
Estes tronos: do rei e de Deus, significam autoridade. A presença de Deus conferia este poder ao rei que estava em Jerusalém. A promessa de Deus em manter um descendente de Davi no trono de Jerusalém era uma garantia da presença de Deus em Israel (I Reis 9.5).
Se você quer que sua casa seja também a Casa de Deus, deve entregar o domínio total de seu lar ao Senhor. Deus não quer ser um visitante qualquer em sua casa, mas deve ser o Senhor e dono de tudo. Quando Deus está no trono de nossas famílias, tudo muda. Entregar o trono a Deus significa submissão e obediência.
Entregue o trono de sua casa a Deus!

6- PAZ:

v.6,7 Orai pela paz de Jerusalém! Sejam prósperos os que te amam. Reine paz dentro de teus muros e prosperidade nos teus palácios”.
O maior sentimento dos visitantes de Jerusalém era de segurança e paz. Era como se o céu descesse à terra e tudo estivesse em perfeita harmonia. Isto era uma consequência do domínio Divino sobre o seu povo. Se Deus for o Rei haverá paz.
Desta forma, subiam para a cidade desejando que tudo estivesse em paz e também retornavam para suas casas pedindo a Deus que os guardasse na viagem e que tudo estivesse bem em seus lares.
O texto nos diz que devemos orar por paz em Jerusalém (v.6). Você tem orado pela paz em sua casa? Se no mundo tudo está perdido, dentro de nossas casas deve haver paz. Então devemos orar pedindo ao Senhor que dentro de nossos muros reine a paz.
Se você quiser que seu lar seja um lugar da presença de Deus, então deve ser uma pessoa pacífica, que faça a paz (Mateus 5.9), não aceitando contendas e intrigas que são obras da carne (Gálatas 5.19,20). Procure sempre apaziguar as coisas.
Ore pela paz em sua casa!

7- AMOR:

v.8,9 Por amor dos meus irmãos e amigos, eu peço: haja paz em ti! Por amor da Casa do SENHOR, nosso Deus, buscarei o teu bem”.
O amor à Jerusalém era tão grande que o povo nem se cansava de caminhar. Não havia distância ou dificuldade que impedisse suas idas à Cidade Santa.
O salmista pede duas vezes: “por amor”, mostrando que em nossas casas precisa haver amor. O próprio “Deus é amor” (I João 4.8), então onde não existe amor, não tem a presença do Senhor.
Quem ama procura sempre o bem do seu próximo (I Coríntios 13.4-8) e nunca o mal. Se você ama sua família procure trazer paz e o bem para sua casa e nunca problemas.
Deus ama sua família e você independente dos seus defeitos ou imperfeições de seus familiares. Este amor incondicional deve ser o laço de união da família e a base para a presença de Deus em seu lar.
Demonstre amor em sua família!

Faça de sua casa a Casa de Deus!

-CONCLUSÃO:
A nossa casa se torna a Jerusalém, ou a Casa de Deus quando existe alegria, temor, firmeza, gratidão, autoridade, paz e amor. Deixe Deus entrar em seu lar transformar em um lugar para a presença do Senhor.

Deus quer habitar em sua casa!

______________________________
Citações Bíblicas: Bíblia Revista e Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil.


Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões.
Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodista de São Paulo.
Pós Graduação em Filosofia pela ISEIB - Instituto Superior de Educação Ibituruna.
Licenciatura em Letras pela ISEED - Instituto Educacional Elvira Dayrell.
Extensão em Grego Bíblico pela MACKENZIE - CPAJ.
Siga Google+.

6 comentários:

  1. Gostei muito deus seja louvado e glorificado para todo sempre amém.
    Servo de deus: isac

    ResponderExcluir
  2. Muito edificante e importante ser ministrado nos dias atuais. Deus o abençoe mais e mais sempre pregando a verdadeira palavra de Deus.

    ResponderExcluir
  3. Virgílio Chaves Pereira12 de março de 2017 00:12

    Muito edificante e traz muito despertamento nos faz rever nossos conceitos diante de Deus e da família

    ResponderExcluir
  4. Virgílio Chaves Pereira12 de março de 2017 00:13

    Muito edificante e traz muito despertamento nos faz rever nossos conceitos diante de Deus e da família

    ResponderExcluir
  5. Foi de grande valia pra minha vida espiritual. Glória a Deus.

    ResponderExcluir
  6. Deus seja louvado!muito bom, muito edificante,realmente mensagens que nos levam a santificação nas diversas áreas de nossa vida.

    ResponderExcluir

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.