Milagres em dose dupla

“Há, porém, ainda muitas outras coisas que Jesus fez. Se todas elas fossem relatadas uma por uma, creio eu que nem no mundo inteiro caberiam os livros que seriam escritos” João 21.25
-IntroduçãoCertamente Jesus operou tantos milagres, que seria impossível para o ser humano relatar. O que foi registrado cumpre o propósito de Deus ao revelar sua Palavra (João 20.30,31).
 Os evangelhos relatam seis libertações de endemoninhados (Marcos 1.23-38; 5.1-20; 7.24-30; 9.14-29 e Mateus 12.22; 9.32-34), curas de onze leprosos sendo um sozinho (Marcos 1.40-45) e dez em grupo (Lucas 17.11-19), cura de dois paralíticos (Marcos 2.1-12 e João 5.1-9), cura de sete cegos (Mateus 9.27-31; 12.22-28; 20.29-34; Marcos 8.22-26; João 9.1-12) e três ressurreições: a filha de Jairo (Lucas 8.49-56), o filho da viúva de Naim (Lucas 7.11-17) e Lázaro (João 11.1-44). Além destes, muitos outros milagres aconteceram e se repetiram inúmeras vezes.
Vamos destacar e refletir milagres extraordinários que se repetiram duas vezes especificamente e que estavam relacionados aos discípulos, bem como ao seu chamado ao discipulado, sendo preparados para o ministério apostólico junto ao mestre. Isso nos ensina que quando Jesus nos chama opera maravilhas em nossas vidas e deseja fazer isso sempre que for necessário.

Você já experimentou milagres?

Vamos refletir sobre fatos extraordinários realizados por Jesus mais de uma vez:


1- Duas Pescarias Maravilhosas: Lucas 5.1-11 e João 21.1-11

A pesca milagrosa ou maravilhosa aconteceu duas vezes, uma no chamado de Pedro para ser discípulo (Lucas 5.1-11) e outra após a ressurreição de Jesus (João 21.1-11).

a) Semelhanças entre as duas pescarias:

- Pedro havia pescado a noite toda e não conseguido apanhar nada (Lucas 5.5 e João 21.3).
- Jesus manda que as redes sejam lançadas novamente (Lucas 5.4 e João 21.6).
- Jesus convida Pedro para segui-lo e cuidar de vidas (Lucas 5.10,11 e João 21.19).
Estas semelhanças nos ensinam que diante do nosso fracasso Deus opera milagres, também que devemos obedecer às ordens de Jesus e seguir ao nosso mestre no caminho do discipulado. Quando obedecemos à vontade de Deus, maravilhas acontecem em nossas vidas.

b) Diferenças entre as duas pescarias:

- Na primeira pescaria, Jesus entra no barco e na segunda está na praia (Lucas 5.3 e João 21.4).
- Na primeira pescaria havia mais barcos (Lucas 5.3 e 7) e na segunda vez havia apenas um barco (João 21.8).
- Na segunda pescaria, diferente da primeira, Jesus espera os discípulos na praia com pães e peixes cozidos para alimentá-los (João 21.9).
Estas diferenças nos mostram que Jesus quer entrar em nosso barco e não podemos viver sem Deus, como Pedro que havia desistido de ser discípulo voltando a ser pescador (João 21.3). Precisamos ir até Jesus e saber que Ele nunca nos abandonou. O Mestre tem alimento pronto para cuidar de nossas vidas.

Este milagre nos ensina que muitas vezes não conseguimos resultados em nossas vidas, mas quando recebemos Jesus, experimentamos a multiplicação que somente Deus pode fazer. Como Pedro que já tinha visto este milagre quando foi chamado por Jesus, mas depois da morte de seu Mestre desanimou então Jesus operou novamente a pesca milagrosa para lhe mostrar que seu amor e poder permanecem os mesmos.

Você não está vendo resultados em sua vida?
EsEee
Jesus quer operar uma pesca maravilhosa novamente!

2- Duas Tempestades: Marcos 4.35-41 e 6.45-52

Jesus acalmou a tempestade em duas ocasiões diferentes, mas o milagre foi o mesmo, mostrando que quantas forem as tempestades que enfrentarmos, tantas serão as vezes que estará conosco para trazer a paz.

a) Semelhanças entre as duas tempestades acalmadas:

- As duas tempestades aconteceram no lago de Genesaré, conhecido como Mar da Galileia.
- Nos dois momentos Jesus quem chamou para atravessar o lago (Marcos 4.35 e 6.45).
- Jesus repreendeu os discípulos por sua falta de fé as duas vezes (Marcos 4.39 e 6.50).
As semelhanças entre estas duas tempestades nos mostram que o lugar onde acontecem as turbulências de nossas vidas é sempre o mesmo, onde está nossa rotina de vida, mas em todo tempo Jesus nos desafia a atravessar as dificuldades confiando no Senhor. Quando não confiamos, somos advertidos a viver pela fé sem temer.

a) Diferenças entre as duas tempestades acalmadas:

- Na primeira tempestade os discípulos despediram a multidão (Marcos 4.36) e na segunda foi Jesus quem despediu o povo (Marcos 6.45).
- Na primeira tempestade havia mais barcos junto com os discípulos (Marcos 4.36) e na segunda vez havia apenas um barco (Marcos 6.47).
- Na primeira tempestade Jesus estava dentro do barco dormindo (Marcos 4.38) e na segunda estava fora do barco indo ao seu encontro andando sobre as águas (Marcos 6.47,48).
As diferenças entre as duas tempestades nos ensinam que muitas vezes queremos fazer o que só Jesus pode fazer (despedir as multidões), mas desejamos mandar todos embora por causa das pressões que enfrentamos por todos. Existem momentos que precisamos estar em grupo para compartilhar experiências que não viveremos sozinhos. Além disso, Jesus sempre está conosco, mesmo quando pensamos que está dormindo ou longe, seja como for, sempre virá em nosso socorro na hora certa.

Você está enfrentando tempestades em sua vida?
Jesus pode acalmar quantas vezes for preciso!

4- Duas Multiplicações de Pães: Marcos 6.30-44 e 8.1-10

O milagre da multiplicação de pães também aconteceu duas vezes.

a) Semelhanças entre as duas multiplicações:

- Nas duas multiplicações Jesus se compadece do povo (Marcos 6.34 e 8.2) e abençoa os pães e peixes antes de ser distribuídos e multiplicados (Marcos 6.41 e 8.6).
- Nas duas multiplicações Jesus mandou contar quantos pães tinham (Marcos 6.38 e 8.5) e verificaram que também havia peixes (Marcos 6.38 e 8.7).
- Nas duas vezes, antes de multiplicar os pães, Jesus mandou organizar o povo assentados em grupos (Marcos 6.39 e 8.6) e que os discípulos distribuíssem os pães ao povo (Marcos 6.41 8.6).

Estas semelhanças entre as duas multiplicações de pães nos ensinam que Jesus sabe o que precisamos e se compadece de nós, abençoando tudo o que colocamos em suas mãos, mas também nos ensina a contar o que tem nos dado e trabalha de forma organizada nos mandando fazer nossa parte.

a) Diferenças entre as duas multiplicações:

- Na primeira multiplicação havia cinco pães e dois peixes (Marcos 6.38) e na segunda, eram sete pães (Marcos 8.5) e “alguns peixinhos” (Marcos 8.7).
- Na primeira multiplicação estavam cinco mil homens (Marcos 6.44) e na segunda estavam quatro mil homens (Marcos 8.9).
- Na primeira multiplicação sobraram doze cestos cheios de pães e peixes (Marcos 6.43) e na segunda vez sobraram sete cestos (Marcos 8.8).

Estas diferenças entre as duas multiplicações nos mostram que não importa o quanto temos em nossas mãos, tudo pode ser abençoado por Deus e nada nos faltará. Também não importa quantas pessoas precisamos ajudar, o importante é que Deus sabe e fará o suficiente para nos suprir de forma que alcancemos estas vidas. Além disso, Jesus não quer haja desperdício de nada e precisamos aproveitar tudo o que Deus nos dá.

Você está precisando de uma multiplicação em sua vida?
Jesus quer multiplicar quantas vezes o que for preciso para você!

Jesus quer fazer milagres em sua vida!

-CONCLUSÃO:
Hebreus 13.8 “Jesus Cristo, ontem e hoje, é o mesmo e o será para sempre”.
Jesus ainda opera milagres! Sempre operou, realiza e quer fazer coisas maravilhosas em nossas vidas quantas vezes for preciso. Jesus gosta de fazer milagres. Se já aconteceram maravilhas em sua vida, creia que Deus quer fazer de novo. Talvez você já vivenciou experiências lindas com Deus, mas com o tempo se esqueceu, então volte a crer e se prepare para reviver o que Jesus tem para sua vida.

Jesus vai fazer milagres de novo em seu viver!

______________________________
Citações Bíblicas: Bíblia Revista e Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil.
  

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões.
Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodista de São Paulo.
Pós Graduação em Filosofia pela ISEIB - Instituto Superior de Educação Ibituruna.
Licenciatura em Letras pela ISEED - Instituto Educacional Elvira Dayrell.
Extensão em Grego Bíblico pela MACKENZIE - CPAJ.
Siga Google+.

Um comentário:

  1. Eu gostei muito,uma pregação com muita sabedoria , GLÓRIAS ao nosso DEUS ETERNO , João Benedito Bueno

    ResponderExcluir

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.