A Vida Eterna

Tema: ESTUDO BÍBLICO  

João 6.47 “Em verdade, em verdade lhes digo. quem crê em mim tem a Vida Eterna.”

Introdução: A vida eterna sempre existiu porque Deus sempre viveu e viverá eternamente (Tito 1.2). Viver eternamente é um sonho do ser humano destacado em muitas culturas, como os egípcios, que embalsamavam os corpos e construíam pirâmides para servir de túmulos, cheios de riquezas, pensando que tudo isso serviria para uma outra vida.

O apóstolo João é o autor que mais usou esta expressão “vida eterna” em toda a Bíblia. Das quarenta e cinco vezes que “vida eterna” aparece na Bíblia, somente duas estão no Antigo Testamento (Deuteronômio 32.40 e Daniel 12.2) e das quarenta e três vezes que é citada no Novo Testamento, vinte e três estão no evangelho de João.

A linguagem do evangelista João é considerada mais espiritualizada, mas por outro lado também filosófica, visto que procura dar respostas ao gnosticismo, uma filosofia mística que negava a ressurreição corpórea de Jesus. *

Jesus ensinou sobre a Vida Eterna e João andou muito próximo do Mestre, dedicando seu evangelho às sábias palavras de Cristo. Por isso, o evangelho de João é a principal referência para estudar este tema. Baseado no texto de João podemos refletir sobre a origem, como acontece e como alcançar a Vida Eterna.


O que é a Vida Eterna?

Vamos aprender o que o evangelho de João nos ensina sobre a Vida Eterna:


1- Qual a origem da Vida Eterna?

A Palavra de Deus nos ensina a Vida Eterna

João 5.39 “Vocês examinam as Escrituras, porque julgam ter nelas a Vida Eterna, e são elas mesmas que testificam de mim.”

João 6.68 “Simão Pedro respondeu. — Senhor, para quem iremos? O senhor tem as palavras da Vida Eterna

João 12.50 “E sei que o seu mandamento é a Vida Eterna. Portanto, as coisas que eu digo, digo exatamente assim como o Pai me falou.”

A Vida Eterna vem de Deus que sempre existiu, conforme está revelado em sua Palavra: Jesus é o verbo de Deus encarnado, que vive desde a eternidade passada e para sempre (João 1.1). A Palavra de Deus é fonte de vida abundante em Cristo (João 10.10).

O desejo de Deus para a humanidade é a Vida Eterna

João 6.40 “De fato, a vontade de meu Pai é que todo aquele que vir o Filho e nele crer tenha a Vida Eterna; e eu o ressuscitarei no último dia.”

Deus criou o ser humano para viver eternamente (Gênesis 2.7 e 3.22), mas por causa do pecado veio a morte (Romanos 6.22,23). A morte é uma realidade humana, mas através de Jesus a vida de Deus se manifestou plenamente vencendo a morte (I João 1.2).

Jesus nos garante a Vida Eterna pela fé

João 10.28Eu lhes dou a Vida Eterna; jamais perecerão, e ninguém as arrebatará da minha mão.”

João 17.2 “assim como lhe deste autoridade sobre toda a humanidade, a fim de que ele conceda a Vida Eterna a todos os que lhe deste.”

Quem tem autoridade sobre a vida e a morte é Jesus (Apocalipse 1.18). Somente através de Jesus podemos nos aproximar de Deus (João 14.6) e receber a Vida Eterna, em “Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a Vida Eterna” (I João 5.20).


2- Como é a Vida Eterna?

A Vida Eterna começa nesta vida através da fé

João 4.14 “mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede. Pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a Vida Eterna.”

João 4.36 “Quem colhe recebe desde já a recompensa e ajunta o seu fruto para a Vida Eterna, para que se alegrem ao mesmo tempo o que semeia e o que colhe.”

A partir do momento em que passamos a viver para Cristo e morremos para o mundo e os prazeres da carne (Gálatas 2.20). Por isso o apóstolo Paulo disse que “para mim o viver é Cristo, e o morrer é lucro” (Filipenses 1.21). Então se já estamos em Deus, vivemos para a eternidade.

Após a morte entramos na eternidade

João 5.24 “Em verdade, em verdade lhes digo. quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a Vida Eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida.”

Após a morte esperamos o Juízo Final (Hebreus 9.27), quando Deus determinará quem receberá a Vida Eterna (Mateus 25.47) e quem será condenado para a morte eterna (Apocalipse 20.6,13,14). Então a morte é apenas uma passagem para a eternidade.

A fé na ressurreição dos mortos é uma prova da Vida Eterna

João 6.54 “Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a Vida Eterna, e eu o ressuscitarei no último dia.”

Jesus ressuscitará seus servos para a Vida Eterna (Daniel 12.2). Ao ouvir a voz de Deus chamando todos os mortos ressuscitarão (João 5.28,29). Devido a esta fé, os primeiros cristãos não tinham medo da morte, sendo muitos deles martirizados acreditando que ressuscitarão para a Vida Eterna como Jesus prometeu.


3- Como alcançamos a Vida Eterna?

Jesus morreu para nos dar vida

João 3.16 “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a Vida Eterna.”

Em Jesus temos vida abundante (João 10.10) “e esta é a promessa que ele mesmo nos fez. a Vida Eterna” (I João 2.25). Então tudo o que precisava ser feito para nos dar a Vida Eterna foi realizado por Jesus na cruz. O motivo da morte e ressurreição de Jesus é vencer a morte e abrir a porta para a eternidade pela fé para todos os que creem.

Precisamos crer para alcançar Vida Eterna

João 3.36 “Por isso, quem crê no Filho tem a Vida Eterna; quem se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus.”

Infelizmente muitas pessoas se recusam a crer, como os judeus fizeram no tempo de Jesus e dos apóstolos (Atos 13.46), mas aqueles que creem recebem pela fé a Vida Eterna (Atos 13.48). A fé em Jesus é a base principal para a Vida Eterna (I João 5.11-13) e esta vida é totalmente gratuita (Tito 3.7).

Crer na Vida Eterna requer não amar o mundo

João 12.25 “Quem ama a sua vida perde-a; mas aquele que odeia a sua vida neste mundo irá preservá-la para a Vida Eterna.”

João 6.27 “Trabalhem, não pela comida que se estraga, mas pela que permanece para a Vida Eterna, a qual o Filho do Homem dará a vocês; porque Deus, o Pai, o confirmou com o seu selo.”

Jesus ensinou a abrir mão dos desejos da carne para alcançar a Vida Eterna, ao ponto de simbolicamente arrancar a mão ou olho para não perder a salvação (Mateus 18.8,9). Quando um jovem rico perguntou o que poderia fazer para receber a vida eterna, Jesus respondeu que além de obedecer à vontade de Deus, também deveria se desapegar de tudo o que tinha e seguir a Cristo (Mateus 19.16-22). Por isso Jesus prometeu que quem deixa tudo por amor a Deus receberá a Vida Eterna (Lucas 18.29,30). Mas “quem semeia para a sua própria carne, da carne colherá corrupção; mas quem semeia para o Espírito, do Espírito colherá Vida Eterna (Gálatas 6.8). Quem não ama seu próximo não está pronto para viver eternamente com Deus e as pessoas que o Senhor ama (I João 3.15). Por isso precisamos ser perseverantes (Romanos 2.7).


Creia na Vida Eterna!

CONCLUSÃO

João 17.3 “E a Vida Eterna é esta. que conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.”

Não existe Vida Eterna sem Jesus. Enquanto vivemos neste mundo lutamos o tempo todo contra o mal, a carne e o mundo (I Timóteo 6.12), precisamos “mantenham-se no amor de Deus, esperando a misericórdia do nosso Senhor Jesus Cristo, que conduz para a Vida Eterna” (Judas 1.21). Através da Palavra de Deus conhecemos sobre a eternidade preparada pelo Senhor para nós, podemos viver esta nova vida em Cristo e crer que viveremos para sempre com Deus.

Jesus nos salvou para a Vida Eterna!

__________________

Citações Bíblicas: NAA – Nova Almeida Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil – SBB.

* RODRIGUES, Welfany Nolasco. A Evangelização na Igreja Primitiva. Belo Horizonte: Filhos da Graça, 2015. Página 22,23 e 46.

#pregação #EstudoBíblico #vidaeterna

Siga-nos nas redes sociais:








Oferte abençoando este ministério:

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Agência 4386 - Operação 001 - Conta 22027-1

BANCO DO BRASIL
Agência 5890-4 - Conta Corrente 1415-x
Tecnologia do Blogger.