Cuidado com a Língua - Pregações e Estudos Bíblicos

Cuidado com a Língua

Tema: ESTUDO BÍBLICO  

pregação cuidado com a língua estudo bíblico provérbios 15

Provérbios 15

Introdução: O décimo quinto capítulo de Provérbios nos traz ensinamentos sobre o cuidado com nossas palavras, mostrando como a Sabedoria nos ensina cuidar mais do que dizemos.


Esboço de Provérbios 15

Buscar palavras de:

15.1-7: Mansidão

15.8-12: Respeito

15.13-18: Amor

15.19-26: Humildade

15.26-33: Temor 



Você tem cuidado com as palavras?

Vamos aprender em Provérbios 15 alguns cuidados que precisamos ter com nossas palavras:

 

1- Palavras de MANSIDÃO: Provérbios 15.1-7

1 A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira.

2 A língua dos sábios adorna o conhecimento, mas a boca dos insensatos derrama tolices.

3 Os olhos do Senhor estão em todo lugar, contemplando os maus e os bons.

4 A língua serena é árvore de vida, mas a língua perversa esmaga o espírito.

5 O insensato despreza a instrução de seu pai, mas o que aceita a repreensão consegue a prudência.

6 Na casa do justo há grande tesouro, mas no lucro dos ímpios há infelicidade.

7 As palavras dos sábios difundem o conhecimento, mas o coração dos insensatos não procede assim.


A primeira coisa que precisamos em nossas palavras é ser mansos como Jesus ensinou (Mateus 11.28-30). Quando falamos de forma mansa conseguimos alcançar o coração das pessoas, mas quando alguém fala de forma dura o coração e a mente das pessoas se fecha e não consegue entender. O tom da voz influencia muito nossas palavras. A grosseira e gritos são comportamentos que não condizem com a vida cristã.

Fale com Mansidão!

 

2- Palavras de RESPEITO: Provérbios 15.8-12

8 Senhor detesta o sacrifício dos ímpios, mas a oração dos retos é o seu prazer.

9 Senhor detesta o caminho do ímpio, mas ama o que segue a justiça.

10 Disciplina rigorosa há para o que abandona o caminho, e quem odeia a repreensão morrerá.

11 O mundo dos mortos e o abismo estão expostos diante do Senhor; quanto mais o coração dos filhos dos homens!

12 O zombador não gosta de quem o repreende, nem se aproxima dos sábios.


O segundo conselho é falar de forma respeitosa. Podemos discordar de nosso próximo e até mesmo confrontar com a verdade, mas nunca faltar com o respeito (Efésios 4.15). Existem termos e expressões que não condizem com a fé cristã, uma boca cheia do Espírito Santo fala palavras de bênção e não de mal. Xingos e palavras sujas, com duplo sentido, não são respeitosos, por isso não devemos falar.

Fale com Respeito!

 

3- Palavras de AMOR: Provérbios 15.13-18

13 O coração alegre embeleza o rosto, mas com a tristeza do coração o espírito se abate.

14 O coração sábio busca o conhecimento, mas a boca dos insensatos se alimenta de estupidez.

15 Para quem está aflito, todos os dias são maus, mas a vida de quem tem o coração alegre é uma festa contínua.

16 Melhor é o pouco, havendo o temor do Senhor, do que um grande tesouro onde há inquietação.

17 Melhor é um prato de legumes onde há amor do que um boi inteiro acompanhado de ódio.

18 Quem se irrita facilmente provoca discórdia, mas quem é tardio em ficar irado acalma os conflitos.


Outro conselho é falar sempre com amor. Nossas palavras expressam sentimentos. Jesus disse que “a boca fala do que o coração está cheiro” (Lucas 6.45). Uma palavra amorosa vem do coração de quem fala para o coração de quem ouve. Mas uma palavra sem amor é como uma pedra que fere dolorosamente.

Fale com Amor!

 

4- Palavras de HUMILDADE: Provérbios 15.19-26

19 O caminho do preguiçoso é como que cercado de espinhos, mas a vereda dos justos é plana.

20 O filho sábio alegra o seu pai, mas o insensato despreza a sua mãe.

21 Quem não tem juízo se alegra com a sua tolice, mas quem é sábio anda retamente.

22 Sem conselhos os projetos fracassam, mas com muitos conselheiros há sucesso.

23 Que alegria é ter a resposta adequada! Como é boa a palavra dita na hora certa!

24 Para o sábio, o caminho da vida leva para cima, para desviar do inferno, embaixo.

25 Senhor derruba a casa dos orgulhosos, mas preserva a herança da viúva.

26 Senhor detesta os planos dos maus, mas as palavras bondosas lhe são aprazíveis.


A humildade é mais um conselho para nossas palavras. Uma pessoa arrogante fala coisas inconsequentes e só pensa em si mesmo. Quem é humilde consegue pensar primeiro no seu próximo e por isso antes de falar se preocupa em nunca ofender. Nunca podemos falar algo que não gostaríamos de ouvir (Mateus 7.12).

Fale com Humildade!

 

5- Palavras de TEMOR: Provérbios 15.27-33

27 Quem é ávido por lucro desonesto arruína a sua casa, mas o que odeia o suborno, esse viverá.

28 O coração do justo medita o que há de responder, mas a boca dos ímpios derrama maldades.

29 Senhor está longe dos ímpios, mas ouve a oração dos justos.

30 O brilho nos olhos alegra o coração; uma boa notícia fortalece até os ossos.

31 Quem dá ouvidos à repreensão construtiva terá a sua morada no meio dos sábios.

32 Quem rejeita a disciplina despreza a si mesmo, mas o que aceita a repreensão adquire entendimento.

33 O temor do Senhor é instrução na sabedoria, e a humildade precede a honra.


O último e talvez maior conselho é falar sempre com temor de Deus. O Senhor vê todas as coisas e sabe o que falamos. Tudo o que dizemos reflete no mundo espiritual porque “tudo o que ligardes na terra será ligado no céu, e tudo o que desligardes na terra será desligado no céu (Mateus 18.18). Somos responsáveis por cada coisa que falarmos e teremos que prestar contas diante de Deus, porque as palavras são como sementes que produzem frutos bons ou ruins (Gálatas 6.7).

Fale com Temor!

 

Cuide de suas Palavras!

CONCLUSÃO

Provérbios 15.1A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira.

O décimo quinto capítulo de Provérbios nos ensina sobre os cuidados que precisamos ter com nossas palavras para viver com Sabedoria na presença do Senhor.


Lições em Provérbios 15

15.1-7: Não falar com raiva

15.8-12: Não desrespeitar

15.13-18: Expressar amor

15.19-26: Não ser orgulhoso

15.27-33: Temer a Deus sempre

 

Um antigo ditado popular dizia que “a língua é o chicote do corpo”, mostrando que muitas vezes nossas palavras nos trazem sofrimento. Podemos escolher o que dizemos e como falamos. Por isso é importante pensar antes e ouvir mais (Tiago 1.19).

Tome cuidado com suas palavras!

 

Veja mais em:

Projeto Sabedoria - Estudos de Provérbios

______________________________

Citações Bíblicas: NAA Nova Almeida Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil. 


#pregação #EstudoBíblico #apocalipse

Siga-nos nas redes sociais:









Oferte abençoando este ministério:

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Agência 4386 - Operação 003 - Conta 996-8
CNPJ: 39.291.393/0001-75

PIX: 39291393000175
pix doação ministério

Tecnologia do Blogger.