O segredo da Sabedoria - Pregações e Estudos Bíblicos

O segredo da Sabedoria

Tema: ESTUDO BÍBLICO  

pregação sabedoria estudo bíblico provérbios

Provérbios 14

Introdução: O capítulo 14 de Provérbios apresenta o segredo da sabedoria mostrando algumas coisas que não devemos fazer e o que precisamos fazer para ser sábios.

 

Esboço de Provérbios 14:

         O que não fazer?

14.1-9: Não seja insensato

         14.10-14: Não descuide do coração

         14.15-19: Não seja ingênuo

         O que fazer?

         14.20-25: Boas amizades

         14.26-29: Temer a Deus

         14.30-35: Reações positivas

     


Qual é o segredo da Sabedoria?

Vamos aprender em Provérbios 14 o segredo da sabedoria, sobre o que não devemos fazer o que precisamos fazer:

 

1- O que não devemos fazer?

Algumas coisas que a sabedoria nos ensina que não devemos fazer:


a) Não seja insensato: Provérbios 14.1-9

1 A mulher sábia edifica a sua casa, mas a insensata a derruba com as próprias mãos.

2 Quem anda na retidão teme o Senhor, mas o que anda em caminhos tortuosos, esse o despreza.

3 Na boca do tolo está a vara para a sua própria soberba, mas os lábios dos sábios os protegerão.

4 Quando não há bois, o celeiro fica vazio, mas pela força do boi há abundância de colheitas.

5 A testemunha verdadeira não mente, mas a testemunha falsa despeja mentiras.

6 O zombador procura a sabedoria e não a encontra, mas o sábio adquire o conhecimento com facilidade.

7 Fuja da presença do insensato, porque nele você não encontrará palavras de conhecimento.

8 A sabedoria do prudente é entender o seu próprio caminho, mas a insensatez dos tolos é enganadora.

9 Os insensatos zombam do pecado, mas entre os retos há boa vontade.

A insensatez é o oposto da sabedoria. O texto descreve várias vezes a pessoa insensata ou o tolo, como quem não quer a sabedoria. Já o sábio está sempre pronto para aprender e disposto a mudar para melhor, mas o tolo não para nem mesmo para ouvir.

 

b) Não descuide do coração: Provérbios 14.10-14

10 O coração conhece a sua própria amargura, e da alegria que ele sente os estranhos não poderão participar.

11 A casa dos ímpios será destruída, mas a tenda dos retos florescerá.

12 Há caminho que ao ser humano parece direito, mas o fim dele é caminho de morte.

13 Até no riso o coração pode ter dor, e o fim da alegria pode ser a tristeza.

14 O infiel de coração sofre as consequências dos seus próprios caminhos, mas quem é de bem é recompensado pelo seu próprio proceder.

O coração representa a sede de nossos sentimentos, por isso precisamos cuidar bem de nossas emoções sempre. Um coração desprotegido está exposto a ser ferido e revela o lado negativo, mas uma pessoa sábia resguarda o seu coração de coisas ruins e procura sempre nutrir com bons sentimentos.


c) Não seja ingênuo: Provérbios 14.15-19

15 O ingênuo dá crédito a tudo o que se diz, mas o prudente reflete antes de dar um passo.

16 O sábio é cauteloso e se desvia do mal, mas o tolo é afoito e se dá por seguro.

17 Quem logo se irrita comete loucuras, e aquele que tem más intenções será odiado.

18 Os ingênuos herdam a tolice, mas os prudentes se coroam de conhecimento.

19 Os maus se inclinarão diante dos bons, e os ímpios farão súplicas junto às portas do justo.

A ingenuidade é não saber o que está errado. Ao contrário da pessoa insensata que despreza a sabedoria, quem é ingênuo até quer saber, mas não se dedica suficiente. Uma pessoa ingênua facilmente é enganada, mas o sábio está sempre atento.

 

2- O que precisamos fazer?

Algumas coisas que precisamos para ter sabedoria:


a) Faça boas amizades: Provérbios 14.20-25

20 O pobre é odiado até pelo seu vizinho, mas o rico tem muitos amigos.

21 Quem despreza o seu vizinho peca, mas o que se compadece dos pobres é feliz.

22 Por acaso não se afastam do caminho os que planejam o mal? Mas haverá amor e fidelidade para os que planejam o bem.

23 Em todo trabalho há proveito; meras palavras, porém, levam à pobreza.

24 Para os sábios a riqueza é coroa, mas a tolice dos insensatos não passa de tolice.

25 A testemunha verdadeira salva vidas, mas quem profere mentiras é enganador.

Nossos relacionamentos demonstram se estamos convivendo com pessoas sábias ou não, pois “as más conversações corrompem os bons costumes” (I Coríntios 15.33). Somos inevitavelmente influenciados além de influenciar constantemente, por isso precisamos fazer amizades que edifiquem a nossa vida com a Palavra de Deus.


b) Temer a Deus: Provérbios 14.26-29

26 Quem teme o Senhor tem forte amparo, e isso é refúgio para os seus filhos.

27 O temor do Senhor é fonte de vida para evitar os laços da morte.

28 Na multidão do povo está a glória do rei, mas na falta de povo está a ruína do príncipe.

29 Quem tarda em irar-se é grande em entendimento, mas o que facilmente perde a calma faz um elogio à loucura.

O temor do Senhor é um dos principais temas de Provérbios. Quando tememos a Deus nos preocupamos com nossas atitudes e palavras, pensando sempre antes de tomar qualquer decisão. Temer não é viver amedrontado, mas ter um profundo respeito pelas coisas espirituais e pelo próprio Senhor. Quando amamos a Deus verdadeiramente queremos agradar ao Senhor e nos preocupamos em não aborrecer ao Senhor, mas fazer a sua vontade.


c) Reações positivas: Provérbios 14.30-35

30 O ânimo sereno é a vida do corpo, mas a inveja é a podridão dos ossos.

31 Quem oprime o pobre insulta aquele que o criou, mas o que se compadece do necessitado honra a Deus.

32 O ímpio é derrubado pela sua maldade, mas o justo, até na morte tem esperança.

33 No coração do prudente repousa a sabedoria, mas o que há no interior dos tolos logo se manifesta.

34 A justiça é a glória da nação, mas o pecado é a vergonha dos povos.

35 O servo prudente recebe o favor do rei, mas o que causa vergonha é objeto do seu furor.

As nossas reações revelam quem realmente somos. Quando alguém faz algo ruim conosco e reagimos mal, então o nosso lado ruim é exposto e confirmamos o erro que foi feito. Do contrário, quando reagimos de forma positiva sobrepomos o mal com o bem que prevalece (Romanos 12.21). Muitos erros que cometemos não são premeditados, mas acontecem espontaneamente quando somos pegos de surpresa. Por isso precisamos treinar nossas emoções para não cair nessas armadilhas.


Guarde o segredo da Sabedoria!

CONCLUSÃO

Provérbios 14.12 “Há caminho que ao ser humano parece direito, mas o fim dele é caminho de morte.”

A Sabedoria é um caminho de vida que não tem como errar, mas a ignorância é como andar no escuro sem saber para onde vai.


Lições em Provérbios 14:

         Não devemos:

14.1-9: ser insensatos

         14.10-14: descuidar do coração

         14.15-19: ser ingênuo

         Precisamos:

         14.20-25: fazer boas amizades

         14.26-29: temer ao Senhor

         14.30-35: reagir positivamente

A Sabedoria nos ensina o que não devemos fazer e o que precisamos fazer em nossa vida para viver melhor. Se você quer ser sábio precisa evitar a insensatez, o descuido com o coração e a ingenuidade, além de buscar boas amizades, o temor de Deus e sempre reagir positivamente.

Siga os conselhos da Sabedoria!

 

Veja mais em:

Projeto Sabedoria - Estudos de Provérbios

______________________________

Citações Bíblicas: NAA Nova Almeida Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil. 


#pregação #EstudoBíblico

Siga-nos nas redes sociais:









Oferte abençoando este ministério:

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Agência 4386 - Operação 003 - Conta 996-8
CNPJ: 39.291.393/0001-75

PIX: 39291393000175
pix doação ministério

Tecnologia do Blogger.