As 7 Alianças de Deus com a humanidade

 Tema: ALIANÇA 


Ezequiel 16.62 “Estabelecerei a minha aliança com você, e você saberá que eu sou o Senhor”.

Introdução: O que é uma Aliança? Uma Aliança (בְּרִית - berith)* é um acordo, pacto ou contrato entre duas partes, com cláusulas e recompensas. Uma aliança é um compromisso, um pacto eterno. A Bíblia narra sete alianças que Deus fez com a humanidade. As seis primeiras, foram quebradas pelo ser humano, mas a sétima é perfeita e não pode ser rompida, porque foi feita com sangue de Jesus (Hebreus 8.6-13).


As 7 Alianças

1.  Aliança do Éden (Gênesis 1.28-30)

2.  Aliança de Noé (Gênesis 8.20-9.17)

3.  Aliança de Abraão (Gênesis 12.1-3)

4.  Aliança de Moisés (Êxodo 20-23)

5.  Aliança de Israel (Deuteronômio 30.1-10)

6.  Aliança de Davi (2Samuel 7.4-17)

7.  Nova Aliança de Cristo (Mateus 26.28)


Leia mais estudos sobre o tema ALIANÇA COM DEUS


Quais são as 7 Alianças?

Vamos refletir sobre estas Sete Alianças na Bíblia:

 

1- Aliança do Éden

Gênesis 1.28 “E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra”.


De acordo com Gênesis 3.16-19, a Aliança Adâmica pode ser dividida em duas partes:

a)   Aliança Edênica (também conhecida como a Aliança da Inocência) é descrita em Gênesis 1.26-30 e 2.16-17, e explica a responsabilidade do homem sobre a criação e como Deus se posicionou diante da árvore do conhecimento do bem e do mal, colocando uma condição para obediência.

b)   Aliança Adâmica (também conhecida como a Aliança da Graça), por sua vez, é composta pelas maldições que foram imputadas à humanidade em decorrência do pecado original de Adão e Eva, bem como a solução providenciada por Deus para tal pecado, sacrificando um cordeiro e provendo vestes de sua pele, conforme descrito em Gênesis 3.15.

Desde o início da Criação, Deus quis ter uma aliança com a humanidade. A humanidade que se afastou de Deus e abandonou o Senhor, quebrando sua primeira aliança ali mesmo no jardim.

 

2- Aliança de Noé

Gênesis 9.12,13 “Disse Deus: Este é o sinal da minha aliança que faço entre mim e vós e entre todos os seres viventes que estão convosco, para perpétuas gerações: porei nas nuvens o meu arco; será por sinal da aliança entre mim e a terra.”


A Aliança Noética é uma promessa incondicional feita por Deus a Noé e à humanidade como um todo. Após o dilúvio, Deus assegurou que nunca mais destruiria toda a vida na terra com tal calamidade (Gênesis 9). Como sinal dessa aliança, Deus criou o arco-íris, garantindo que a terra nunca mais sofreria com um dilúvio (Gênesis 9.13). Essa promessa serve como um lembrete de que Deus pode julgar o pecado, mas que sua graça quer nos restaurar (2 Pedro 2.5). Toda vez que vemos um arco no céu, lembramos da Aliança de Deus com a humanidade. Infelizmente a geração de Noé também pecou e quebrou sua aliança com Deus.

 

3- Aliança de Abraão

Gênesis 15.18 “Naquele mesmo dia, fez o Senhor aliança com Abrão, dizendo: À tua descendência dei esta terra, desde o rio do Egito até ao grande rio Eufrates.”


Deus prometeu muitas coisas a Abraão nesta aliança. Ele pessoalmente prometeu tornar o nome de Abraão grande (Gênesis 12.2), que Abraão teria inúmeros descendentes físicos (Gênesis 13.16), e que ele seria o pai de uma multidão de nações (Gênesis 17.4-5). Deus também fez promessas a respeito da nação de Israel. Os limites geográficos da aliança com Abraão são mencionados em mais de uma ocasião no livro de Gênesis (12.7; 13.14-15; 15.18-21). Outra provisão na Aliança Abraâmica é que as famílias do mundo seriam abençoadas através da linhagem física de Abraão (Gênesis 12.3; 22.18). Essa referência é ao Messias, que viria da linhagem de Abraão. Mas infelizmente os descendentes de Abraão também abandonaram esta aliança.

 

4- Aliança de Moisés

Êxodo 19.5 “Agora, pois, se ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então, sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos; porque toda a terra é minha.”


A Aliança Mosaica ou da lei, é condicionada, trazendo bênçãos ou maldições com base na obediência ou desobediência de Israel, apresentada em Deuteronômio 11 e em outras partes da Bíblia, era condicional e prometia bênçãos diretas de Deus em caso de obediência e maldições diretas em caso de desobediência por parte da nação de Israel. A Aliança incluía os Dez Mandamentos, além da Lei, que continha mais de 600 mandamentos, cerca de 300 negativos e 300 positivos. A história de Israel registrada em livros como Josué, Juízes, Reis e Ester, detalha como a nação às vezes cumpria, outras vezes falhava miseravelmente em obedecer à Lei. O tema de bênção/maldição é aprofundado em Deuteronômio 11.26-28.

 

5- Aliança de Israel

Deuteronômio 29.1 “São estas as palavras da aliança que o Senhor ordenou a Moisés fizesse com os filhos de Israel na terra de Moabe, além da aliança que fizera com eles em Horebe.”


Após a Aliança da Lei, o povo pecou cometendo idolatria (Êxodo 32.21-24), então Deus chama para Aliança com Israel e expande o aspecto territorial da Aliança Abraâmica (Deuteronômio 30.1-10). Segundo os termos deste acordo, se o povo fosse desobediente, Deus faria com que fossem exilados (Deuteronômio 30.3-4), mas Ele prometeu restaurá-los e reunificá-los como uma nação (v. 5). Se o povo obedecer (v. 8), iriam prosperar (v. 9). O povo de Israel caiu em idolatria, quebrando sua aliança com Deus e por causa disso foram levados para o cativeiro novamente sendo escravos.

 

6- Aliança de Davi

II Samuel 23.5 “Não está assim com Deus a minha casa? Pois estabeleceu comigo uma aliança eterna, em tudo bem-definida e segura. Não me fará ele prosperar toda a minha salvação e toda a minha esperança?”


A Aliança Davídica (2Samuel 7.8-16) é uma extensão da Aliança Abraâmica, enfatizando a "semente" prometida. As promessas feitas a Davi nesta passagem são significativas, já que Deus prometeu que a linhagem de Davi permaneceria para sempre e que o seu reino seria eterno (v. 16). Embora o trono de Davi não tenha permanecido com seus descendentes, foi profetizado que alguém da linhagem de Davi irá governar novamente como rei, e este rei é Jesus (Lucas 1.32,33).

 

7- Nova Aliança de Cristo

Marcos 14.23,24 “A seguir, tomou Jesus um cálice e, tendo dado graças, o deu aos seus discípulos; e todos beberam dele. Então, lhes disse: Isto é o meu sangue, o sangue da [nova] aliança, derramado
em favor de muitos.”


Após as seis primeiras alianças com a humanidade, que foram quebradas, Deus faz uma Nova Aliança que foi estabelecida inicialmente com a nação de Israel, mas foi feita para toda a humanidade (Hebreus 8.8-13). Deus prometeu perdoar os pecados e trazer um conhecimento universal do Senhor. Cristo veio para cumprir a Lei de Moisés e estabelecer uma nova aliança entre Deus e Seu povo. Agora, sob a Nova Aliança, judeus e gentios podem ser libertos da penalidade da Lei e receber a salvação como um dom gratuito (Efésios 2.8-9).

 

Faça uma Aliança com Deus!


CONCLUSÃO

Marcos 14.23,24 “A seguir, tomou Jesus um cálice e, tendo dado graças, o deu aos seus discípulos; e todos beberam dele. Então, lhes disse: Isto é o meu sangue, o sangue da [nova] aliança, derramado em favor de muitos.”


As Sete Alianças na Bíblia, das quais quatro (Abraâmica, Mosaica, Israel, Davídica) foram estabelecidas por Deus com a nação de Israel e são incondicionais em sua natureza. Isso significa que, independentemente da obediência ou desobediência de Israel, Deus ainda honrará essas alianças com a nação. As outras três alianças (Adâmica, Noética e a Nova) são feitas por Deus com a humanidade em geral e não se limitam à nação de Israel.

Ter uma aliança com Deus é ter compromisso com o Senhor e com sua obra, servindo de todo coração em sua obra, através da Igreja, que é o Corpo de Cristo (1Coríntios 12.27), onde renovamos nossa aliança constantemente na Santa Ceia (Mateus 26.26-29).

Deus quer fazer uma aliança com você!


Leia mais estudos sobre o tema ALIANÇA COM DEUS

______________________________


* STRONG, James. Dicionário Grego do Novo Testamento. Bíblia de Estudo Palavras-Chave: Hebraico. Grego. Tradução de João Ferreira de Almeida. Edição Revista e Corrigida. Rio de Janeiro: CPAD, 2011. Verbete 1285. 

Rev. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista. 44 anos. Casado com Ássima, pai de Heitor e Hadassa. Natural de Muriaé MG. Bacharel em Teologia pela UMESP.

Postagem Anterior Próxima Postagem

 pregações no whatsapp