Encontre uma Pregação

2

Conceito de Felicidade para Jesus

-Tema: PROSPERIDADE
Mateus 5.1-12
-Introdução: Vivemos em um tempo em que o conceito de Felicidade está distorcido. Ser Feliz tem sido considerado baseando-se no que a pessoa tem, faz ou aparenta exteriormente. Contudo sabemos que Felicidade é um estado de espírito muito além de circunstâncias exteriores. Não estou dizendo que as situações externas não influenciem em sentimentos e emoções. Mas ser feliz supera o estar triste ou nervoso.
Jesus foi o maior exemplo de pessoa que não considera a felicidade baseada em fatores externos. Deixou os céus em glória e majestade, veio a este mundo cheio de dificuldades, nasceu em uma família pobre, viveu em um lugar humilde, trabalhou e lutou muito para sobreviver. Você acha que Jesus foi infeliz por isso? NÃO! Jesus viveu feliz aqui porque realizou o propósito de Deus para sua vinda.
Será que a conhecida TEOLOGIA DA PROSPERIDADE ensina sobre Felicidade?
Quem disse que ser feliz é ter tudo? É possível ser feliz e se contentar mesmo quando lhe falta alguma coisa. Se a nossa felicidade for refém do que acontece ao nosso redor nos tornamos muito vulneráveis. Por isso Jesus quis deixar para nós um conceito próprio Dele para o que é ser Feliz.
Bem-aventurança é ter ‘boa aventura’, viver bem cada momento se realizar apesar das desventuras que somos humanamente suscetíveis.
O que é ser feliz?
Vamos aprender com as palavras de Jesus nas Bem-aventuranças, o que é ser feliz em três condições que podemos definir em nossas vidas:


1- TEMPERAMENTO feliz: v.3-4
O temperamento de uma pessoa pode direcionar sua vida para a Felicidade ou afastar dela. Cada um tem um temperamento próprio e precisamos definir o temperamento para conviver com as pessoas. O temperamento demonstra a disposição da pessoa em viver bem. Por isso Jesus falou algumas características de temperamento que nos ajudam a ser feliz.
Jesus enumerou três características de temperamento que ajudam a ser feliz:
a)      HUMILDADE: “Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus.” v.3
A humildade promove a felicidade porque a pessoa aprende a se contentar como que tem como testemunhou o apóstolo Paulo sobre sua felicidade dizendo “Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez” (Filipenses 4.12). Interessante que esta afirmação antecede a famosa frase “tudo posso naquele que me fortalece” (Filipenses 4.13). Ou seja, o apóstolo sabia viver bem em qualquer situação e o que acontecesse de bom ou ruim não interferia na sua condição de felicidade porque era humilde.
Quando a pessoa constrói um padrão de felicidade muito elevado, exigindo muitas condições, mais difícil se torna ser feliz. Mas quando é humilde aprende a aceitar o que vem e se contentar. A riqueza de quem é humilde consiste no Reino dos céus.
b)      SENSIBILIDADE: “Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados.” v.4
Esta afirmação parece contraditória. A tristeza e o choro podem fazer parte da felicidade? Uma pessoa feliz pode chorar e se entristecer? SIM! A prova maior disso é que Jesus chorou (João 11.35). O choro mostra um temperamento sensível.
Chorar é muito importante chorar para desabafar toda tristeza que houver no coração. O choro é um escape para a angústia. A felicidade vem quando somos consolados por Deus por isso não precisamos temer o choro que “pode durar uma noite, mas a alegria vem ao amanhecer” (Salmos 30.5).
c)      MANSIDÃO: “Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra.” v.5
Mansidão é uma virtude que faz a pessoa ser feliz. Ser manso não significa comportamento apático, e sim saber controlar seus sentimentos e impulsos nas horas de nervosismo.
Jesus disse que precisamos aprender com Ele sobre mansidão (Mateus 11.29) que é um fruto do Espírito Santo (Gálatas 5.22) para a vida do crente.
Uma pessoa que se irrita facilmente perde muitas oportunidades que podem vir com o tempo. Já quem é manso tem condições de esperar, negociar e combinar com pessoas difíceis e sai sempre ganhando porque espera a sua vez. Isso que Jesus quis dizer ao declara que os mansos herdarão a terra.

Você tem sido Humilde? Tem Chorado? É Manso?
Aprenda a ser humilde, chore se preciso e seja manso para ser Feliz!

2- SENTIMENTOS felizes: v.6-8
A vida é cheia de sentimentos. O que sentimos nos orienta desde o dia em que nascemos e sentimos o ar entrar pelas vias respiratórias pela primeira vez causando tamanha dor que provoca o choro abrindo mais ainda a respiração e exercitando o pulmão. Esse é primeiro sentimento ao nascer.
Jesus enumerou três sentimentos que nos fazem felizes por mais contraditório que pareça:
a)      JUSTIÇA: “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos” v.6
Sentimento de justiça é algo que não deve ser sentido em tom de arrogância e sim como inspiração em cada atitude da vida. Tudo o que fizermos deve ter como alvo o que é correto e bom para todas as pessoas. Por isso Jesus ensinou que “Tudo quanto, pois, quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles; porque esta é a Lei e os Profetas” (Mateus 7.12).
Cumprir o que é justo faz a pessoa ser feliz porque quem é correto com seus afazeres não tem de que se arrepender ou envergonhar. Jesus prometeu que os misericordiosos serão fartos principalmente porque tudo o que faz vai dar certo e receberá a justa recompensa do que semeou (Gálatas 6.7).
b)      MISERICÓRDIA: “Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia” v.7
Misericórdia tem a ver com colocar seu coração (cardia) na miséria do próximo. Ou seja, colocar-se em lugar de alguém.  Quando vemos pessoas que estão sofrendo verdadeiramente com problemas graves, como doenças, por exemplo, entendemos que somos felizes.
A misericórdia equilibra a justiça. Uma completa a outra. Justiça sem misericórdia se torna rigidez excessiva. Misericórdia sem justiça pode ser assistencialismo sem propósito.
Jesus prometeu que as pessoas que se colocarem no lugar dos outros para ajudar, do mesmo modo também vão alcançar misericórdia. Quem não tem dó do seu próximo não consegue ser feliz porque é egoísta demais para isso. A Felicidade é um dom que precisa ser compartilhado com quem sofre. Então quem é misericordioso é feliz por receber igual retribuição.
c)      PUREZA: “Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus” v8
A pureza pode ser não sentir mal com o próximo. Não absorver coisas ruins ou interpretar mal as pessoas. A malícia é um veneno que estraga muitos relacionamentos.
Jesus prometeu que os limpos de coração “verão a Deus”, ou seja, ao invés de ver coisas negativas, contemplam a beleza da presença de Deus em suas vidas. Pessoas maliciosas não conseguem ver coisas boas, mas são ávidos em perceber um defeito por menor que seja.

Ter sentimentos felizes para Jesus, precisa de justiça, misericórdia e pureza.
Você tem buscado ser justo, misericordioso e puro?
Seja feliz fazendo o que é justo, compadeça das pessoas e seja puro de coração!

3- RELACIONAMENTOS felizes: v.9-12
Jesus ensinou sobre felicidade nos Relacionamentos, além de sentimentos e temperamento. O ser humano é relacional e precisa conviver com as pessoas à sua volta. Isso é um desafio que se constrói a cada dia do viver com o próximo. Estamos sempre aprendendo a compartilhar. Somos moldáveis e na convivência um com o outro nos transformamos. Dependendo da disposição pessoal de cada um, pode melhorar ou piorar.
Jesus citou alguns desafios para construir relacionamentos felizes:
a)    PACÍFICO: “Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus” v.9
Ser pacífico é ser um promotor da paz. Uma pessoa pacífica tenta apaziguar situações de conflito. Serve como um elo para unir pessoas ao invés de separar. Como precisamos de pessoas conciliadoras nos dias atuais!
Uma coisa que precisamos aprender como pacificadores é não se deixar levar pelos problema dos outros e só ajudar ou edificar sempre que tiver oportunidade.
Jesus prometeu que os pacificadores serão conhecidos como filhos de Deus. Esta é a maior felicidade que alguém pode ter. Como filhos do Rei devemos servir ao próximo apagando incêndios e acalmando tempestades.
b)      PERSEGUIDO: “Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus.” v.10
Embora isso também pareça contraditório, Jesus considera a perseguição como um sinal de felicidade. Como se diz no ditado ‘ninguém atira pedras numa árvore que não dá frutos’. Uma pessoa em destaque por sua felicidade certamente também atrai inveja e indisposição de pessoas que não se realizam e não se conformam com o sucesso alheio.
Jesus prometeu aos perseguidos que quando não conseguissem reconhecimento das pessoas, teriam o reconhecimento de Deus. A promessa de felicidade para quem sofre perseguição é ter o Reino dos Céus.
c)    INJURIADOS: “Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós. Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; pois assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vós” v.11,12
Ser injuriado, também não impede a felicidade segundo o pensamento de Jesus. Injúria é uma acusação injusta e mentirosa, quando falam que você fez ou falou algo que não é verdade. Muitas vezes na vida passamos por isso e ficamos realmente injuriados.
Jesus deixa uma promessa lembrando dos profetas que tiveram a felicidade de ser usados por Deus num tempo que o Espírito Santo era privado da maioria por causa da lei. Jesus manda alegrar-nos mesmo assim. Para Jesus, o ser injuriado é motivo de alegria porque a pessoa tem a honra de se assemelhar aos grandes homens de Deus e ao próprio Mestre.
Quem crê em Jesus como se Advogado, sabe que não precisa temer a injúria ou mentira, porque no juízo final Deus nos julgará e fará justiça.

Jesus nos ensina a não deixar que problemas dos outros, nem mesmo perseguições ou injúrias impeça nossa felicidade.
Você tem sido pacificador? Tem enfrentado perseguição e injúria?
Seja pacífico como Filho de Deus, suporte perseguição e vença a injúria!

Você pode ser feliz!
-CONCLUSÃO: I Coríntios 15.19 “Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens”
Jesus não disse que a vida feliz seria livre de problemas. Mas prometeu que venceríamos estes obstáculos para ser finalmente felizes.
Você acha que Jesus foi feliz aqui na terra? Com certeza! Contudo, Ele foi uma pessoa de temperamento humilde, manso e até chorou. Teve sentimentos de justiça misericórdia e pureza acima de todas as injustiças, individualismo e pecado ao seu redor. Relacionou-se com pessoas e foi o tempo todo pacificador suportando perseguições e injúrias. Mesmo assim Ele foi feliz porque não estava focado na circunstância ao se redor e sim na promessa de Deus.
Então o que é ser feliz para Jesus?
É ter um temperamento feliz:
         Ser humilde, buscando recompensa de Deus e não dos homens;
         Ser sensível, chorar confiando no consolo de Deus.
Ser manso, com paciência para conseguir tudo no tempo certo.
É ter sentimentos felizes:
            Justiça, não se conformando com o que está errado.
            Misericórdia, colocando-se na situação do próximo.
Pureza, não se deixando contaminar.
É ter Relacionamentos felizes:
Como pacificador diante de conflitos amenizando problemas.
Vencer a perseguição sabendo que Deus está vendo tudo.
Suportar injúria confiado de que isso nos assemelha a Jesus.

A Felicidade ensinada por Jesus supera as circunstâncias!

2 comentários:

  1. HUMILDE DE ESPIRITO QUER DIZER QUE A PESSOA RECONHECE OS SEUS ERROS E LUTA CONTRA ELES, NÃO TEM NADA A VER COM POBREZA OU RELAXO. PAZ
    AMO SUAS MENSAGENS, ME AJUDA BASTANTE.

    ResponderExcluir
  2. TOMÁZ 12 DE MAIO DE 2013 12:50
    Pastor suas mensagens são bençãos de Deus para quem as estuda, tenho seguido seu blog sempre mas hoje encontrei esta, ela e um sustento, Deus continue lhe abençoando.

    ResponderExcluir

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...