Ciclo de vida de uma Paixão

COMPARTILHE:

1 comentário

-Tema: NAMORO   
Juízes 14.1-20
-Introdução: Paixão é diferente de amor. A paixão é passageira e o amor é permanente. O amor é mais do que um sentimento, pois quem ama consegue superar a raiva, tristeza ou qualquer outra emoção, porque “o amor tudo suporta” (I Coríntios 13.6). Além disso, o amor é espiritual, mais que emocional ou carnal, pois o próprio “Deus é amor” (I João 4.8b). O amor é incondicional e até mesmo sacrificial em prol da pessoa amada. Já a paixão exige do outro e não sabe esperar, mas o “amor é paciente” (I Coríntios 13.4).
Sansão foi um exemplo, que embora sendo um jovem de Deus, se deixou enganar por paixões. A mais conhecida de suas paixões foi Dalila que o levou à ruína (Juízes 16.4-22). Mas antes de se apaixonar por Dalila, esteve com outra mulher, que o texto não cita o nome, mas descreve como foi este relacionamento. Na história de Sansão podemos entender como a paixão é momentânea.
Quanto tempo dura uma Paixão?
Vamos refletir sobre o Ciclo de Vida de uma Paixão, entendendo como é o seu processo do início, meio ao fim:

1- ATRAÇÃO: v.2,3 “Vi uma mulher em Timna, das filhas dos filisteus; tomai-ma, pois, por esposa ... Disse Sansão a seu pai: Toma-me esta, porque só desta me agrado”
Sansão sentiu-se extremamente atraído por aquela mulher. A força desta atração era tão grande que não conseguia ver mais nada, pois ‘a paixão é cega’ e também surda. Seus pais até tentaram lhe abrir os olhos para outras possibilidades, mas não queria ver nem ouvir, pois estava obcecado.
A primeira coisa que a paixão provoca é uma forte atração física. Como uma química ou um ímã que a pessoa não consegue resistir. Por isso, o apóstolo Paulo orientou ao jovem Timóteo “foge das paixões da mocidade (II Timóteo 2.22). Um grande perigo é a pessoa se tornar “escravos de toda sorte de paixões e prazeres(Tito 3.3). O inimigo sabe que o ser humano é facilmente atraído pelo olhar, então desde a primeira tentação, luta para seduzir ao pecado (Gênesis 3.1-8).
A atração física e emocional é algo da natureza humana, mas para ser saudável é preciso equilíbrio. Muitos casais quando se conhecem sentem uma atração louca um pelo outro. Não conseguem resistir um minuto longe. Este descontrole dos hormônios e emoções não é normal. Se a atração que você sente é exagerado e não consegue controlar então o que sente é uma paixão.
Cuidado com a Atração da Paixão!
                              
2- ILUSÃO: v.7 “Desceu, e falou àquela mulher, e dela se agradou
Sansão deixou o que estava fazendo e foi em busca da mulher à qual se apaixonara. Estava tão iludido com a mulher que nem percebeu estar errando ao tocar no leão para tirar mel, pois em seu voto de nazireu “não se aproximará de um cadáver(Números 6.6). Por isso não quis contar aos seus pais sobre o leão morto (v.6 e 8).
A ilusão da paixão é assim como o mel tirado do leão. Uma pessoa apaixonada sente que tudo está doce, sem perceber nem mesmo o odor da morte. Além disso, a paixão às vezes leva em conta somente o momento do prazer. Como Sansão que se divertia em sua festa e até propôs uma brincadeira com o caso do leão morto com o favo de mel (v.12-15). Ele não percebeu o quanto estava iludido.
Quando uma pessoa apaixonada está iludida com o outro, então começa a escutar e ver coisas que são fruto de sua imaginação. Qualquer palavra ou gesto passa a ter o sentido emocional mais forte do que o normal. Esta grande expectativa se torna uma grande exigência sobre o outro. As fantasias da mente de uma pessoa apaixonada produzem um cenário de romance irreal.
Cuidado com as Ilusões da Paixão!

3- DECEPÇÃO: v.17 e 20 “Ela chorava diante dele os sete dias em que celebravam as bodas; ao sétimo dia, lhe declarou, porquanto o importunava; então, ela declarou o enigma aos seus patrícios” ... “Ao companheiro de honra de Sansão foi dada por mulher a esposa deste”
Depois da Atração e da Ilusão vem a Decepção. A mulher insistiu com sansão até conseguir descobrir o seu segredo e depois o traiu contanto aos seus inimigos (v.17). Sansão perdeu sua atração e ilusão pela mulher e ela se casou com o seu companheiro de honra no casamento (v.20). Aconteceu como muitos fazem depois que se decepcionam e “acendeu-se a sua ira, e ele subiu à casa de seu pai(v.19). Esta ira sentida por Sansão mostra a frustração sentida quando acaba a paixão.
Este episódio mostra algumas coisas que a revelam que a paixão é mais carnal do que sentimental ou espiritual. Atitudes como segredos, ameaças, chantagem emocional e principalmente a traição em todos os aspectos, seja no contar algo pessoal até o adultério. Estas coisas mostram que a paixão exige tanto do outro que só pode resultar em decepção. Muitos casos de paixão acabam em morte como aconteceu no caso de Sansão que “matou deles trinta homens por causa daquela mulher (v.19).
Infelizmente as decepções acontecem. Às vezes começa com uma brincadeira, depois se percebe que existem segredos ou coisas obscuras, então começa a chantagem emocional com ameaças ou exigências demais até ao extremo da traição.
Cuidado com as Decepções da Paixão!

Paixão é momentânea!
-CONCLUSÃO:
Alguns psicólogos afirmam que uma paixão pode durar até aproximadamente 30 meses¹. Por isso vemos muitos relacionamentos que duram cerca de 2 anos e meio. Há quem fale da ‘crise dos dois anos’ de um casal. Este período pode ser descrito como o tempo em que as pessoas se conhecem, sentem atração, se iludem uma com a outra e sofrem suas decepções. Mas se esta tese estiver correta, então devemos nos envolver em uma nova paixão a cada dois anos? NÃO. Precisamos buscar o verdadeiro amor.
Contudo há aqueles que conseguem superar isso e voltam no mesmo ciclo sentindo atração, ilusão e novamente se decepcionando. Na verdade, quem consegue reviver isso por várias vezes é porque seu sentimento é o amor e não somente paixão. Quem disse que o amor não sofre decepções? O ser humano é incoerente e nos decepciona muitas vezes (Jeremias 17.5).
ATENÇÃO: Muitos casais que realmente se amam passam por tudo isto repetidas vezes um com o outro e conseguem vencer. A prova de um amor verdadeiro só virá com o tempo e para saber é preciso esperar. Então não tire conclusões precipitadas que seu relacionamento foi uma paixão passageira. Várias decepções não são culpa do outro, mas das ilusões que você mesmo criou através da paixão.
Não se engane com uma paixão, busque o verdadeiro amor!
________________________
¹ http://www.aluzdapsicologia.com.br/amor-e-sexo/amor-x-paixao/

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões. Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP.
Siga Google+.

Um comentário:

  1. gosto muito de suas pregacoes, vejo que verdadeiramente es um homem de Deus, sempre que posso visito seu site eu queria pedir para o Pr se teria como o senhor elaborar uns sermoes com o seguinte tema;
    "SETE PASSOS PARA O MILAGRE"
    esta baseado em 1 Reis cap 18 ver 43
    ok que Deus o abencoe e te de muitas inspiracoes para nos abencoar com seus sermoes obrigado!

    ResponderExcluir

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.