Encontre uma Pregação

Mostrando postagens com marcador Apocalipse. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Apocalipse. Mostrar todas as postagens
6

O Jesus Apocalíptico

-Tema: APOCALIPSE
Apocalipse 1.8
“Eu sou o Alfa e Ômega, diz o Senhor Deus,
aquele que é, que era e que há de vir, o Todo-Poderoso”
-Introdução: O Senhor Jesus sempre disse para os seus discípulos quem Ele é para que o conhecessem. Quando o Messias veio ao mundo, viveu de forma humilde desde seu nascimento numa manjedoura até sua morte numa cruz. Mas quando Jesus voltar, Ele virá em glória e majestade nas alturas, mostrando seu poder Divino. Por isso, Jesus se preocupou tanto em dizer quem é através das revelações do livro de Apocalipse.
Como você imagina Jesus?
Vamos aprender quem é Jesus no Apocalipse:
3

As Visões do Apocalipse

O QUE É O APOCALIPSE?
Esta palavra, de origem grega, significa "revelação". Revelar é mostrar, tirar o véu, desvendar. Pode-se definir como um livro de visões.
Muitas pessoas falam do Apocalipse como algo oculto. Porém, trata-se de uma revelação: Deus tem um plano, cujo desfecho é a vitória de Cristo.
Para entender o Apocalipse é preciso conhecer o seu contexto e suas visões.
0

Quando será o fim do Mundo?

-Tema: APOCALIPSE
Mateus 25.13
“Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora
-Introdução: Vivemos às vésperas do dia marcado pelos antigos Maias para o fim do mundo. A data de 21/12/12 ganhou sentido místico pelo seu formato e muitos começaram a acreditar pelo fato de acontecer muitas catástrofes naturais até então. Baseado nesta data, filmes foram gravados e não faltaram previsões para o fim de tudo.
Olhando pelo lado natural e humano pode-se perceber que o planeta Terra está quase em seu limite de exploração de recursos e a sua fragilidade começa a ser demonstrada a cada dia. A natureza está reagindo a cada dia revelando sua finitude e necessidade de preservação.
De um ponto de vista bíblico e profético os sinais do fim serão mostrados na natureza (Mateus 24.29). Os selos do Apocalipse mostram que haverá guerras (Ap. 6.3,4), fome (Ap. 6.5,6), doenças (Ap. 6.7,8) e terremotos (Ap. 6.12,17). As trombetas do Apocalipse anunciam queimadas das florestas (Ap. 8.7), morte dos peixes (Ap. 8.8,9), fim da água potável (Ap. 8.10,11) e poluição da atmosfera (Ap. 8.12,13). Os flagelos do Apocalipse falam de doenças cancerígenas (Ap. 16.2) e aquecimento solar (Ap. 16.8,9).
Todos estes fatores revelam que realmente o fim do mundo não está tão longe. Há algum tempo, muitos não acreditavam no fim do mundo, mas hoje até os cientistas usam este argumento para explicar a sequência de desastres naturais.
O fim do mundo tem data e hora marcadas?
Vamos buscar respostas para as perguntas ‘quando’, ‘como’ e ‘onde’ será o fim do mundo:
3

Os anticristos

-Tema: Volta de Jesus
I João 2.18
-Introdução: Anticristo é alguém que se opõe a Cristo e à sua Palavra ou pretende ocupar o seu lugar. Falsos profetas são contra Cristo, mas a Bíblia declara que no fim dos tempos surgirá um homem chamado por Jesus de “o abonável da desolação” (Marcos 13.14) que personificará o anticristo ou a Besta do Apocalipse.
Neste estudo trataremos do assunto como um sistema que já opera no mundo. Mesmo que a pessoa do anticristo ainda não se manifestou, tudo já está sendo preparado para que ele seja revelado e aceito pelo mundo. Por isso, usamos o texto no plural, para designar todo tipo de manifestação contraria à fé cristã.
A Igreja precisa estar alerta para não aceitar as coisas anticristãs que estão camufladas no mundo. Aqueles que já aderirem ao seu sistema anticristão ou mundano, irão facilmente aceitar sua pessoa quando surgir. Nossa batalha contra o anticristo já começou. Não temos que lutar apenas contra sua pessoa e sim contra seu sistema.
Quem é o Anticristo?
Vamos aprender algumas características do Anticristo:
3

A Nova Jerusalém

-Tema: VOLTA DE JESUS
Apocalipse 21 e 22
-Introdução: A Nova Jerusalém será a cidade que vamos morar no céu então temos que saber sobre ela. Todo crente tem duas nacionalidades: a que nasceu e a que terá nos céus onde viverá. A naturalidade de uma pessoa determina suas caraterísticas. Então, se temos uma herança celestial devemos viver como cidadãos dos céus.
Você conhece a Nova Jerusalém?
Vamos aprender um pouco mais sobre a Nova Jerusalém:
1

As Bodas do Cordeiro

-Tema: CASAMENTO
Apocalipse 19.5-9
-Introdução: Este texto fala sobre a maior de todas as festas que já aconteceu na história. Será o momento em que Jesus voltar para buscar sua Igreja. A Bíblia compara este momento com uma festa de casamento. Para o povo de Deus as bodas era um momento mais importante na vida de uma pessoa. Assim aprendemos que a volta de Jesus será o marco de nossas vidas, agora quando estamos esperando, no momento que será glorioso e depois quando viveremos eternamente com Ele.
Como será as Bodas do Cordeiro?
Vamos aprender sobre o que deve ter em um casamento refletindo alguns aspectos sobre as bodas do Cordeiro:
6

A Igreja da última hora

-Tema: VOLTA DE JESUS
Mateus 25.1-13
-Introdução: A parábola das dez virgens tem muito a ensinar para a Igreja.
Podemos refletir sobre os significados simbólicos deste texto:
-Virgens: igrejas (Apocalipse 22.17);
-Noivo: Jesus Cristo (Marcos 2.19,20);
-Bodas: a volta de Jesus (Apocalipse 19.7);
-Lâmpadas: a luz do mundo (Mateus 5.14);
-Azeite: unção do Espírito Santo (I João 2.20).
Podemos entender que as dez virgens representam a totalidade das igrejas cristãs. Contudo, metade delas estão despreparadas para a volta de Jesus. Acima de tudo precisamos saber que a igreja somos nós, você e eu.
Como deve ser a Igreja nos últimos dias?
Vamos fazer uma comparação entre as virgens néscias e as sábias e entender como não deve ser a Igreja e o que precisa fazer para estar preparada:
5

A plenitude dos tempos

-Tema: ESCATOLOGIA
II Pedro 3.8-13
-Introdução: A plenitude dos tempos significa o tempo (kairós) de Deus para o mundo desde Jesus Cristo até o fim de tudo.
Este é um tema de grande importância para o povo de Deus, mas que por vezes se encontra esquecido. Essa doutrina alimenta a esperança do povo de Deus (embora inspire terror para quem não tem ainda esta confiança).
Não é possível tratar o assunto todo de uma só vez, então, para começar é preciso deixar alguns detalhes e estudar de forma simples. A solução para alcançarmos o pleno conhecimento escatológico é falar mais e mais vezes sobre o assunto através de estudos individuais e coletivos.
Também não entraremos em muitos detalhes por falta de espaço. Nem mesmo nos preocupamos agora com a ordem dos fatos. O propósito é compreender os fatos que acontecerão e aprofundar no assunto mais tarde à medida do interesse de cada um.
O que acontecerá no fim?
De forma simples veremos 12 (doze) fatos importantes com relação à plenitude dos tempos:
1

As sete Igrejas

Este pequeno esboço revela a situação de cada uma das sete igrejas do Apocalipse. A partir desta visão espiritual, podemos refletir como estamos enquanto Igreja do Senhor.
Contudo, antes de fazer esta análise precisamos lembrar que:
  -Jesus reconheceu todas elas como igrejas, mesmo com seus erros;
  -Jesus não mandou ninguém sair de uma igreja para outra;
  -Jesus não disse que uma igreja é melhor que outra;
  -Jesus tratou diretamente com seus pastores orientando-os;
  -todas igrejas tiveram oportunidade de arrependimento;
  -Somente Jesus pode julgar a situação espiritual da Igreja.
As 7 igrejas do Apocalipse
Apocalipse 2.1-7
Éfeso
Desviada: perdeu a direção, passou a desobedecer a Deus não fazendo sua vontade
Apocalipse 2.8-11
Esmirna
Perseguida: sofredora por causa das perseguições enfrentadas por ser fiel a Deus
14

O que vou fazer no céu?

-Tema: VIDA ETERNA
Apocalipse
-Introdução: Tenho certeza que quando se fala em céu, você logo pensa em uma multidão de pessoas de branco cantando. Não é verdade? Eu também. Mas teria algo mais para fazer no céu? Qual seria nossa ocupação durante toda a eternidade? Creio que só saberemos plenamente quando estivermos lá. De uma coisa tenho certeza, que o céu não é um lugar monótono. Teremos muita atividade lá.
O Apocalipse descreve algumas cenas vistas pelo apóstolo João dos remidos em ações específicas e baseado nestas ações, vamos estudar o que poderíamos fazer quando chegar ao céu. Baseado nestas informações poderemos saber se estamos nos preparando para ir morar no céu.
Você está preparado para ir pro céu?
Vamos estudar o que o Apocalipse fala sobre isso:
1

Daniel 9, a Oração pela nação

-Tema: PROFECIA
Daniel 9
-Introdução: Daniel lê o livro do profeta Jeremias e encontra uma profecia (v.1,2) de que “toda esta terra virá a ser um deserto e um espanto; estas nações servirão ao rei da Babilônia setenta anos. Acontecerá, porém, que, quando se cumprirem os setenta anos, castigarei a iniquidade do rei da Babilônia e a desta nação, diz o SENHOR, como também a da terra dos caldeus; farei deles ruínas perpétuas” (Jeremias 25.11,12).
Daniel compreende que este foi o período de tempo de cativeiro na Babilônia e fez as contas do ano da queda de Jerusalém até o ano atual que vivia que era o primeiro do rei Dario (605 a.C.). O resultado foi:
605a.C.– 538a.C. = 67anos
Daniel já estava a 67 anos na Babilônia, então faltavam apenas 3 anos para se cumprir a profecia. Baseado nesta palavra profética, Daniel se enche de esperança pela restauração de seu povo.
Você tem orado pelo Brasil?
Vamos aprender como Daniel orou por sua nação:
13

Daniel 6, a cova dos leões


-Tema: FIDELIDADE
Daniel 6
-Introdução: Babilônia é derrotada em uma única noite pelo Império Medo-Persa.
Dario, o Medo conquista a Babilônia: v.1-9
Dario organiza o império: v.1,2
Daniel sobrevive à invasão do Império Medo-Persa e é escolhido pelo rei Dario para ser presidente no Império: v.2,3
Todos tinham inveja de Daniel e procuravam alguma coisa contra ele. Mas Daniel era fiel ao rei e só desobedeceria ao rei para obedecer a Deus: v.5
Como sair da cova dos leões?
Vamos aprender com Daniel como foi perseverante e fiel:
4

As sete bem-aventuranças do Apocalipse

-Tema: APOCALIPSE
-Introdução: Quem disse que o Apocalipse é um livro que anuncia coisas ruins? Será que é um livro da Graça de Deus ou um livro de desgraças? Com certeza quem divulga que o Apocalipse é um livro de más notícias são pessoas que não conhecem a Boa-Nova do Evangelho.
O Apocalipse faz parte desta Boa Notícia para aqueles que serão salvos, mas para quem não será salvo realmente é uma má notícia.
Há muitas crendices como, por exemplo, se quebrar um espelho ter azar sete anos. As pessoas também sempre pedem para receber primeiro a má notícia para depois receber a boa.
O evangelho não tem azar ou má notícia. É uma boa notícia de que todos podem ser salvos e felizes em Cristo Jesus. Só não recebe quem não quer.
A palavra ‘bem-aventurado’ significa feliz, ter uma aventura boa. O livro de Apocalipse traz esta palavra sete vezes, um número considerado para representar a perfeição, o que simboliza ser plenamente bem-aventurado. Na verdade isso nos mostra qual é o verdadeiro padrão de felicidade, que não é o do mundo e sim o do céu, que é sete vezes mais do que tudo o que tem neste mundo (II Coríntios 2.9).
Você gostaria de ser feliz sete vezes?
Vamos refletir nas sete bem-aventuranças do Apocalipse:
4

As maravilhas da Cidade Celestial

-Tema: ESCATOLOGIA
Apocalipse 21.21-27 e 22.1-5
-Introdução: Imagine uma linda cidade. Com tudo o que um bom município precisa para funcionar bem. Ruas bonitas, iluminadas, água de qualidade, educação, saúde, segurança pública, abundância de alimentos, etc.
De todas as cidades que já tenhamos visto nada se compara à bela cidade descrita na Palavra de Deus, onde os salvos irão morar.
Sua naturalidade terrena é a cidade que nasceu, mas sua naturalidade espiritual é esta Cidade Celestial.
Você gostaria de morar na Cidade Celestial?
Vamos imaginar uma cidade completa e comparar com as maravilhas da Cidade Celestial:
7

Daniel 3, A Fornalha de Fogo

-Tema: FIDELIDADE
Daniel 3
-INTRODUÇÃO: Houve um espaço de cerca de 20 anos se passaram entre os capítulos 2 e 3. O rei Nabucodonosor mandou fazer uma estátua de ouro com 30m de altura e 3 m de largura (v.1) e chamou todos os seus governantes: Sátrapas (legisladores), Prefeitos e Governadores (executivos), Juízes e Magistrados (Judiciário) Conselheiros (Ministros), Tesoureiros (secretários administrativos) para uma grande reunião (v.2,3).
Muitas vezes caímos em situações que são armadas para nos queimar. Neste momento precisamos ter a confiança de que o Senhor não nos livra ‘do’ problema, mas nos livra ‘no’ problema.
Você já passou pelo fogo?
Vamos compreender o poder que aqueles jovens sentiram ali na fornalha:
0

Daniel 2, a Visão da Estátua

-Tema: ESCATOLOGIA
Daniel 2
-Introdução: Nabucodonosor ficou muito impressionado com o que viu em seu sonho (v.1) e mandou chamar os magos, encantadores, feiticeiros, astrólogos e místicos do reino para interpretar seu sonho e exigiu que revelassem o sonho com a interpretação ameaçando de pena de morte a todos (v.2-13). Como não conseguiram responder, o rei fez um decreto de matar todos os sábios do reino (v.14-23).
Quando Daniel ficou sabendo do decreto do rei, colocou-se em oração e pediu a Deus a revelação e interpretação do sonho (v.17-23). Daniel pediu a Deus a revelação do sonho e sua interpretação e exaltou ao Senhor em louvor e gratidão pela resposta.
O que significa este sonho?
Veja o significado de cada uma das partes da estátua:
5

Daniel 1, A Juventude do Profeta

-Tema: JUVENTUDE
Daniel 1
-Introdução: A história do jovem Daniel aconteceu na Babilônia, o mesmo lugar onde foi a torre de Babel e hoje é o Iraque. Durante o reinado do tirano Nabucodonosor, conhecido pelos jardins suspensos e grandes construções na Babilônia. Algumas ruínas como o Zigurate de Ur, um templo babilônico mostram a suntuosidade deste império.
O povo de Israel esteve cativo na Babilônia desde a queda de Jerusalém em 587 a.C. quando os exércitos babilônios destruíram o templo e roubaram seus tesouros.
Como ser um jovem consagrado a Deus?
Vamos aprender alguns desafios enfrentados por Daniel e como superou tudo se consagrando a Deus:
9

Sinais do fim

6  Marcos 13.3-13 6
Ouvimos muito sobre a volta de Jesus e o final dos tempos, mas quais são as palavras de Jesus a respeito disso e quais são os sinais destes acontecimentos?
Não sabemos quando será a volta de Jesus nem a grande tribulação ou arrebatamento, mas podemos ter certeza que já temos os sinais do fim que Jesus chamou de ‘princípio das dores’.
Vamos analisar este texto e aprender sobre os sinais do fim do mundo e a volta de Jesus:


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...