0

As sete Taças do Apocalipse

-Tema: APOCALIPSE 
Apocalipse 15.5-8
-INTRODUÇÃO: As taças representam os acontecimentos dos fins dos tempos que demonstram a ira de Deus sobre o pecado e o fim de todas as coisas.
Uma celebração de vitória é demonstrada quando os vencedores louvam a Deus entoando o chamado cântico de Moisés em alusão à saída do Egito quando o povo cantou do outro lado do mar (Êxodo 15.1-18).
João vê sete anjos que recebem taças (Apocalipse 15.1). Um dos querubins entrega as taças aos anjos para serem derramadas sobre a terra (v.7).

O que são as Taças da ira de Deus?


Vejamos quais são as Sete Taças do Apocalipse:
0

Os sete selos do Apocalipse

-Tema: APOCALIPSE
Apocalipse 6 e 8
-Introdução: O selo nos tempos bíblicos era um lacre (Daniel 6.17) que fechava as cartas (I Reis 21.8) com uma marca feita com sinete semelhante a um carimbo sobre uma massa. O livro visto pelo apóstolo João estava selado com sete selos para confirmar que estava bem fechado e só poderia ser aberto por seu destinatário que deveria ser alguém digno (Apocalipse 5.2). À medida que os selos vão sendo abertos, acontecimentos revelam o que significam suas palavras.
O que são os selos?
Vamos relatar brevemente os sete selos do Apocalipse:
7

As sete igrejas do Apocalipse ATUAL

-Tema: APOCALIPSE 
Apocalipse 1 a 3
Este  esboço revela a situação de cada uma das sete igrejas do Apocalipse. A partir desta visão espiritual, podemos refletir como estamos enquanto Igreja do Senhor.
Contudo, antes de fazer esta análise precisamos lembrar que:
-Jesus reconheceu todas elas como igrejas, mesmo com seus erros;
  -Jesus não mandou ninguém sair de uma igreja para outra;
  -Jesus não disse que uma igreja é melhor que outra;
  -Jesus tratou diretamente com seus pastores orientando-os;
  -todas igrejas tiveram oportunidade de arrependimento;
  -Somente Jesus pode julgar a situação espiritual da Igreja.
1

As cartas às sete Igrejas do Apocalipse

O apóstolo João estava preso, solitário na ilha de Patmos quando recebeu as revelações do próprio Senhor Jesus (Apocalipse 1.9). As cartas foram enviadas para 7 igrejas da Ásia menor (Apocalipse 1.4 e 11).
João viu:
  -Jesus glorificado
  -rodeado de 7 castiçais acesos representando 7 igrejas.
  -7 estrelas em sua mão direita representando os anjos das igrejas que são os pastores (Apocalipse 1.20).
1

Introdução ao Apocalipse

-Tema: APOCALIPSE 
APOCALIPSE significa REVELAÇÃOÉ um livro que fala do passado, presente e futuro do povo de Deus (Apocalipse 1.19). Um livro que parece em branco para quem não crê, pois muitas coisas estão sendo escritas na história da humanidade. Suas palavras estão em códigos para que para que somente quem crê entenda. Mas está sendo descoberto a cada dia por quem tem sede da Palavra de Deus e se preocupa em se preparar para os últimos dias.Alguns símbolos do Apocalipse são:
0

Quando será o fim do Mundo?

-Tema: APOCALIPSE
Mateus 25.13
“Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora
-Introdução: Várias pessoas já marcaram a volta de Jesus, contudo sem sucesso algum. A data de 21/12/12 ganhou sentido místico por ser o dia marcado pelos antigos Maias para o fim do mundo. Muitos começaram a acreditar pelo fato de acontecer muitas catástrofes naturais até então. Baseado nesta data, filmes foram gravados e não faltaram previsões para o fim de tudo.
2

A última mensagem

-Tema: APOCALIPSE
“O Espírito e a noiva dizem: Vem! Aquele que ouve, diga: Vem! Aquele que tem sede venha, e quem quiser receba de graça a água da vida”.
Apocalipse 22.17
-Introdução: Se os jornais tivessem oportunidade, esta seria a última manchete: a volta de Jesus. Mas esta notícia não será divulgada pelos jornais, e por isso precisa ser publicada antecipadamente pela Igreja. A grande mensagem dos últimos dias se resume nesta palavra tão pequena: VEM! 
    Como um grito ou chamado urgente, isso será proclamado. A cada dia que passa mais se torna urgente a volta de Jesus. À medida que os cristãos se despertarem para esta realidade, mais clamarão pelo retorno do Salvador.
Quem vai anunciar esta mensagem?
Vamos refletir sobre a pregação apocalíptica e seus anunciadores:
1

Os sete Espíritos de Deus

-Tema: APOCALIPSE
Isaías 11.2
-Introdução: A expressão ‘sete Espíritos de Deus’, chama atenção ao ler o Apocalipse, pois só existe um Espírito do único Deus e como então seriam sete? O propósito deste termo é se referir à presença plena do Espírito Santo nos últimos dias (Joel 2.28-30).
A palavra "sete" em Hebraico é a mesma para jurar ou garantir1 trazendo também o sentido de estar cheio ou completo2. No Apocalipse, o número 7 demonstra que está perto de ser concluída a vontade de Deus para a humanidade. Por isso traz uma sequência de números sete: 7 igrejas > 7 selos > 7 trombetas > 7 taças.
SETE ESPÍRITOS DE DEUS significa manifestação completa e perfeita do Espírito Santo.
O que significa os sete Espíritos de Deus?
Vamos refletir sobre a manifestação plena do Espírito Santo no Apocalipse estudando a expressão ‘sete Espíritos de Deus’:
1

Os anticristos

-Tema: Volta de Jesus 
I João 2.18
-Introdução: Anticristo é alguém que se opõe a Cristo e à sua Palavra ou pretende ocupar o seu lugar. Falsos profetas são contra Cristo, mas a Bíblia declara que no fim dos tempos surgirá um homem chamado por Jesus de “o abonável da desolação” (Marcos 13.14) que personificará o anticristo ou a Besta do Apocalipse.
Neste estudo trataremos do assunto como um sistema que já opera no mundo. Mesmo que a pessoa do anticristo ainda não se manifestou, tudo já está sendo preparado para que ele seja revelado e aceito pelo mundo. Por isso, usamos o texto no plural, para designar todo tipo de manifestação contraria à fé cristã.
A Igreja precisa estar alerta para não aceitar as coisas anticristãs que estão camufladas no mundo. Aqueles que já aderirem ao seu sistema anticristão ou mundano, irão facilmente aceitar sua pessoa quando surgir. Nossa batalha contra o anticristo já começou. Não temos que lutar apenas contra sua pessoa e sim contra seu sistema.
Quem é o Anticristo?
Vamos aprender algumas características do Anticristo:
6

O Jesus Apocalíptico

-Tema: APOCALIPSE
Apocalipse 1.8
“Eu sou o Alfa e Ômega, diz o Senhor Deus,
aquele que é, que era e que há de vir, o Todo-Poderoso”
-Introdução: O Senhor Jesus sempre disse para os seus discípulos quem Ele é para que o conhecessem. Quando o Messias veio ao mundo, viveu de forma humilde desde seu nascimento numa manjedoura até sua morte numa cruz. Mas quando Jesus voltar, Ele virá em glória e majestade nas alturas, mostrando seu poder Divino. Por isso, Jesus se preocupou tanto em dizer quem é através das revelações do livro de Apocalipse.
Como você imagina Jesus?
Vamos aprender quem é Jesus no Apocalipse:
4

As Visões do Apocalipse

A palavra Apocalipse é de origem grega, significa "revelação". Revelar é mostrar, tirar o véu, desvendar. Pode-se definir como um livro de visões. Por isso muitas pessoas falam do Apocalipse como algo oculto. Porém, trata-se de uma revelação: Deus tem um plano, cujo desfecho é a vitória de Cristo.

O QUE É O APOCALIPSE?

Para entender o Apocalipse é preciso conhecer o seu contexto e suas visões:

-Autor: O apóstolo João (Apoc. 1.1,4, 9-11);
-Destinatários: As 7 igrejas da Ásia.
-Data: 95 a 96 d.C.
-Local: ilha de Patmos, localizada a 56 km da costa da Ásia Menor (Turquia). Para lá eram enviados os prisioneiros na época do imperador romano Domiciano (81 a 96 a.C).
-Idioma: Grego (Ap.1.8; 21.6; 22.13).
-Tema: Conflito entre o bem e o mal. A vitória de Cristo e a implantação do seu Reino eterno.


ESBOÇO do Apocalipse:


ASSISTA:
1. Introdução e visão de Jesus - 1.1-20
2. Cartas às 7 Igrejas - 2.1 a 3.22
3. Visão do trono no céu - 4.1-11
4. O livro selado e o Cordeiro - 5.1-14.
5. Abertura dos 6 primeiros selos - 6.1-17.
6. Os 144 mil selados e a multidão  - 7.1-17.
7. As 6 primeiras trombetas – 8 e 9.
08. O anjo e o livrinho - 10.1-11.
09. As duas testemunhas - 11.1-14.
10. A sétima trombeta - 11.15-19.
11. A mulher e o dragão - 12.1-18.
12. As duas bestas do mar e da terra- 13.1-18.
13. Os remidos em Sião e os 3 anjos- 14.1-13 
14. A ceifa sobre a terra - 14.14-20. 
15. As 7 taças - 15.1 a 16.21.
16. A grande Babilônia e sua queda – 17 e 18.
17. As bodas do Cordeiro - 19.1-10.
18. O Cavaleiro do cavalo branco - 19.11-21.
19. O milênio e o Juízo Final - 20.1-6.
20. Novo céu e nova terra - 21.1-8.
21. A Nova Jerusalém - 21.9 a 22.5.
22. Encerramento e saudação final - 22.6-21


Veja mais detalhes sobre as visões do Apocalipse:
Dentre as várias visões do Apocalipse, estas quatro são as principais e orientam todo o livro:
7 Igrejas: Representam períodos da história da Igreja ou tipos de igrejas nos últimos tempos.
7 Selos: Acontecimentos que abrem o livro de Apocalipse para a compreensão de sua revelação.
7 Trombetas: Anúncios sobre o cumprimento de todas as coisas para o fim.
7 Taças: A ira de Deus se derrama sobre a terra para o Juízo Final.
Vejamos os principais fatos  de cada uma destas visões: 
1ª Igreja – ÉFESO:  Ap 2.1-7
Desviada: perdeu a direção, passou a desobedecer a Deus.
2ª Igreja – ESMIRNA: Ap 2.8-11
Perseguida: sofre perseguição por ser fiel a Deus.
3ª Igreja – PÉRGAMO: Ap 2.12-17
Liberal: permissiva, aceitando tudo na igreja.
4ª Igreja – TIATIRA: Ap 2.18-29
Relaxada: preguiça de evangelizar, orar e estudar a Bíblia.
5ª Igreja – SARDES: Ap 3.1-6
Morta: sem alegria, não faz   diferença e não incomoda o inimigo.
6ª Igreja – FILADÉLFIA: Ap 3.7-13
Abençoada: fiel ao Senhor apesar das dificuldades
7ª Igreja – LAODICÉIA: Ap 3.14-22
Morna: indecisa, servindo dois senhores. 
1° Selo - Cavalo Branco: Ap 6.1,2
Engano com a união das nações.
2° Selo - Cavalo Vermelho: Ap 6.3,4
Guerras e rumores de guerras.
3° Selo - Cavalo Preto: Ap 6. 5,6
Fome e falta de alimentos.
4° Selo - Cavalo Amarelo: Ap 6.7,8
Morte por doenças e pestes.
5° Selo - Visão dos mártires: Ap 6.9-11
Almas guardadas debaixo do altar de Deus.
6° Selo - Desastres Ambientais: Ap 6.12-17
Poluição e destruição da natureza.
7° Selo - Sete Anjos com 7 Trombetas: Ap 8.1-6
Os anúncios do fim.  
1ª Trombeta: Ap 8.7
Desmatamento e queimada da terça parte da terra.
2ª Trombeta: Ap 8.8,9
Vulcões e Tsunamis.
3ª Trombeta: Ap 8.10,11
Poluição da terça parte da água doce.
4ª Trombeta: Ap 8.12,13
Poluição do ar escurecimento do céu.
5ª Trombeta: Ap 9.1-11
Perseguição espiritual por demônios soltos do abismo.
6ª Trombeta: Ap 9.13-21
Guerras a partir do rio Eufrates: IRAQUE.
7ª Trombeta: Ap 11.15-19
Ressurreição dos mortos e o Arrebatamento da Igreja. 
1ª Taça: Ap 16.1,2
Úlceras nas pessoas que têm a marca da Besta.
2ª Taça: Ap 16.3
O mar se torna em sangue.
3ª Taça: Ap 16.4-7
Os rios se tornam em sangue.
4ª Taça: Ap 16.8,9
Aquecimento do sol.
5ª Taça: Ap 16.10,11
Trevas sobre o trono do anticristo.
6ª Taça: Ap 16.12-16
Secamento do Rio Eufrates e guerra do Armagedom.
7ª Taça: Ap 16.17-21
Raios, terremotos e chuva de meteoros. 
  

Quem disse que o Apocalipse é um livro que anuncia coisas ruins? Com certeza quem divulga que o Apocalipse é um livro de más notícias são pessoas que não conhecem a Boa Nova do Evangelho.
O Apocalipse faz parte desta Boa Notícia para aqueles que serão salvos, mas para quem não será salvo realmente é uma má notícia. O evangelho é uma boa notícia de que todos podem ser salvos e felizes em Cristo Jesus.
Adquira o eBook:

3

A Nova Jerusalém

-Tema: VOLTA DE JESUS
Apocalipse 21 e 22
-Introdução: A Nova Jerusalém será a cidade que vamos morar no céu então temos que saber sobre ela. Todo crente tem duas nacionalidades: a que nasceu e a que terá nos céus onde viverá. A naturalidade de uma pessoa determina suas caraterísticas. Então, se temos uma herança celestial devemos viver como cidadãos dos céus.
Você conhece a Nova Jerusalém?
Vamos aprender um pouco mais sobre a Nova Jerusalém:
1

As Bodas do Cordeiro

-Tema: CASAMENTO
Apocalipse 19.5-9
-Introdução: Este texto fala sobre a maior de todas as festas que já aconteceu na história. Será o momento em que Jesus voltar para buscar sua Igreja. A Bíblia compara este momento com uma festa de casamento. Para o povo de Deus as bodas era um momento mais importante na vida de uma pessoa. Assim aprendemos que a volta de Jesus será o marco de nossas vidas, agora quando estamos esperando, no momento que será glorioso e depois quando viveremos eternamente com Ele.
Como será as Bodas do Cordeiro?
Vamos aprender sobre o que deve ter em um casamento refletindo alguns aspectos sobre as bodas do Cordeiro:
9

A Igreja da última hora

-Tema: VOLTA DE JESUS
Mateus 25.1-13
-Introdução: A parábola das dez virgens tem muito a ensinar para a Igreja.
Podemos refletir sobre os significados simbólicos deste texto:
-Virgens: igrejas (Apocalipse 22.17);
-Noivo: Jesus Cristo (Marcos 2.19,20);
-Bodas: a volta de Jesus (Apocalipse 19.7);
-Lâmpadas: a luz do mundo (Mateus 5.14);
-Azeite: unção do Espírito Santo (I João 2.20).
Podemos entender que as dez virgens representam a totalidade das igrejas cristãs. Contudo, metade delas estão despreparadas para a volta de Jesus. Acima de tudo precisamos saber que a igreja somos nós, você e eu.
Como deve ser a Igreja nos últimos dias?
Vamos fazer uma comparação entre as virgens néscias e as sábias e entender como não deve ser a Igreja e o que precisa fazer para estar preparada:
5

A plenitude dos tempos

-Tema: ESCATOLOGIA
II Pedro 3.8-13
-Introdução: A plenitude dos tempos significa o tempo (kairós) de Deus para o mundo desde Jesus Cristo até o fim de tudo.
Este é um tema de grande importância para o povo de Deus, mas que por vezes se encontra esquecido. Essa doutrina alimenta a esperança do povo de Deus (embora inspire terror para quem não tem ainda esta confiança).
Não é possível tratar o assunto todo de uma só vez, então, para começar é preciso deixar alguns detalhes e estudar de forma simples. A solução para alcançarmos o pleno conhecimento escatológico é falar mais e mais vezes sobre o assunto através de estudos individuais e coletivos.
Também não entraremos em muitos detalhes por falta de espaço. Nem mesmo nos preocupamos agora com a ordem dos fatos. O propósito é compreender os fatos que acontecerão e aprofundar no assunto mais tarde à medida do interesse de cada um.
O que acontecerá no fim?
De forma simples veremos 12 (doze) fatos importantes com relação à plenitude dos tempos:
17

O que vou fazer no céu?

-Tema: VIDA ETERNA
Apocalipse
-Introdução: Tenho certeza que quando se fala em céu, você logo pensa em uma multidão de pessoas de branco cantando. Não é verdade? Eu também. Mas teria algo mais para fazer no céu? Qual seria nossa ocupação durante toda a eternidade? Creio que só saberemos plenamente quando estivermos lá. De uma coisa tenho certeza, que o céu não é um lugar monótono. Teremos muita atividade lá.
O Apocalipse descreve algumas cenas vistas pelo apóstolo João dos remidos em ações específicas e baseado nestas ações, vamos estudar o que poderíamos fazer quando chegar ao céu. Baseado nestas informações poderemos saber se estamos nos preparando para ir morar no céu.
Você está preparado para ir pro céu?
Vamos estudar o que o Apocalipse fala sobre isso:
2

Daniel 9, a Oração pela nação

-Tema: PROFECIA
Daniel 9
-Introdução: Daniel lê o livro do profeta Jeremias e encontra uma profecia (v.1,2) de que “toda esta terra virá a ser um deserto e um espanto; estas nações servirão ao rei da Babilônia setenta anos. Acontecerá, porém, que, quando se cumprirem os setenta anos, castigarei a iniquidade do rei da Babilônia e a desta nação, diz o SENHOR, como também a da terra dos caldeus; farei deles ruínas perpétuas” (Jeremias 25.11,12).
Daniel compreende que este foi o período de tempo de cativeiro na Babilônia e fez as contas do ano da queda de Jerusalém até o ano atual que vivia que era o primeiro do rei Dario (605 a.C.). O resultado foi:
605a.C.– 538a.C. = 67anos
Daniel já estava a 67 anos na Babilônia, então faltavam apenas 3 anos para se cumprir a profecia. Baseado nesta palavra profética, Daniel se enche de esperança pela restauração de seu povo.
Você tem orado pelo Brasil?
Vamos aprender como Daniel orou por sua nação:
0

Daniel 8, a Visão do Carneiro e do bode

17

Daniel 6, a cova dos leões


-Tema: FIDELIDADE
Daniel 6
-Introdução: Babilônia é derrotada em uma única noite pelo Império Medo-Persa.
Dario, o Medo conquista a Babilônia: v.1-9
Dario organiza o império: v.1,2
Daniel sobrevive à invasão do Império Medo-Persa e é escolhido pelo rei Dario para ser presidente no Império: v.2,3
Todos tinham inveja de Daniel e procuravam alguma coisa contra ele. Mas Daniel era fiel ao rei e só desobedeceria ao rei para obedecer a Deus: v.5
Como sair da cova dos leões?
Vamos aprender com Daniel como foi perseverante e fiel:
7

As sete bem-aventuranças do Apocalipse

-Tema: APOCALIPSE 
-Introdução: Quem disse que o Apocalipse é um livro que anuncia coisas ruins? Será que é um livro da Graça de Deus ou um livro de desgraças? Com certeza quem divulga que o Apocalipse é um livro de más notícias são pessoas que não conhecem a Boa-Nova do Evangelho.
O Apocalipse faz parte desta Boa Notícia para aqueles que serão salvos, mas para quem não será salvo realmente é uma má notícia.
Há muitas crendices como, por exemplo, se quebrar um espelho ter azar sete anos. As pessoas também sempre pedem para receber primeiro a má notícia para depois receber a boa.
O evangelho não tem azar ou má notícia. É uma boa notícia de que todos podem ser salvos e felizes em Cristo Jesus. Só não recebe quem não quer.
A palavra ‘bem-aventurado’ significa feliz, ter uma aventura boa. O livro de Apocalipse traz esta palavra sete vezes, um número considerado para representar a perfeição, o que simboliza ser plenamente bem-aventurado. Na verdade isso nos mostra qual é o verdadeiro padrão de felicidade, que não é o do mundo e sim o do céu, que é sete vezes mais do que tudo o que tem neste mundo (II Coríntios 2.9).
Você gostaria de ser feliz sete vezes?
Vamos refletir nas sete bem-aventuranças do Apocalipse: