De volta à Casa do Pai

-Tema: RECONCILIAÇÃO
Lucas 15.11-24
-Introdução: Os valores atuais da sociedade foram relativizados. As pessoas não são mais presas a lugares ou relacionamentos. A competitividade do capitalismo fez com que todos procurem o que melhor satisfaça sua vontade. Então as consequências surgem quando amigos se tornam descartáveis, a família é abandonada, casamentos são desfeitos e igrejas são trocadas facilmente.
Quando surge um problema, logo as pessoas dizem, não sou mais seu amigo, quero me separar ou vou sair da igreja. Mas será que esta seria a vontade de Deus? A estabilidade da família e da Igreja são desafios que nos confrontam a cada dia. Por isso Deus criou a casa com lugar de abrigo e a Igreja como espaço de comunhão. Precisamos da família e da Igreja mesmo com seus defeitos.
Você saiu da Casa do Pai?
Vamos aplicar este texto à família e Igreja, refletindo que a Casa do Pai é lugar de:

1- HERANÇA: v.12 “o mais moço deles disse ao pai: Pai, dá-me a parte dos bens que me cabe. E ele lhes repartiu os haveres”
Enquanto estava na casa do pai, o filho tinha tudo. Além disso, sabia que tinha direito a uma herança. Infelizmente não quis esperar o tempo certo para receber sua herança e por isso pediu a seu pai que lhe desse seus direitos.
Muitos relacionamentos são desfeitos quando pessoas não sabem esperar o tempo certo de receber seus direitos. Se quiser receber algo, preciso cultivar e aguardar o tempo certo. Mas devido à impaciência, várias pessoas preferem acertar contas e sair de casa.
Na Igreja também acontece a mesma coisa. Irmãos (às vezes mais novos) não querem esperar o tempo certo para receber sua herança ou direitos para participar de um ministério ou exercer função de privilégio. Então estas pessoas procuram seus direitos antes da hora e por isso acabam saindo da Casa do Pai e perdem tudo lá fora.
Você quer receber seus direitos?
Espere o tempo certo de receber sua Herança!

2- FARTURA: v.17 “Então, caindo em si, disse: Quantos trabalhadores de meu pai têm pão com fartura, e eu aqui morro de fome!”                                                                                                            
O filho se lembrava de que, enquanto estava na casa de seu pai, tinha fartura de tudo que precisava comer, mas depois que saiu e perdeu tudo, começou a passar falta de necessidades básicas.
A família é o lugar onde tudo é compartilhado, por isso quando há união, mesmo a família mais pobre tem fartura. Mas como diz o ditado ‘a galinha do vizinho é mais gorda’, nem todos reconhecem o que tem em sua casa e ficam querendo sempre mais.
A Casa de Deus é onde somos alimentados espiritualmente. Quando alguém sai da Igreja, para de receber nutrição espiritual para viver e começa a se enfraquecer.
Você está sentindo falta de algo?
A Casa do Pai é lugar de Fartura!


ASSISTA:
3- ARREPENDIMENTO: v.18,19 e 21 “Levantar-me-ei, e irei ter com o meu pai, e lhe direi: Pai, pequei contra o céu e diante de ti; já não sou digno de ser chamado teu filho; trata-me como um dos teus trabalhadores”
O sentimento do filho quando se lembrava da casa do pai era de arrependimento. Ele ensaiou como falaria com seu pai quando o visse novamente e fez como pensou (v.21).
Se em cada família as pessoas tivessem coragem de reconhecer seus erros e se concertar, seria muito mais fácil a convivência. Muitos casamentos seriam salvos e filhos se livrariam do mal.
Os cultos de nossas igrejas precisam cultivar mais o momento de confissão de pecados, pois onde está a presença do Espírito Santo, Ele nos convence “do pecado, do juízo e da justiça” (João 16.8). Dizer ‘eu não me arrependo do que fiz’ não é uma atitude cristã e sim dureza de coração.
Você se arrepende de seus pecados?
A Casa do Pai é lugar de Arrependimento!

4- ACOLHIMENTO: v.20 “E, levantando-se, foi para seu pai. Vinha ele ainda longe, quando seu pai o avistou, e, compadecido dele, correndo, o abraçou, e beijou”
Quando o filho pródigo se aproximava da casa de seu pai, foi recebido com abraços e beijos. O filho que para muitos estava desfigurado e sujo foi reconhecido por seu pai que o acolheu com muito amor.
A casa também é lugar de acolhimento. O marido deve ser bem recebido pela esposa quando chega do trabalho e vice versa. Chegar em casa é motivo de refrigério e não deve trazer preocupação ou medo.
As igrejas precisam se preparar para receber muitos pródigos que veem do mundo e precisam de nosso abraço. O acolhimento marca mais a pessoa do que a aparência da igreja, estilo de culto ou palavras ditas nas reuniões.
Você acolhe bem o seu próximo?
A Casa de Deus é lugar de Acolhimento!

5- RENOVAÇÃO: v.22ª “O pai, porém, disse aos seus servos: Trazei depressa a melhor roupa, vesti-o”
A primeira atitude do Pai para seu filho foi mudar sua situação. O rapaz que estava maltrapilho deveria ser renovado, limpo e bem vestido para se esquecer do sofrimento vivido. Fazer isso era urgente para que o passado fosse esquecido e uma nova vida se iniciasse para o jovem.
Em nossas casas também precisamos trocar de roupa sempre. A melhor roupa significa não somente a aparência para mostrar aos outros lá fora e sim para sentir-se bem com quem ama em sua própria família.
Na igreja, devemos dar uma roupagem nova para aqueles que estão chegando ou voltando do mundo. Não podemos olhar uns para os outros vendo a sujeira do passado e sim buscar uma “renovação da vossa mente” (Romanos 12.2). Quando vamos à igreja renovamos nossas vidas e nos preparamos para o novo que vem de Deus.
Você tem renovado sua vida?
A Casa do Pai é lugar de Renovação!

6- ALIANÇA: v.22b “ponde-lhe um anel no dedo”
O pai colocou um anel no dedo de seu filho para deixar claro que renovava sua aliança com ele e teria direito novamente a herança do pai.
Aliança significa compromisso inviolável. Não somente o casal, mas todos os membros da família devem ter um pacto de amor e cuidado.
Ao se filiar a uma igreja, você passa a ter uma aliança com os irmãos e eles com você. Se todos pensarem assim, a convivência na comunidade de fé se torna muito mais profunda. Fomos comprados pelo sangue de Jesus e esta aliança eterna não pode ser quebrada. Muitos filhos pródigos saíram da igreja e precisam ser restituídos a esta “nova aliança” em Jesus (Hebreus 9.15).
Você quebrou sua aliança com Deus?
A Casa do Pai é lugar de Aliança!

7- RESTAURAÇÃO: v.22c “sandálias nos pés”
Após vestir o filho, o pai mandou trazer sandálias para seus pés. Naquele tempo os escravos eram conhecidos por andar descalço. Então o pai estava elevando o filho novamente a dono da casa.
Nos relacionamentos familiares também é importante calçar os pés uns dos outros. Isso significa proteção e cuidado mútuo. Cada membro da família deve levantar um ao outro para não ser rebaixado pelo mundo.
Cada cristão deve andar com as “sandálias do evangelho da paz” (Efésios 6.15) que conduzam seus passos por onde for para não tropeçar. Aqueles que se desviaram da comunidade de fé, quando voltam são restituídos novamente à vida cristã recebendo apoio dos irmãos em Cristo.
O que você perdeu fora da igreja?
A Casa do Pai é lugar de Restauração!

8- PERDÃO: v.23 “trazei também e matai o novilho cevado. Comamos e regozijemo-nos”      
Uma família tradicional separava um novilho especial para ser oferecido em sacrifícios pelos seus pecados durante a páscoa. Contudo o pai daquela família percebeu que aquele era o momento propício para celebrar o perdão.
A vida em família precisa sempre ter a presença do “Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” (João 1.29) para que quando esposo e esposa ou os filhos pródigos chegarem, ser oferecido em perdão pelos erros cometidos.
Quando alguém se arrepende de seus erros e vem à igreja, é motivo de festejar o perdão de seus pecados. Se Deus nos perdoou então podemos perdoar ao próximo também.
Você consegue perdoar?
A Casa do Pai é lugar de Perdão!

9- RESSURREIÇÃO: v.24ª “porque este meu filho estava morto e reviveu, estava perdido e foi achado”
O pai disse que seu filho estava morto e viveu novamente como alguém que ressuscitou para viver uma nova vida.
Muitas famílias estão morrendo ou se destruindo porque entes queridos estão saindo de casa sem a bênção um do outro. A ressurreição acontece quando os sonhos de uma família estão morrendo e são revividos com o poder de Deus como uma brasa que basta um sopro para reacender.
Jesus disse para a Igreja “sê vigilante e consolida o resto que estava para morrer (Apocalipse 3.2). Uma pessoa que se afasta da presença de Deus e volta para o mundo aonde o “diabo vem para roubar, matar e destruir” (João 10.10) está sujeita a morrer espiritualmente. A missão da igreja é levar a vida para quem está morrendo neste mundo.
O que está morrendo em sua vida?
A casa do Pai é lugar de Ressurreição!

10- ALEGRIA: v.24b “E começaram a regozijar-se”
O sentimento do pai ao receber o filho foi de intensa alegria. A euforia tomou conta daquela casa que antes vivia apreensiva pensando onde estaria o pródigo rapaz.
Não existe outro sentimento adequado para uma família do que a alegria. Estar em casa é motivo de bom humor. A rotina do dia a dia não pode sufocar a agenda familiar deixando de tirar tempo para lazer. Cada conquista ou data especial é um motivo para festejar em família.
A igreja não é um lugar para todos ficarem sérios e apreensivos, mas sim onde podemos nos sentir bem e descontraídos sem medo de ser mal compreendidos. Cada culto é uma celebração de alegria pelas bênçãos de Deus sobre seu povo.
O que traz alegria pra você?
A Casa do Pai é lugar de Alegria!
Volte para a Casa do Pai!
-CONCLUSÃO:
Muitos filhos estão interessados em fazer coisas grandes ou prodígios, mas com isso acabam perdendo o que têm de melhor na Casa do Pai onde está sua herança, fartura, arrependimento, acolhimento, renovação, aliança, restauração, perdão, ressurreição e alegria.
Por mais difícil que seja viver em família ou conviver com os irmãos da Igreja, não vale a pena sair da Casa do Pai e perder tudo que temos na presença de Deus e daqueles que amamos.
Você saiu de Casa ou da Igreja?
Volte rápido!

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões.
Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodista de São Paulo.
Pós Graduação em Filosofia pela ISEIB - Instituto Superior de Educação Ibituruna.
Licenciatura em Letras pela ISEED - Instituto Educacional Elvira Dayrell.
Extensão em Grego Bíblico pela MACKENZIE - CPAJ.
Siga Google+.

6 comentários:

  1. o capitalismo esta deixando as pessoas sem valores,transformando o dinheiro como a unica coisa boa nesse mundo.

    ResponderExcluir
  2. Muito boa mensagem Deus o abençoe

    ResponderExcluir
  3. Querido achei muito linda essa mensagem vou usala aqui com sua permissão

    ResponderExcluir

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.