Vencendo as tentações

-Tema: CONVERSÃO 
Lucas 4.1-13
-Introdução: A tentação é uma coisa própria do ser humano (I Coríntios 10.13), por isso, Jesus em sua humanidade “foi ele tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado” (Hebreus 4.15). Jesus venceu tudo apenas com a Palavra de Deus, mas também nos ensinou a orar pedindo a Deus que “não nos deixes cair em tentação” (Mateus 6.13) e ordenou “vigiai e orai para que não entreis em tentação” (Marcos 14.38). A tentação de Jesus serve de um grande exemplo para nossa vida, ensinando sobre as áreas que somos tentados.
Como vencer as tentações?
Vamos conhecer as áreas em que somos tentados:

1- FÍSICA: v.2-4 “durante quarenta dias, sendo tentado pelo diabo. Nada comeu naqueles dias, ao fim dos quais teve fome. Disse-lhe, então, o diabo: Se és o Filho de Deus, manda que esta pedra se transforme em pão. Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Não só de pão viverá o homem”
A primeira tentação de Jesus foi quanto às necessidades de seu corpo. Como estava em jejum e num deserto onde não havia água ou alimento qualquer, o diabo Lhe propôs que transformasse pedras em pães. Jesus podia fazer isso como multiplicou os pães (Mateus 14.13-21), mas não quis para negar as vontades de sua carne e principalmente derrotar satanás.
As circunstâncias da tentação física são:
a) SOLIDÃO: “deserto” (v.1), quando estamos sozinhos o inimigo tenta colocar muitas coisas em nossa mente fazendo pensar que são pensamentos, mas são tentações malignas. Mesmo quando pensamos que ninguém vê, mas “os olhos do SENHOR estão em todo lugar” (Provérbios 15.3).
b) FRAQUEZAS: “teve fome” (v.2), de acordo com a fraqueza de cada um, o inimigo tenta a pessoa. As necessidades físicas precisam ser disciplinadas para não perdemos controle, por isso precisamos do fruto do “domínio próprio” (Gálatas 5.22).
c) FACILIDADES: “transforma” (v.2), o texto enfatiza a fome de Jesus, pois podia também fazer com que sua fome desaparecesse, mas preferiu enfrentar até o fim. Seria egoísmo de Jesus transformar pedras em pães somente para ele próprio.
Como seres humanos, somos tentados em nossas necessidades físicas. Se você está muito sozinho, não assume suas fraquezas e gosta de ir pelo lado mais fácil, corre risco de cair em tentações. As vontades da carne precisam ser controladas para não sermos dominados por elas (Tiago 1.14).
Quais necessidades físicas você tem fraquezas?
Resista a tentação negando as vontades da carne!

2- ESPIRITUAL: v.5-8 “E, elevando-o, mostrou-lhe, num momento, todos os reinos do mundo. Disse-lhe o diabo: Dar-te-ei toda esta autoridade e a glória destes reinos, porque ela me foi entregue, e a dou a quem eu quiser. Portanto, se prostrado me adorares, toda será tua. Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a ele darás culto”
A segunda tentação foi na área espiritual ou religiosa. O diabo ‘elevou’ Jesus mostrando os reinos do mundo para lhe oferecer o poder terreno, mas Jesus sabia que seu reino não é deste mundo (João 18.36) e que não precisava do poder do diabo porque já tem o poder de Deus. Se Jesus tivesse se prostrado diante de satanás teria perdido tudo e não conseguiria completar sua obra redentora.
As circunstâncias da tentação espiritual são:
a) ORGULHO: “elevando-o” (v.5ª), satanás é orgulhoso e quer sempre estar acima de todos, por isso tentou Jesus a estar acima de tudo e todos no mundo. Cultuar a si mesmo é uma forma negar o louvor a Deus. O egoísmo é uma característica do diabo que disse “a dou a quem quiser” (v.6).
b) ILUSÃO: “mostrou-lhe, num momento” (v.5ª), as ilusões da mente, bem como sonhos de grandeza são tentações espirituais. Tudo que tire você da consciência de um “culto racional” (Romanos 12.2) pode ser uma ilusão maligna como mágicas e mentiras do diabo (Deuteronômio 11.18).
c) PODER: “Dar-te-ei toda esta autoridade e a glória destes reinos” (v.5), uma das fraquezas humanas é a vontade de ser poderoso, o desejo de fama e o ‘ter’ é uma vontade de dominação que não vem de Deus, que é o Dono de tudo.
O diabo muitas vezes tenta nos enganar se vestindo de luz (II Coríntios 11.14), mas precisamos estar atentos à sua tentação espiritual. Não podemos “servir a dois senhores” (Mateus 6.24). Quando você se orgulha facilmente do que faz, tem ilusões que levam apenas a vaidade e egoísmo, tem vontade de exercer poder sobre coisas e pessoas, isso é tentação espiritual. Deus merece exclusividade em nossa adoração (v.8).
Como está sua vida espiritual?
Adore a Deus e não a você mesmo!

3- EMOCIONAL: v.9-12 “Então, o levou a Jerusalém, e o colocou sobre o pináculo do templo, e disse: Se és o Filho de Deus, atira-te daqui abaixo; porque está escrito: Aos seus anjos ordenará a teu respeito que te guardem; e: Eles te susterão nas suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra. Respondeu-lhe Jesus: Dito está: Não tentarás o Senhor, teu Deus”
A terceira área que Jesus foi tentado é nas emoções. A alma é a sede dos sentimentos e vontades do ser humano. Somos muito levados pelo que sentimos e muitas vezes enganados pelas próprias vontades do coração (Jeremias 17.9).
As circunstâncias da tentação emocional são:
a) EMOÇÃO: “o colocou sobre o pináculo do templo e disse” “atira-te daqui abaixo” (v.9). O diabo propôs um espetáculo onde Jesus se lançaria da parte mais alta do templo em Jerusalém para que anjos viessem o segurar. Isso seria emocionante levando a adrenalina a extremos, mas Jesus não precisou disso.
b) DÚVIDA: “se és Filho de Deus” (v.3,9), Jesus havia sido batizado e “ouviu-se uma voz do céu: Tu és o meu Filho amado” (Lucas 3.22), então não tinha o porquê duvidar, mas o inimigo tenta primeiro trazer algumas dúvidas ao nosso coração para que não tenhamos fé (Marcos 11.23).
c) ENGANO: “porque está escrito” (v.10,11), o diabo é “mentiroso e pai da mentira” (João 8.44), por isso usa seu conhecimento das Escrituras, citando o Salmo 91.11,12 para distorcer a Palavra de Deus com heresias ou falsos ensinamentos que agradem apenas ao intelecto sem gerar fé verdadeira. Muitas pessoas estão apenas convencidas por doutrinas de homens e não se converteram à Palavra de Deus.
Certa vez ouvi que ‘vontade é algo que dá e passa’, por isso precisamos aprender a controlar nossos desejos. Quando temos necessidade de seguir o que sentimos, as emoções podem ser “obras da carne” (Gálatas 5.19,20). Se você direciona suas ações pelo que sente, tem dúvidas e não conhece a verdade libertadora da Palavra de Deus (João 8.32), então está exposto a tentações emocionais.
Você consegue controlar seus desejos?
Negar a si mesmo é dizer não às vontades!
Vença as tentações!
-CONCLUSÃO: v.13 “Passadas que foram as tentações de toda sorte, apartou-se dele o diabo, até momento oportuno”
Podemos comparar o diabo com um vendedor de pecados, que usa de todas as artimanhas para nos enganar. Possui variedades infinitas para cada gosto. Acima de tudo é um oportunista que fica esperando o momento certo de atacar. Precisamos dizer não a todas as propostas insistentes do mal e “resisti ao diabo e ele fugirá de vós” (Tiago 4.7) através espada da Palavra (Hebreus 4.12) como Jesus fez.
A Palavra de Deus foi alimento para Jesus em sua tentação física (v.4), foi resposta Divina na tentação espiritual (v.8) e foi equilíbrio em sua tentação emocional (v.12). Se Jesus não conhecesse a Palavra estaria desarmado para vencer as tentações.
Em qual área de sua vida você está sendo tentado?
Jesus te ajuda a vencer a tentação!

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões.
Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodista de São Paulo.
Pós Graduação em Filosofia pela ISEIB - Instituto Superior de Educação Ibituruna.
Licenciatura em Letras pela ISEED - Instituto Educacional Elvira Dayrell.
Extensão em Grego Bíblico pela MACKENZIE - CPAJ.
Siga Google+.

7 comentários:

  1. Graça e paz meu irmão!
    Suas pregações tem mim abençoado grandimente. Que Deus continuem te abençoando e te dando sabedoria mais e mais em nome de Jesus.
    Eraldina

    ResponderExcluir
  2. Paz!
    Que o Deus Poderoso continue te usando grandemente para a sua obra.
    Napulo

    ResponderExcluir
  3. Amém que assim seja o Espírito Santo te usando e nos dando todo conforto, que o Espírito Santo te use sempre...

    ResponderExcluir
  4. A paz do nosso Senhor Jesus Cristo, amado!!!

    Deus continue o abençoando grandiosamente, e continue lhe usando como instrumento nas mãos Dele!!!

    ResponderExcluir
  5. Que Deus te abençoa.porque ainda tem pastor.segundo o coração de Deus .possa ensina.apalavra de Deus.Que Deus honra a sua fe.sua familia.

    ResponderExcluir
  6. Parabéns,mensagem muito edificante,e bem elaborada Glória a Deus. Que o senhor continue te usando poderosamente.

    ResponderExcluir
  7. Laudenir cordeiro Uchôa22 de março de 2018 15:27

    Parabéns mensagem muito boa aproveitei muito

    ResponderExcluir

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.