A promessa do Espírito Santo

Lucas 24.49 e 53

-Introdução: Jesus havia prometido que morreria, mas ressuscitaria. Agora relembra aos discípulos de outra promessa que é o derramar do Espírito Santo sobre sua Igreja.
O critério estabelecido por Jesus para receber o Espírito foi a Perseverança. Orientou sue discípulos a permanecerem na cidade (v.49) em oração (v.53). Os discípulos “perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações (Atos 2.42).

Você já recebeu o Espírito Santo?

Medite sobre dois detalhes sobre o envio do Espírito Santo:

1- O sopro de Jesus: João 20.22

O apóstolo João acrescenta um detalhe ao momento em que Jesus promete mais uma vez enviar o Espírito Santo. Um fato que talvez os outros evangelistas não percebessem que foi apenas um sopro, mas não era um suspiro qualquer. Foi um sopro proposital.
A palavra espírito é pneuma, que tem o sentido de “vento, respiração” 1. Isso significa que ao soprar, Jesus estava literalmente doando o seu Espírito sobre a vida dos discípulos. O mesmo sopro que Deus deu vida ao ser humano (Gênesis 2.7) e que ressuscitou os ossos secos (Ezequiel 37.9,10). O Espírito Santo veio direto de Jesus.
Naquele instante não aconteceu nada visível. Apenas ouviram o sopro seguido da promessa: “recebei o Espírito Santo” (João 20.22). Contudo, a fé não se baseia em coisas visíveis, nem mesmo em sensações (João 20.27-29). Mesmo se você não vir nada de especial acontecer, creia que já recebeu o Espírito Santo.
Jesus assoprou o Espírito sobre você!

Assista:

2- O vento do Espírito: Atos 2.1-4

Embora não tenha acontecido nada anteriormente, quando Jesus soprou, os discípulos permaneceram em oração. Cumprida esta condição da perseverança, estavam preparados para receber a promessa. Então aquele mesmo sopro de Jesus, se avolumou e “de repente, veio do céu um som, como de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam assentados (Atos 2.2).
O texto enfatiza que “estavam todos reunidos (v.1) e que todos ficaram cheios do Espírito Santo(v.4). Isso nos ensina que Deus quer alcançar cada um de seus filhos com esta promessa poderosa. Ninguém é excluído por Deus de receber o seu Espírito. Todos que pedirem esta promessa e permanecerem fiéis receberão (Mateus 7.11).
Aquele sopro de Jesus se tornou em um turbilhão de poder espiritual. Por isso Jesus disse que “o vento sopra onde quer, ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo o que é nascido do Espírito (João 3.8). Quando recebemos o Espírito Santo, Deus move com o vento de poder para conduzir nossas vidas.
O vento do Espírito conduz o seu viver!

Receba a promessa do Espírito Santo!

-CONCLUSÃO:
A promessa se cumpriu. O Espírito Santo foi derramado sobre todos que pertencem a Jesus (I Coríntios 12.3). Este poder foi liberado para nós (Atos 2.39). Basta perseverar na presença do Senhor e receber esta promessa.

Esta promessa é para você: Receba!

______________________________
1 VINE, W.E., Merril F. Unger e William White Jr. Dicionário Vine, tradução Luís Aron de Macedo, Rio de Janeiro: Casa Publicadora das Assembleias de Deus, 2006 – 7ª edição.  Página 617.
Citações Bíblicas: Bíblia Revista e Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil.

Tecnologia do Blogger.