Outros discípulos de Jesus, além dos doze

 Tema: DISCIPULADO 

Jesus pregando para uma multidão de discípulos

Atos 11.21 “A mão do Senhor estava com eles, e muitos, crendo, se converteram ao Senhor.”

Introdução: Os doze discípulos de Jesus são conhecidos também como apóstolos (Marcos 3.13-18), mas logo em seguida o grupo cresceu para setenta (Lucas 10.14-17) e depois da morte de Jesus eram cento e vinte no Pentecostes (Atos 1.15), então continuou crescendo para três mil (Atos 2.41), cinco mil (Atos 4.4) e não conseguiam contar mais (Atos 5.14), sendo espalhados pelo mundo por causa da perseguição (Atos 8.1-4).

Leia mais no estudo CRESCIMENTO DA IGREJA.

 

Quantos discípulos Jesus teve além dos doze?

Vamos conhecer outros homens e mulheres que seguiram Jesus:

 

1- Mulheres discípulas de Jesus

Lucas 8.1-3 “Aconteceu, depois disso, que Jesus andava de cidade em cidade e de aldeia em aldeia, pregando e anunciando o evangelho do Reino de Deus. Iam com ele os doze discípulos, e também algumas mulheres que haviam sido curadas de espíritos malignos e de enfermidades ... e muitas outras, as quais, com os seus bens, ajudavam Jesus e os seus discípulos.”


Os evangelhos citam os nomes de muitas mulheres. Embora isso parece comum para nós, naquele tempo era algo revolucionário, colocar mulheres como protagonistas de histórias, além de exercer lideranças.


Veja os nomes de mulheres chamadas discípulas no Novo Testamento:


FEBE: diaconisa e ajudante de Paulo (Romanos 16.1,2).

JOANA: discípula de Jesus, mulher de Cuza, procurador de Herodes (Lucas 8.3, 24.9,10).

JÚNIA: ou Júnicas, esposa de Aristarco, parente de Paulo, citada como apóstola (Romanos 16.7).

MARIA DE BETÂNIA: amiga e discípula de Jesus, irmã de Marta e Lázaro (Lucas 10.38-42; João 11-12).

MARIA MADALENA: discípula de Jesus, que foi liberta de espíritos malignos e seguiu Jesus até o fim (Mateus 27,28; Marcos 15, 16; Lucas 8.2, 24.10; João 20).

MARIA: discípula de Jesus, mãe de Tiago e José (Mateus 27.55; 28.5,7).

MARTA: irmã de Maria e Lázaro (Lucas 10.28-42; João 11.5-24; 12.2).

PRISCILA: mestre e missionária (Aos 18; Romanos 16.3; 1Coríntios 16.19; 2Timóteo 4.19).

SALOMÉ: discípula de Jesus que ajudou no sepultamento de Cristo (Marcos 15.40).

SUZANA: discípula de Jesus, que ajudava o Mestre (Lucas 8.3).

 

Estas e outras mulheres corajosas, assumiram sua fé em Cristo e lutaram pelo Evangelho, sofrendo não apenas discriminação, mas também perseguição e martírio (Hebreus 11.35).

 

Veja mais sobre outras mulheres do Novo Testamento no estudo MULHERES NA IGREJA PRIMITIVA.

 

2- Discípulos além dos doze

Lucas 6.17 “E, descendo com eles do monte, Jesus parou num lugar plano onde se encontravam muitos discípulos seus e grande multidão do povo...”


Sem dúvida alguma Jesus teve muitos discípulos além dos doze, simpatizantes do Evangelho, como Zaqueu (Lucas 19.1-10), sem contar as pessoas curadas pelo Mestre que o seguiam (Mateus 4.24,25).


Confira esta lista de discípulos além dos doze primeiros: 

 

ANANIAS: discípulo e curador, que conduziu Saulo a se converter (Atos 9.10-17).

APOLO: missionário e grande pregador da igreja em Corinto (Atos 18.18-27; 1Coríntios 1.12; 3.4 - 6,22; 4.6; 16.12; Tito 3.13).

ÁQUILA: mestre e missionário (Atos 18; Romanos 16.3; 1Coríntios 16.19; 2Timóteo 4.19).

ARISTARÇO: missionário, companheiro e prisioneiro com Paulo (Atos 19.29; 20.4; 27.2; Colossenses 4.10 Filemom 24).

ARQUIPO: um dos líderes da igreja em casa (Colossenses 4.17; Filemom 2).

BARNABÉ: levita natural de Chipre, também conhecido como Filho da Consolação, missionário, apóstolo e parceiro de Paulo (Atos 4.36; 9-15; 1Coríntios 9.6; Gálatas 2.1,9,13; Colossenses 4.10).

CLEOPAS: discípulo com quem Jesus falou no caminho para Emaús (Lucas 24.18; João 19.5 - Clopas).

EPAFRAS: companheiro, pregador, obreiro e preso com Paulo (Colossenses 1.7, 4,12; Filemom 2.3).

EPAFRODITO: companheiro e obreiro com Paulo (Filipenses 2.25, 4.18).

ESTEVÃO: diácono, missionário, pregador e primeiro mártir da Igreja Primitiva (Atos 11.19; 6-8; 22.20).

FILEMOM: um dos líderes da igreja em casa, que recebe uma carta de Paulo para perdoar seu escravo que fugiu (Filemom 1).

FILIPE: um dos sete diáconos e missionário, tinha filhas que profetizavam (Atos 6.5; 21.8). Não é o apóstolo Filipe de Atos 8.

JOSÉ BARSABÁS: discípulo de Jesus que foi candidato à vaga de Judas, junto com Matias (Atos 1.23).

JOSÉ DE ARIMATEIA: membro do sinédrio, que se tornou discípulo de Jesus e ajudou no sepultamento de Cristo. Era influente e pediu a Pilatos que liberasse o corpo de Jesus (Mateus 27.57; Lucas 23.50-52João 19.38).

JUDAS BARSABÁS: um dos enviados pelos apóstolos com uma carta para a Igreja de Antioquia (Atos 15.22-35).

JUDAS: irmão de Jesus e autor do livro de Judas (Mateus 13.54,55; Marcos 6.3; Judas 1).

LÁZARO: amigo e discípulo de Jesus, que foi ressuscitado (João 11-12).

LUCAS: médico, obreiro e prisioneiro com Paulo, autor do evangelho com seu nome e do livro de Atos (Atos 1.1-3; Colossenses 4.14; 2Timóteo 4.11).

LÚCIO DE CIRENE: profeta e mestre na igreja em Antioquia (Atos 13.1).

MANAÉM: profeta e mestre da igreja em Antioquia (Atos 13.1).

MARCOS: também chamado João Marcos. Missionário, primo de Barnabé e autor do Evangelho de Marcos (Atos 12; 1Pedro 5.13).

MATIAS: discípulo que substituiu Judas Iscariotes (Atos 1.15-26).

MNASOM: um idoso de Chipre, discípulo que serviu com Paulo em Cesareia (Atos 21.16).

NICODEMOS: um fariseu que foi encontrar com Jesus (João 3.1-9), continuou seguindo o Mestre (João 7.50) e depois da morte de Cristo ajudou em seu sepultamento (João 19.39).

PAULO: antes conhecido como Saulo, foi um dos maiores líderes da igreja, apóstolo, missionário e autor dos livros de Romanos a Filemom (Atos 9; 2Pedro 3.15).

SILAS: missionário que acompanhava Paulo (Atos 15-18; 2Coríntios 1.19; 1Tessalonicenses 1.1; 2Tessalonicenses 1.1; 1Pedro 5.12).

SIMEÃO: também chamado Níger, profeta e mestre da igreja em Antioquia (Atos 13.1).

TIAGO: irmão de Jesus, líder da igreja de Jerusalém, e autor do livro com seu nome (Mateus 13.55, 56; Atos 12.17).

TIMÓTEO: discípulo de Paulo, que foi pastor da igreja de Éfeso, autor de duas cartas com seu nome (Atos 16-20; Romanos 16.21; 1Coríntios 4.17; Filipenses 2.19-22; 1 e 2Timóteo).

TÍQUICO: pastor, obreiro e companheiro de Paulo, enviado por Paulo a Éfeso para levar sua carta aos Efésios (Efésios 6.21; Colossenses 4.7).

TITO: pastor e mestre autor da carta com seu nome (2Coríntios 2.13; 7.6; 8.6-23; 12.18; Gálatas. 2.1-3; Tito 1.4,5).

 

Os discípulos posteriores aos primeiros doze deram continuidade ao chamado para o discipulado cristão. Vários tiveram oportunidade de ver Jesus depois de ressuscitado (Atos 1.3, 1Coríntios 15.6). O mérito destes que vieram depois não é menor do que os pioneiros, porque levaram o legado da fé.

 

Você também é um discípulo de Jesus!


CONCLUSÃO

Os seguidores dos discípulos também eram considerados discípulos de Cristo (Atos 14.21), formando “uma grande nuvem de testemunhas” (Hebreus 12.1), incontável até o dia da volta do Senhor Jesus, quando a lista completa será chamada com aqueles que estão inscritos no livro da vida (Apocalipse 21.27).

Seja também um discípulo de Cristo!

______________________________

Citações BíblicasBíblia NAA - Nova Almeira Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil.

MANSER, Martin e REID, Debra K. Quem é quem na Bíblia Sagrada. Barueri, SP: Sociedade Bíblica do Brasil, 1ª Edi. 2013. 

Rev. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista. 44 anos. Casado com Ássima, pai de Heitor e Hadassa. Natural de Muriaé MG. Bacharel em Teologia pela UMESP.

Postagem Anterior Próxima Postagem

 pregações no whatsapp