Ads top

Daniel 8, a Visão do Carneiro e do bode

-Tema: PROFECIA   


Daniel 8
-Introdução: Daniel tem uma visão onde um carneiro (v.3), dá cabeçadas para o ocidente, norte e sul (v.4). Depois surge um bode com um chifre entre os olhos, vindo do ocidente sem tocar o chão (v.5), que vai em direção ao carneiro (v.6). Então o bode fere o carneiro e quebra seus chifres (v.7).
O bode se engrandece e quebra seu chifre (v.8), mas no lugar do chifre quebrado nascem outros quatro chifres (v.8). De um dos chifres surge outro que se torna forte para o sul, para o oriente e até a “terra gloriosa” (v.9) e “cresce até atingir o exército do céu e derrubar alguns” (v.10).
Além disso, também “deitou a verdade por terra” (v.12), “tirou o sacrifício costumado” (v.11), fez que “o lugar do seu santuário foi deitado abaixo” (v.12), pelo período de “até duas mil e trezentas tardes e manhãs e o santuário será purificado” (v.14).
O texto do capítulo oito de Daniel se divide em duas partes:
  • v.1 a 14 conta a visão
  • v.15 a 27 interpreta a visão

Como entender as profecias?

Vamos estudar sobre esta visão:

1- O anjo Gabriel como intérprete da visão: v.15-19

O anjo Gabriel é enviado para dar a interpretação a Daniel (v.15-19), mas ele sente medo e cai em terra, então o anjo o coloca de pé (v.18). O anjo Gabriel disse: “esta visão se refere ao tempo do fim” (v.17), “te farei saber o que há de acontecer no último tempo da ira; por que esta visão se refere ao tempo determinado do fim” (v.19). Gabriel é usado por Deus como mensageiro de importantes anúncios para a humanidade, como o nascimento de João Batista e do Messias (Lucas 1.19 e 26).

2- O Carneiro – Império Medo-Persa: v.20-27

Gabriel deixou claro que “aquele carneiro que viste são os reis da Média e da Pérsia” (v.20), que são Ciro, o Persa e Dario, o Medo. O carneiro tinha dois chifres, mas um era mais alto (v.3), que representa o Império Medo-Persa, em que os Persas prevaleceram. Esta visão faz um paralelo com o ‘Urso que levanta uma pata’ em Daniel 7.5, que também anuncia sobre o império Medo-Persa.

2- O Bode peludo – Império Grego: v.15-27

O bode surge para derrotar o carneiro (Daniel 8.5-7). O anjo Gabriel explica que “o bode peludo é o rei da Grécia; o chifre grande entre os olhos é o primeiro rei” (v.21), no caso Alexandre, o Grande Alexandre que derrotou o Império Medo-Persa.
Já o fato de “ter sido quebrado, levantando-se quatro em lugar dele, significa que quatro reinos se levantam deste povo, mas não com força igual à que ele tinha” (v.22). Isso confirma a visão de Daniel 7.6 onde mostra um Leopardo com 4 cabeças e 4 asas que representam os generais de Alexandre: Cassandro, Ptolomeu, Selêuco e Lisímaco, que dividiram o império em quatro partes entre si.

3- O chifre – perseguição ao povo de Deus: v.3-7 e 23-25

Na visão um chifre nasce e cresce, mostrando que um novo governo surgiria. Muitos estudiosos interpretam este texto fazendo alusão a Antíoco Epifânio (175-164 a.C.) que proíbe o sacrifício diário, destrói o templo de Jerusalém e mata milhares de judeus cerca de 200 anos depois da profecia de Daniel. Este fato pode ser constatado porque depois de 2.300 dias, conforme foi profetizado (Daniel 8.14), Judas Macabeu reconquistou Jerusalém, reconstruiu o templo e restabeleceu o sacrifício.
Mas o anjo Gabriel diz para “preserva a visão, porque se refere a dias mui distantes” (v.26). Isso aponta para o futuro, mas uma profecia verdadeira pode se cumprir mais de uma vez até que aconteça plenamente o que foi determinado. Então esta mesma mensagem pode representar o Anticristo.
Estas palavras apontam para a pessoa do Anticristo:
Daniel 8.23 “... levantar-se-á um rei de feroz catadura e especialista em intrigas”.
Daniel 8.24  “Grande é o seu poder, mas não por sua própria força; causará estupendas destruições, prosperará e fará o que lhe aprouver; destruirá os poderosos e o povo santo”.
Daniel 8.25 “Por sua astúcia nos seus empreendimentos, fará prosperar o engano, no seu coração se engrandecerá e destruirá a muitos que vivem despreocupadamente; levantar-se-á contra o Príncipe dos príncipes, mas será quebrado sem esforço de mãos humanas”.
O anticristo virá para perseguir o povo de Deus (I João 2.19-26), mas enquanto isso, outros anticristos têm surgido através de um sistema anticristão (I João 2.18).

Entenda as profecias bíblicas!

CONCLUSÃO

Resumidamente esta visão do capítulo oito de Daniel retrata profeticamente a derrota do Império Medo-Persa e o domínio do Império Romano, em seguida aponta para o fim dos tempos com a perseguição da Igreja pelo Anticristo.
Esta é uma das profecias bíblicas de difícil interpretação, mas que tem indícios claros de se tratar tanto do período posterior ao profeta Daniel, como também apontar para o fim dos tempos. Uma coisa é certa: Jesus está voltando.
Prepare-se!
______________________________
Citações Bíblicas: ARA –Almeida Revista e Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil.


Veja o SLIDE: Daniel 8 a visao do carneiro e do bode


2 comentários:

  1. Nome :Ronaildon Souza Pessoa
    Eu gostei deus os abençoa em nome de Jesús

    ResponderExcluir
  2. A profecia das 2300 tarde e manhãs não pode se referir ao período Antíoco por vários motivos, inclusive pq o santuário não ficou 2300 dias literais profanados, tampouco 1150 dias como alguns tentam calcular... reveja seu pensamento.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.