Ads top

Daniel 7, a visão dos quatro animais

-Tema: PROFECIA                        


Daniel 7
-Introdução: O sonho do profeta Daniel revela quatro feras (v.1-8), que têm uma simbologia profética (v.2,3) para seu povo naquele tempo e para os tempos finais da humanidade.
Os símbolos usados no texto podem significar:
MAR = Povos / nações (Apocalipse 17.15)
VENTOS = ação de Deus (João 3.8)
ANIMAIS = reinos / reis (Daniel 7.17)
Daniel vê quatro animais em seu sonho:
1º animal – LEÃO com asas (Daniel 7.4)
2º animal – URSO com 3 costelas na boca (Daniel 7.5)
3º animal – LEOPARDO com 4 asas e 4 cabeças (Daniel 7.6)
4º animal – FERA com dentes de ferro e 10 chifres (Daniel 7.5)
Este último animal diferente devorava tudo que via (Daniel 7.5). De repente foram arrancados três chifres e surgiu outro chifre que tinha boca e falava com desrespeito (Daniel 7.8). Neste momento Daniel vê trono de Deus no céu (Daniel 7.9-15). Um rio de fogo representa a ira de Deus contra o pecado (Daniel 7.10). Então são trazidos livros diante de milhares de anjos e começa um julgamento (Daniel 7.10).
O quarto animal foi morto por causa de suas palavras arrogantes contra Deus (Daniel 7.11). Os outros animais também serão julgados após um prazo (Daniel 7.12). Daniel vê uma representação de Jesus que chama de Filho do homem (Daniel 7.13,14), fica impressionado com sua visão (Daniel 7.15) e pede a Deus a interpretação (Daniel 7.16-28).

O que significam os quatro animais?

Os quatro animais são quatro reis (Daniel 7.17). Podemos fazer um paralelo entre Daniel 2 e Daniel 7:
Daniel 2
Significado
Daniel 7
4 metais
4 impérios
4 animais
Ouro
Império Babilônico
Leão
Prata
Império Medo-Persa
Urso
Bronze
Império Grego
Leopardo
Ferro
Império Romano
Fera
Para entender melhor este paralelo leia também o estudo: Daniel 2, a Visão da Estátua.
Vamos refletir sobre esta visão:

1º animal: LEÃO - Império Babilônico


O império Babilônico durou de 606 a.C. até 539 a.C.
O Leão representa a força do Império e as asas sua rapidez.
Por que as asas do leão são arrancadas? Para representar a humilhação de Nabucodonosor (Daniel 4) e a derrota do Império Babilônico.

2º animal: URSO - Império Medo-Persa


O Império Medo e Persa foi de 539 a 331 a.C. O rei Dario unificou dois grandes reinos: a Média (Mesopotâmia) e a Pérsia, formando um grande império.
O Urso representa a forma feroz do Império Medo-Persa e as costelas são as suas presas, ou nações que conquistou.
O que são as três costelas na boca do urso e por que ele levanta uma de suas patas? As três costelas representam três nações conquistadas pelo Império Medo-Persa: a Lídia, a Babilônia e o Egito. A pata levantada significa que um lado do império prevaleceria: os Persas.

3º animal: LEOPARDO - Império Grego


O Império Grego foi de 331 até 168 a.C.
O Leopardo representa a rapidez que Alexandre ‘o Grande’ conquistou o Império.
Por que o Leopardo tinha quatro asas e quatro cabeças? As quatro cabeças podem representar os quatro generais de Alexandre o Grande: Cassandro, Ptolomeu, Selêuco e Lisímaco. As quatro asas podem significar a rapidez com que o Império Grego cresceu em quatro direções.

4º animal: FERA – Império Romano


O Império Romano foi de 168 a.C. - 476 d.C.
Os dentes de ferro (Daniel 7.7 e 19), assim como as pernas de ferro da visão da estátua (Daniel  2.43) representam dureza e maldade do Império Romano.
O que são os dez chifres e o outro chifre que falava? Os dez chifres de Daniel 7.19,20 fazem paralelo com os dedos de ferro e barro da estátua em Daniel 2.41 apontando para dez nações que tentaram dominar o mundo, como por exemplo: Itália, Suíça, Portugal, Espanha, Reino Unido, França, Alemanha, Rússia, Japão e Estados Unidos.
Na visão também aparece um chifre pequeno que derruba outros três chifres: nações (Daniel 7.24,25). Este chifre pequeno fala blasfêmias contra Deus e terá as seguintes atitudes:
  • “magoará os santos”, que pode ser a Igreja de Cristo (Apocalipse 8.3,4).
  • “mudará os tempos e leis” a inversão de valores na apostasia do fim dos tempos (Mateus 24.12).
  • “os santos lhe serão entregues por um tempo, dois tempos e metade de um tempo” cada ‘tempo’ se refere a um ano segundo Daniel  11.13 “tempos, isto é, de anos”, então são três anos e meio referentes à segunda metade da Grande Tribulação (Daniel 9.27).

Creia nas profecias bíblicas!

CONCLUSÃO

Daniel 7.28 “Quanto a mim, Daniel, os meus pensamentos muito me perturbaram, e o meu rosto se empalideceu; mas guardei estas cousas no coração”.
Ao final desta impressionante profecia, Deus reúne os santos e os livra de toda perseguição (Daniel 7.18 e 26,27). É impressionante como esta profecia, como outras, retrata um cenário da história mundial para desvendar o propósito de Deus para a humanidade. Impérios e reis passaram até que Jesus o rei dos reis vem reinar eternamente.
______________________________
Citações Bíblicas: NAA – Nova Almeida Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil.

SLIDE: Daniel 7

Um comentário:

  1. OLHA É MUITO BOM SEU BLOG, PENA QUE SUAS MENSAGENS NÃO POSSAM SERVIR PARA COMPARTILHAR, É PENA OUTROS NÃO DESFRUTAR DO QUE DEUS DEU GRAÇA, E ATÉ ONDE EU ENTENDO A PALAVRA DEVE SER ESPALHADA NÃO GUARDADA A SETE CHAVES, JÁ PENSOU SE A BÍBLIA TIVESSE SIDO ESCONDIDA????

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.