Carta à Igreja de Sardes no Apocalipse

-Tema: APOCALIPSE
Apocalipse 3.1-6
-Introdução: A Igreja de Sardes representa igrejas e cristãos que morrem espiritualmente e não percebem. Infelizmente o número de evangélicos nominais tem crescido nos últimos tempos. Precisamos despertar a Igreja.
A cidade de Sardes foi construída sobre uma rocha (1150 a.C), ficava numa elevação de cerca de 500 metros. Era a capital do império da Lídia, um dos mais ricos do mundo antigo.
No rio próximo de Sardes foi encontrado outro que fez seus reis enriquecerem. A famosa "estrada real" conectava Sardes com outras cidades do leste. Nos tempos do Novo Testamento Sardes foi parte da província Romana da Ásia. A moeda cunhada surgiu em Sardes.

Qual a mensagem da igreja de Sardes?

Vamos analisar a carta à Igreja de Tiatira pelo método literal, histórico e moral:

1- Interpretação LITERAL:

Analise literária:
SARDES = Cântico de Alegria.
ELOGIO: Alguns não se contaminaram.
INSTRUÇÃO: Vigiar e consolidar o restante.
PROMESSA: Vestiduras brancas e o nome no livro da vida.
Muito pouco havia para ser elogiado. Viviam de aparência, do passado. Eram vivos mortos.
Palavras-chave do texto:
- SETE ESPÍRITOS DE DEUS (v.1): As sete características do Espírito Santo segundo Isaías 11.2: “Repousará sobre ele o Espírito do SENHOR, o Espírito de sabedoria e de entendimento, o Espírito de conselho e de fortaleza, o Espírito de conhecimento e de temor do SENHOR”. O número sete simboliza perfeição com sentido de totalidade, mostrando que o Espírito Santo é totalmente perfeito, completo. Leia mais a respeito no estudo OS SETE ESPÍRITOS DE DEUS.
- SETE ESTRELAS (v.1): simbolizam os sete pastores das Sete igrejas nas mãos de Jesus (Apocalipse 1.20).
- NOME DE QUE VIVES E ESTÁS MORTO (v.1): viviam de aparências. Um falso avivamento.
- VIREI COMO LADRÃO (v.3): de forma inesperada (Mateus 24.43).
- NÃO CONTAMINARAM SUAS VESTES (v.4): não se sujaram com o pecado (Apocalipse 7.14).
- ANDARÃO DE BRANCO (v.4) e VESTIDURAS BRANCAS (v.5): vida de santidade.
- LIVRO DA VIDA (v.5): onde estão registrados os nomes dos salvos (Apocalipse 13.7 e 22.19).

ASSISTA:
2- Interpretação HISTÓRICA:

No dia 31 de outubro de 1517, Martinho Lutero afixou na porta da Catedral em Wittenberg, as 95 teses contra os erros da igreja romana1.
Passando o fervor da Reforma, os cristãos protestantes se esfriaram e passaram a viver do passado tornando-se tradicionalistas. Igrejas que se diziam protestantes cometeram os mesmos erros do catolicismo ao se unir ao estado, como por exemplo, a Luterana que se filiou ao estado Alemão e a Anglicana que se uniu ao reino Inglês.
Se paramos de protestar, deixamos de ser protestantes. Precisamos resgatar nossas raízes e levantar a bandeira do evangelho puro, denunciando os erros e heresias que estão em nosso meio.

3- Interpretação MORAL:

Sardes representa igrejas e cristãos que que envelheceram na sua fé e deixaram morrer seu vigor com o tempo (Efésios 5.27). Se acomodaram até mesmo com sua prosperidade.
Em hebraico, o nome Sardes se parece com a palavra “sarid” שְׁאֵרִית, que significa ‘o que escapou’, ou seja, o remanescente2. Embora o nome original da cidade não tenha ligação direta com a língua hebraica, alguns escritores fazem um paralelo para dizer que esta é uma mensagem para “umas poucas pessoas que não contaminaram as suas vestiduras (Apocalipse 3.4), aqueles fiéis que permaneceram fiéis3.
Uma Igreja morta, sem vida e sem alegria, não faz diferença na sociedade e não incomoda o inimigo. Vive de aparências repetindo rituais religiosos e tradições humanas.
EVANGÉLICOS NOMINAIS: Segundo o censo do IBGE, o número de pessoas desviadas das igrejas passaram de 4% do total de evangélicos em 2003 para 14% em 20094, um salto de 4 milhões de desigrejados ou sem compromisso5.

Não deixe sua fé morrer!

-CONCLUSÃO:
A Igreja precisa se renovar a cada dia para não deixar morrer o seu amor. Do mesmo modo cada cristão precisa nutrir sua vida espiritual para não ficar morto espiritualmente.

Busque renovo espiritual!

______________________________

1 DUCK, Daymond R. Guia fácil para entender o Apocalipse. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2014. Página 52.
2 STRONG, James. Dicionário Grego do Novo Testamento. Bíblia de Estudo Palavras-Chave: Hebraico. Grego. Tradução de João Ferreira de Almeida. Edição Revista e Corrigida. Rio de Janeiro: CPAD, 2011. Página 1942, verbete 7611.
3 MALGO, Wim. Apocalipse de Jesus Cristo: um comentário para a nossa época. Porto Alegre: Chamada da Meia Noite, 1999. Volume I. Página 75.
4 http://www.pavablog.com/2011/08/20/as-mudancas-de-religiao-no-brasil-crescem-os-evangelicos-nominais-e-os-adeptos-do-isla/
5 http://ateaosconfinseatequeelevenha.blogspot.com.br/2011/08/cresce-o-nominalismo-evangelico-no.html


Citações Bíblicas: Bíblia Revista e Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil.

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões.
Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP - Universidade Metodista de São Paulo.
Pós Graduação em Filosofia pela ISEIB - Instituto Superior de Educação Ibituruna.
Licenciatura em Letras pela ISEED - Instituto Educacional Elvira Dayrell.
Extensão em Grego Bíblico pela MACKENZIE - CPAJ.
Siga Google+.

0 COMENTE!:

Deixe um comentário sobre o que achou desta pregação.
IDENTIFIQUE-SE por favor., colocando seu nome no comentário.
Muito obrigado por participar!

Quem sou eu

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.
Direitos autorais protegidos:
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector

Seguidores

Pregações por email

Livro

Livro
E-books do Pr. Welfany Nolasco
Powered by Blogger.